5 Mitos do fitness que tem de saber

5 Mitos do fitness que tem de saber

Conheça os mais comuns.

Nem tudo o que se diz por aí sobre o fitness é verdade.
 

Não acredite em tudo o que lhe dizem. Certamente já ouviu (leu) este conselho vezes sem conta. Desta feita, vamos aplicá-lo ao fitness e desvendar alguns os mitos mais comuns em torno desta modalidade e que podem estar a prejudicar o seu treino.

Já tem o seu plano de treinos?
Obtenha já o seu plano de treinos personalizado e atinja os seus objectivos! Fale com o nosso personal trainer e receba o seu plano de treinos.

Mitos do Fitness desvendados

 
1. Se não sentir dores musculares depois do treino é porque não foi eficaz


MITO: Algo como No pain,no gain”, uma frase é famosa e bem utilizada pelos praticantes de desporto e que se pode traduzir como “sem esforço, não há resultados”, mas que muitos levam demasiado à letra e associam às dores musculares que se podem sentir após um treino. A questão é que nem todos os tipos de treino provocam dores. Por norma estas acontecem em fases mais iniciais de treino, quando o organismo ainda se está a ambientar ao esforço físico produzido. Isto é o normal. Deixa de o ser quando as dores se tornam regulares. E ao contrário do que muitos pensam essas dores constantes não são sinónimo de resultados, mas de excesso de intensidade ou possíveis lesões musculares, por exemplo.


2. Mais tempo de treino significa mais resultados


MITO: Ao contrário do que se possa pensar o tempo de treino não é proporcional aos resultados obtidos. Até porque treino excessivo pode influenciar negativamente os resultados. Lembre-se que o organismo necessita de tempo para reocupar do esforço a que está sujeito durante os treinos e quando isso não acontece pode ocorrer uma maior produção de cortisol que pode afetar a integridade dos músculos.
 

3. Realizar treinos de fitness em jejum ajuda a perder mais peso


MITO: Não só não resulta, como ainda tem consequências negativas para a sua saúde. Não é à toa que o pequeno-almoço é considerada a refeição mais importante do dia. Uma das razões para nunca “saltar” o pequeno-almoço, já que é através dele que vai obter a energia necessária para poder desempenhar as suas tarefas diárias. Ainda que praticar exercício físico em jejum “acelere” o processo de queima de gordura, esta decisão pode ter consequências graves para a sua saúde.


Veja também:  Sugestões de pequeno-almoço para as manhãs mais agitadas.

 

4. Os exercícios para pessoas idosas têm de ser mais leves


MITO: Podem ou não ser mais leves. Tudo depende da capacidade física da pessoa idosa em questão. Não se engane, o que não falta são por aí idosos com melhores condições físicas do que muitos jovens sedentários.


5. Treinar com mais roupa, ajuda a transpirar mais e a perder peso


MITO: Nada disso. A única coisa que significa é que está mais desidratado. Ao treinar com mais roupa (ou roupa mais quente) vai obrigar o seu organismo a ajustar a temperatura (a baixá-la) e, consequentemente, vai transpirar e ficar mais desidratado. Além de não o ajudar a perder peso, esta “estratégia” ainda vai prejudicar o seu desempenho durante o treino, obtendo piores resultados.

 

Veja também: