Saiba diferenciar os dois tipos de otite e como os pode tratar

A otite consiste numa inflamação do ouvido e é uma situação frequente nas crianças. Saiba como identificar e distinguir os dois tipos desta doença.

Saiba diferenciar os dois tipos de otite e como os pode tratar
Na maioria dos casos, esta patologia é curada fácil e rapidamente.

A otite consiste numa infeção do ouvido. É uma patologia comum nas crianças e, na maioria dos casos, se cura fácil e rapidamente.

Existem dois tipos de otite: média e serosa. A do tipo média é geralmente provocada por vírus ou bactérias e é mais frequente em crianças. A serosa ocorre devido ao acumulo de um líquido no ouvido médio.

Otite média


otite media

Este tipo da doença é, normalmente, provocado por uma bactéria ou um vírus. Grande parte das vezes, este problema precede uma infeção das vias aéreas superiores, como por exemplo, uma rinofaringite.

Normalmente, na presença desta patologia observa-se uma obstrução das trompas de eustáquio. Há acumulação de um líquido no ouvido médio, que faz pressão sobre o tímpano provocando dor. No caso de infeção bacteriana pode haver aparecimento de pus.

Quais são os sintomas?

Os sintomas da doença são:

Plano de Saúde Grátis
Cuide da sua saúde. Obtenha consultas de clínica geral, medicina dentária e especialidade médicas gratuitas.Peça aqui o seu plano grátis.

  • Febre;
  • Fadiga;
  • Vómitos;
  • Falta de apetite;
  • Dores no ouvido;
  • Dificuldade para dormir.

Muitas vezes pode haver acumulo de grande quantidade de líquido no ouvido médio. Isto faz com que o tímpano estoure, drenando o líquido e pus e aliviando a dor. No caso disto acontecer, o tímpano recupera em cerca de 8 a 10 dias.

Quais são as complicações?

Regra geral, as inflamações do ouvido são fáceis de tratar e curar. Contudo, por vezes podem haver complicações e a infeção pode estender-se por todo o ouvido até à mastóide, provocando a sua infeção – mastoidite. A mastoidite pode necessitar de intervenção cirúrgica com o objetivo de drenar o pus acumulado.

Se as otites são recorrentes, a criança deve ser observada pelo médico para analisar quais serão os fatores que estão a contribuir para a reincidência da infeção:

  • Vegetações adenóides;
  • Otite serosa;
  • Tabagismo passivo;
  • Poluição atmosférica;
  • Alergias;
  • Idade entre 6 e 18 meses;
  • Anemia.

 

Otite serosa


otite serosa

Esta patologia consiste numa inflamação que se desenvolve devido à acumulação de líquido no ouvido médio. Ao contrário do que se observa na otite média, a otite serosa não provoca dor. Por este motivo, não é facilmente percebida ou detetável e o seu diagnóstico pode ser feito tardiamente.

O derrame de líquido ocorre normalmente nos dois ouvidos. Quando a criança tem otites médias reincidentes ou se queixa de ouvir mal, há a suspeita de otite serosa.

Esta patologia é, grande parte das vezes, transitória. No entanto, pode tornar-se crónica e persistente durante vários meses. A audição da criança pode sofrer danos permanentes caso não seja feito nenhum tratamento.

Os pais devem estar atentos a queixas de diminuição da audição, problemas na escola ou falta de eloquência.

Qual é o tratamento da otite?

Na grande maioria das vezes, o problema desaparece no espaço de poucos dias. O tratamento é feito através da administração de fármacos analgésicos e antipiréticos. No caso do problema ser persistente e de origem bacteriana pode haver a necessidade de administrar antibióticos. Normalmente, também são prescritos analgésicos em forma de gotas para os ouvidos.

Para aliviar a dor, pode ser necessário abrir um pequeno orifício no tímpano, para permitir que o líquido drene para o exterior.

A criança deve ser acompanhada pelo médico ao longo do tratamento para verificar se a audição e o tímpano estão totalmente recuperados.

No caso da criança sofre frequente e persistentemente de infeções no ouvido, o médico poderá sugerir a remoção cirúrgica dos adenóides.

Como prevenir a otite serosa?

Não existe maneira de prevenir as infeções do ouvido. No entanto, é importante vigiar e testar regularmente a audição.

Nunca é demais relembrar que não devem ser utilizados cotonetes para limpar os ouvidos, sob o risco de poder empurrar o cerúmen para o fundo do canal auditivo, causando a sua obstrução.

Cuide da sua saúde. Consiga aqui consultas de clínica geral, medicina dentária e especialidade médica gratuitas!

Veja também:

Ler mais
Isabel Silva Isabel Silva

Isabel Silva é enfermeira por paixão, licenciada pela Escola Superior de Enfermagem do Porto. Sempre quis seguir a área da saúde e acredita que a informação é uma ferramenta essencial para a saúde da população, e que cabe aos profissionais de saúde transmiti-la de forma relevante e fidedigna para que cada indivíduo seja capaz de tomar decisões importantes relativamente à sua saúde e ao seu bem-estar.