Técnicas não invasivas e minimamente invasivas para o tratamento da celulite

Definida como efeito “casca de laranja”, a celulite consiste no aparecimento de ondulações na pele. Fique a conhecer quatro técnicas não invasivas para o tratamento da celulite.

Técnicas não invasivas e minimamente invasivas para o tratamento da celulite
No sexo feminino, a gordura acumula-se mais nas coxas, ancas, glúteos, nádegas e braços.

Existem de facto técnicas não invasivas para o tratamento da celulite que são eficazes, desde que realizadas após um exame físico completo, para determinar um correto diagnóstico do tipo de estágio da celulite de cada paciente, adaptando procedimentos, técnicas e tecnologias a cada situação específica.

A celulite é uma alteração na topografia da pele mais frequentemente encontrada nas nádegas e coxas na maioria das mulheres pós puberdade. Esta é uma disfunção de difícil abordagem e o resultado dos tratamentos é de difícil obtenção, quando não são realizados os procedimentos terapêuticos efetivos e sinérgicos, numa abordagem profunda e técnica da patologia.

Assim, torna-se fundamental a escolha de profissionais que reunam o conhecimento técnico com o suporte médico e científico para dar resposta de forma integral às necessidades do paciente. Na AgeClinic encontra uma resposta profissional com o desenvolvimento de programas de tratamento personalizado porque cada paciente é único e com necessidades próprias.

Técnicas minimamente invasivas para o tratamento da celulite


1. QUIMICAL SUBCISION

Tecnicas nao invasivas para o tratamento da celulite e Quimical subcision

Este procedimento apenas está indicado para casos de celulite muito acentuada, com zonas de depressão cutânea profundos.


Esta técnica consiste no corte dos septos fibrosos mais notórios, através do uso de uma cânula especial V-Shape, que permite soltar a aderência que provoca a depressão e concede o aspeto inestético à pele com celulite.

Permite a diminuição do aspeto de casca de laranja e a pele adquire uma aparência mais lisa e uniforme.

Esta técnica é recomendada apenas para depressões de celulite presentes em repouso, não para depressões visíveis apenas com contração muscular.

Contraindicações: Problemas de coagulação, doenças sistémicas descontroladas (como a diabetes), infeção local ativa, uso de medicamentos anticoagulantes ou fotossensibilizantes, grávidas.

2. MESOTERAPIA

Mesoterapia

Consiste numa técnica minimamente invasiva que recorre a injeções intradérmicas de medicamentos. Estas injeções estimulam a microcirculação e a drenagem linfática, beneficiando a oxigenação. Assim, contraria a retenção de líquidos e reduz a gordura armazenada. Pela administração das injeções, a mesoterapia pode ter ação lipolítica para degradação das células gordas armazenadas

Contraindicações: Não podem realizar este tratamento hipertensos, grávidas e quem esteja a amamentar.

>> Faça este tratamento de forma segura

Técnicas não invasivas para o tratamento da celulite


1. ULTRASSOM

Ultrassom

Uma das técnicas não invasivas para o tratamento da celulite em que as ondas ultrassónicas, ao penetrarem no tecido, provocam uma micromassagem, tendo como consequência o aumento do metabolismo celular e quebra da celulite. O ultrassom proporciona redução do edema e gordura localizada e consequente diminuição do grau de celulite, melhorando o aspeto da pele.

Contraindicações: Cancro, problemas de coagulação, gravidez, diabetes.

2. PRESSOTERAPIA

Pressoterapia

A massagem pneumática é uma das técnicas não invasivas para o tratamento da celulite que favorece a circulação de retorno, melhora a drenagem linfática, promove a reabsorção de edemas, tem efeito relaxante e proporciona alívio em pernas cansadas.

Os resultados dos mecanismos de pressoterapia, sendo uma das técnicas não invasiva para o tratamento da celulite, são notórios logo nas primeiras sessões, o que motiva quem recorre a este sistema de compressão mecânica.

A pressoterapia é bastante aconselhada para pessoas que sofrem de inchaço nas fases pré e pós-cirurgia e têm tendência para fazer retenção de líquidos.

Trata-se de uma técnica que proporciona um rápido alívio da sensação de inchaço. Como o nome indica, a técnica consiste no recurso a câmaras que fazem pressão no membro a tratar e aumenta o fluxo do sangue.

Contraindicações: Trombose venosa profunda, infeção nas pernas ou áreas a tratar, doença cardíaca (do coração).

Conheça todos estes tratamentos para a celulite mais detalhadamente junto da equipa AgeClinic.

Veja também:

Ler mais
AgeClinic Logo Contactos

Av. dos Combatentes da Grande Guerra, 44
4200-185 PORTO
(+351) 223 250 044 | (+351) 914 599 898
[email protected]

Clínicas em: Porto | Guimarães | Vila do Conde

Farmacêutica Cátia Rocha Farmacêutica Cátia Rocha

Cátia Rocha é farmacêutica. Como apaixonada pela profissão, acredita na importância da educação para a saúde e num papel interventivo dos profissionais de modo a transmitir conhecimentos que considera importantes e fundamentais para o bem-estar da população. É Mestre em Ciências Farmacêuticas pelo Instituto Superior de Ciências da Saúde do Norte e exerce atualmente o cargo de farmacêutica na Farmácia Agra.