Berne: o que é e qual o tratamento mais eficaz?

Berne ou dermatobiose é causada pela larva da mosca da Dermatobia hominis que se hospeda no tecido subcutâneo. Saiba tudo sobre esta doença e previna-se.

Berne: o que é e qual o tratamento mais eficaz?
Dermatobia hominis ocorre amplamente em partes tropicais da América Latina.

A mosca varejeira, ou mosca berneira (Dermatobia hominis do grego δέρμα, “pele”, e βίος, “vida”, e do latim hominis, “ser humano”) é uma das várias espécies da mosca, cujas larvas parasitam humanos (além de uma ampla gama de outros animais, incluindo outros primatas).

A larva do berne (Dermatobia hominis) é oriunda de uma mosca encontrada na América desde o México até ao norte da Argentina. Alguns casos também foram relatados na Europa.

Além disso, o aumento contínuo das viagens internacionais aumentou a possibilidade de observar essa patologia fora dos países endémicos, especialmente nos viajantes que retornam dos trópicos.

COMO OCORRE A PARASITAÇÃO PELA LARVA?


As larvas de Dermatobia hominis são parasitas obrigatórios que se desenvolvem nos tecidos vivos. O hospedeiro principal é o gado, no entanto os humanos são hospedeiros acidentais.

Os ovos da larva do berne são depositados em insetos vetores, como moscas ou mosquitos. Esses ovos eclodem quando o vetor se instala num animal de sangue quente, seja ele humano ou animal.

Se a larva do berne for transmitida por um inseto picador, como um mosquito, a larva pode penetrar diretamente na pele através da picada.

No entanto, os ovos de Dermatobia também podem ser transmitidos por moscas não-picadoras. Em tais casos, as larvas podem entrar na pele por outros meios, como através dos folículos pilosos, ou alguma lesão na pele. A larva pode permanecer na cavidade subdérmica (debaixo da pele) durante aproximadamente 5 semanas, quando amadurecer, emergirá à superfície da pele.

BERNE EM HUMANOS


comichao em zona infetada

A berne em humanos surge quando a larva da mosca entra debaixo da pele, através de feridas ou arranhões, causando o surgimento de uma ferida na pele que pode provocar prurido (comichão), dor ou inchaço e vermelhidão na pele.

Geralmente, as larvas surgem no interior da pele dos indivíduos porque a mosca berneira deposita os seus ovos sobre feridas existentes na pele e, ao fim de algum tempo, as larvas nascem e começam a desenvolver-se.

O berne em humanos tem cura e o tratamento deve ser orientado por um médico para remover a larva do interior da pele. Caso a berne em humanos não seja devidamente tratada, pode levar a agravamento dos sintomas, já que a larva tem capacidade de sobreviver a mais de 1 mês dentro da pele de um certo indivíduo.

Quais os sintomas?

Os sintomas da berne em humanos surgem alguns dias após a infeção pela larva da mosca e incluem:

  • Formação de feridas na pele, com vermelhidão e ligeiro inchaço no local;
  • Libertação de um líquido amarelado ou com sangue, pelas feridas na pele;
  • Sensação de ter algo que se mexe debaixo da pele;
  • Dor ou sensação de comichão no local da ferida.

 

QUAL O TRATAMENTO PARA BERNE?


extracao com pinca

O atraso no diagnóstico é muito comum porque a doença é frequentemente diagnosticada erroneamente como uma infeção bacteriana da pele. Por norma, o tratamento consiste na retirada da larva do interior da pele com o uso de uma pinça, quando é possível observar a larva, ou através do uso de medicamentos anti-parasitários, como a Ivermectina, para matar a larva.

PREVENÇÃO DA BERNE


spray repelente

Por viver escondida nas matas, a berneira é relativamente difícil de combater. O controlo das moscas pode reduzir a ocorrência do berne, uma vez que sem as veiculadoras dos ovos, não há transmissão.

Para evitar a presença das moscas, é importante manter as áreas frequentadas livres de sujidade como, por exemplo fezes e lixo.

O mais indicado para se evitar o contágio é colocar repelente.

Veja também:

Farmacêutica Cátia Rocha Farmacêutica Cátia Rocha

Cátia Rocha é farmacêutica. Como apaixonada pela profissão, acredita na importância da educação para a saúde e num papel interventivo dos profissionais de modo a transmitir conhecimentos que considera importantes e fundamentais para o bem-estar da população. É Mestre em Ciências Farmacêuticas pelo Instituto Superior de Ciências da Saúde do Norte e exerce atualmente o cargo de farmacêutica na Farmácia Agra.