Alimentos diuréticos para a retenção de líquidos

Alimentos diuréticos são aqueles que contribuem para a eliminação de líquidos do organismo e ajudam a combater a retenção de líquidos.

Alimentos diuréticos para a retenção de líquidos
Alimentos que favorecem a eliminação de líquidos por parte do organismo.

Os alimentos diuréticos são um conjunto de alimentos que o irão ajudar a prevenir e diminuir a sensação de inchaço consequente da retenção de líquidos. São vários os fatores que contribuem para a retenção de líquidos nomeadamente, alterações ao nível cardiovascular e renal e, na maior parte dos casos, uma alimentação desadequada e/ou falta de exercício físico. Também alterações hormonais poderão estar na origem da retenção de líquidos.

A retenção de líquidos caracteriza-se pela acumulação de líquidos (como o nome indica) no organismo, nomeadamente em zonas localizadas como os pés ou pernas.

Alimentos que evitam a retenção de líquidos


Os alimentos diuréticos promovem o aumento da produção de urina, favorecendo a eliminação de líquidos e consequente diminuição da retenção de líquidos.

1. Café

alimentos diureticos para evitar a retencao de liquidos e cafe

Calcule o seu IMC
Descubra o seu peso ideal e como atingir o seu objetivo! Calcular já.

A cafeína presente no café, tem diversos benefícios ao nível da saúde, sendo que os mesmos têm vindo a ser comprovados através da realização de diversos estudos com resultados que não apontam para algumas dúvidas – o consumo de café é adequado e saudável se não existirem contra-indicações e forem respeitadas as doses recomendadas.

A cafeína tem uma ação diurética, sendo que para obter esse mesmo benefícios, a dose recomendada é de 2-3 cafés por dia.

2. Sopa

variedade de sopas

A sopa, além de conter um valor nutricional com alto teor em vitaminas e minerais, pode ser considerado um alimento diurético. O seu consumo, conjugado com a ingestão de outros alimentos e também de água ao longo do dia, favorece a hidratação e produção de urina.

Inicie as suas refeições principais com um prato de sopa de legumes, varie a textura, cor e tipo de alimentos utilizados.

3. Chás

cha de hibisco num bule

Alguns tipos de chá são conhecidos pela sua ação diurética. Os chás com ação conhecida e eficaz a este nível são:

> Saiba mais aqui sobre os chás para a retenção de líquidos.

5. Água

agua de uma garrafa de plastico

Não podia faltar nesta lista. A água é a sua melhor aliada na luta contra a retenção de líquidos. Tudo porque mantêm o seu organismo hidratado e ajuda a combater a retenção de líquidos. Mas como? É simples. O excesso de sódio no organismo provoca o aumento da quantidade de líquidos retidos nos vasos sanguíneos, originando o “famoso” inchaço. Mas o sódio e os líquidos retidos são expelidos pelos rins, pelo que tudo o que estimule o funcionamento dos rins ajuda a reduzir o inchaço, como a água.

6. Melancia e melão

melancia e melao

Grande parte destes frutos é constituído por água e por isso mesmo, o seu consumo favorece a produção de urina e eliminação de líquidos.

Ainda que não estejam disponíveis todo o ano, tente consumi-los quando for possível: além do benefício mencionado, são ricos em vitaminas e minerais e constituem um snack saudável e equilibrado. Tenha em atenção às quantidades: por ser fruta não significa que o seu consumo deva ser livre e à descrição.

7. Abacaxi

abacaxi em rodelas

O abacaxi, além de ser diurético, é rico numa substância chamada bromelina, uma enzima que facilita a digestão. Os seus níveis de potássio ajudam a estimular o funcionamento dos rins e ajuda a expulsar do organismo o sódio evitando a retenção de líquidos.

8. Aipo

aipo

Diurético, expectorante, laxante e antioxidante (rico em flavonoides), o aipo é uma boa opção para quem quer evitar a retenção de líquidos.

9. Pepino

pepino cortado

Tem alto teor de água e tem propriedades hidratantes e diuréticas. Também ajuda a regular os níveis de ácido úrico.

10. Beterraba

beterraba cortada

Sabe-se que é benéfica para casos de anemia e, por ter alto teor de ferro, a beterraba ainda contribuiu para a eliminação de líquidos e contribuiu para o bom funcionamento hepático.

Nota final


Além de uma alimentação adequada, é fundamental evitar o consumo de sal e manter-se hidratado: beber água é crucial. Em caso de persistência do problema, não hesite em contactar o seu médico para obter um aconselhamento direcionado e individualizado.

Calcule o seu IMC, descubra o seu peso ideal e a melhor forma de atingir os seus objetivos!

Veja também:

Ler mais
Margarida Beja Margarida Beja

Margarida Beja é Nutricionista (1859NE) e trabalha atualmente no Reino Unido na área da gestão de peso. Anteriormente, trabalhou também no âmbito da nutrição comunitária e nutrição clínica e esteve envolvida em projetos ligados à prevenção da obesidade infantil, coaching e marketing nutricional. É licenciada em Dietética e Nutrição pela Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa.