Abóbora: propriedades e benefícios que tem de conhecer

Abóbora: propriedades e benefícios que tem de conhecer

Saiba mais sobre este alimento

De cores vistosas e usos variados, a abóbora é altamente nutritiva e pode ser usada nos mais diversos pratos.

No halloween, a abóbora é a rainha. E na história da Cinderela até se transformou em carruagem. Há de vários tamanhos, cores e feitios.

Mas não é isso que a torna tão especial… há muito mais a dizer sobre a abóbora, principalmente quando o assunto são as suas propriedades nutricionais ou as suas possibilidades culinárias. 
 

Principais propriedades da abóbora


A abóbora é uma boa hipótese para quem procura um alimento nutritivo mas que não seja um inimigo da balança: com apenas 9 calorias por 100 gramas, a abóbora reúne várias razões para a incluir na sua alimentação.

Para começar, tudo o que compõe pode ser consumido, da casca à polpa, sem esquecer as sementes o que faz deste vegetal uma opção muito nutritiva e saciente. 

Para além disso, é fonte de vitamina A e C, essenciais ao sistema imunitário e fortes aliadas na metabolização do ferro, bem como das E e do complexo B. É também rica em luteína e a zeaxantina, pigmentos responsáveis pelas suas cores e que estão associados à prevenção de patologias da visão.

Mas há mais: inclui propriedades antioxidantes, tem um elevado teor em fibras e é uma boa fonte de ácidos gordos essenciais, proteínas e minerais (zinco e potássio). 

 

Principais benefícios da abóbora



Só pelas propriedades já pode imaginar que são vários os benefícios associados ao consumo de abóbora. Entre eles: 
Obtenha um Plano Alimentar Personalizado
Perca peso de forma saudável e não o volte a ganhar! Fale já com a nutricionista online!
 
  • Antioxidante e anti-inflamatória
  • Regula o sistema nervoso 
  • Reduz a sensação de cansaço e fadiga 
  • Aliada na recuperação depois do treino
  • Controla a tensão arterial 
  • Regula o trânsito intestinal
  • Fonte de energia (sementes)
  • Ajuda a prevenir doenças cardiovasculares 
  • Atua como diurético 
  • Graças ao betacaroteno ajuda a prevenir patologias da visão, como as cataratas, por exemplo
  • Tem propriedades anticancerígenas 
  • Atua como protetor de estômago ao neutralizar a acidez do estômago
  • Aliada no combate da dispepsia, azia, gastrite e úlcera gastro-duodenal
  • Aumenta a sensação de saciedade 
  • Tem baixo teor calórico
 

Que tipos de abóboras existem?



Da família das cucurbitáceas, nasceram no continente americano mas agora existem por todo o mundo. Este vegetal apresenta-se nos mais variados tamanhos, feitios e cores. A sua casca pode variar entre o laranja e o verde e a polpa também se apresenta tanto num amarelo muito claro, esbranquiçado, como num laranja escuro.

Entre as variedades disponíveis no nosso país, podemos encontrar abóbora bolina, ou abóbora-menina, de polpa laranja que tanto se apresenta na forma achatada como mais alongada. A abóbora manteiga, por vezes confundida com a primeira, tem forma de pera, casaca e cor avelã clara. 

A abóbora hokkaido, de origem asiática, também se encontra por cá, é redonda e achatada, a sua casca pode ser vermelha, rosada, bronze, verde ou cor de laranja intenso e a sua polpa laranja tem pouco sumo mas é muito doce - se a cozinhar com casca, o sabor fica ainda mais rico.

Por fim a gila ou chila, perfeita para doces e compotas, tem casca lisa manchada de verde e branca, tem polpa com fios brancos e sementes pretas. 

Importa ainda referir que, para conservar a abóbora é muito simples: se estiver inteira, basta guardar num local seco e escuro, se descascada e pedaços, aguenta no frigorífico, envolta em película aderente, durante três dias a 6 graus.

► E a abóbora spaghetti conhece? Se não, clique aqui para saber mais!


3 receitas com abóbora para aconchegar o estômago


Aqui as possibilidades são quase infinitas. Sopas, purés, sumos, compotas, bolos, suflés, doces de Natal, cozida, assada ou estufada são apenas algumas das possibilidades para usar este ingrediente tão rico.

Dada a sua versatilidade e poder nutritivo, abóboras e aboborinhas (como as curgetes ou a gila) devem ser presença assídua na sua ementa semanal (entre 3 a 5 vezes por semana). 

Se precisa de ideias, nós deixamos-lhe quatro sugestões. A primeira é uma dica muito simples que pode incluir já no próximo prato: a abóbora adora gengibre e cebola. As três restantes seguem em forma de receita. Agora, só precisa de dar asas à criatividade.
 

1. Compota de abóbora a avelãs


Uma sugestão do Chef Continente, que vai fazer as delícias lá de casa!

- Ingredientes - 
  • 1 kg abóbora-menina
  • 100 g avelãs partidas
  • 850 g açúcar
  • Água q.b. 
  • 1 laranja - casca e sumo
  • 1 limão - casca e sumo
  • 2 cravinhos
  • 1 pau de canela


- Modo de preparação -  

1. Num tabuleiro, leve as avelãs ao forno para tostar ligeiramente.

2. De seguida, coloque o açúcar num tacho, junte um pouco de água e leve ao lume. Ferva até ao ponto assoprado forte (115º C).

3. Adicione a abóbora, o pau de canela, os cravinhos, as cascas (sem a parte branca) e o sumo do limão e da laranja.

4. Coza até a abóbora estar bem cozida e translúcida - durante a cozedura, retire com uma colher a espuma que se vai formando à tona

5. Retire a abóbora com uma escumadeira e deixe o xarope ferver até atingir o ponto de cabelo (106º C).

6. Coloque a abóbora em frascos esterilizados, intercalando com as avelãs e cubra com o xarope até   encher. Feche-os e vire-os ao contrário até arrefecerem.
 
 



2. Abóbora assada no forno com iogurte grego, mel e nozes pecan


Quer um pequeno-almoço diferente?! Então que tal esta sugestão do blog Ambitious Kitchen. 

- Ingredientes -  
 
  • 1 abóbora média
  • 1 c. de chá de óleo de coco
  • ½ c. de chá de canela
  • 2 c. de chá de açúcar mascavado
  • 1 chávena de iogurte grego magro
  • 2 c. de chá de mel 
  • 2 c. de sopa de nozes pecan partidas

- Modo de preparação -  
 
  1. Comece por pré-aquecer o forno a 200º C. 
     
  2. Depois corte a abóbora ao meio e retire todas as sementes. 
     
  3. Forre um tabuleiro com papel de alumínio e coloque lá as duas metades viradas para cima.
     
  4. Numa taça pequena, misture o óleo de coco e a canela e esfregue esta mistura no recheio das metades da abóbora. 
     
  5. No meio de cada metade da abóbora, acrescente uma colher de chá de açúcar mascavado e misture com o recheio. 
     
  6. Leve ao forno durante entre 45 minutos a uma hora (ou até a abóbora ficar macia).
     
  7. Quando estiver pronta, retire do forno e deixe arrefecer durante 5 a 10 minutos.
     
  8. Depois coloque as duas metades em pratos e adicione, no centro de cada metade, meia chávena de iogurte grego. Adicione depois uma colher de chá de mel e uma colher de sopa de nozes pecan. E está pronto a consumir.
 
 



3. Puré de abóbora


Perfeito para acompanhar carne ou peixe. A receita é da Dieta 3 passos. 

- Ingredientes -  
 
  • 300g de abóbora
  • ½  c. de sopa de azeite
  • Alecrim, sal e pimenta preta (moída no momento) q.b. 
- Modo de preparação - 
 
  1. Pré-aqueça o forno a 200º C. 
     
  2. Descasque a abóbora, limpe as sementes e corte em cubos médios. 
     
  3. Depois forre um tabuleiro com papel vegetal e disponha a abóbora. 
     
  4. Regue tudo com o azeite em fio, tempere com sal e pimenta e espalhe os ramos de alecrim.
     
  5. Deixe assar durante cerca de 30 minutos. 
     
  6. Quando estiver assada, retire do forno e triture com a varinha. 

Bom apetite! 

 
Obtenha aqui um plano alimentar personalizado !
 

Veja também: