A importância dos cereais no processo de emagrecimento

Desde a aveia ao arroz, existem vários cereais que devem ser incluídos na alimentação de quem quer perder peso. Descubra os seus benefícios!
 

A importância dos cereais no processo de emagrecimento
Saiba como e quais são os cereais que ajudam a perder peso.

Os cereais são ricos em vários nutrientes essenciais ao bom funcionamento do organismo e ao fornecimento de energia necessária ao exercício físico e às atividades diárias.

Embora pertençam ao grupo dos hidratos de carbono, não devem ser totalmente eliminados da alimentação nem quando o objetivo é a perda de peso.

Importante é saber escolher os cereais ideais a manter e aqueles que devem ser imediatamente excluídos da rotina alimentar.

 

O QUE SÃO


Os cereais são muitas vezes e erradamente considerados como vilões no processo de emagrecimento. Ricos em vitaminas e minerais e baixos em gordura, são boas fontes de hidratos de carbono complexos, sendo até aliados na construção de uma vida saudável e de uma dieta equilibrada.
 
Obtenha um Plano Alimentar Personalizado
Perca peso de forma saudável e não o volte a ganhar! Fale já com a nutricionista online!

Para isso só temos de escolher os mais adequados: deixar de lado os refinados e optar pelos integrais. Isto porque têm quantidades de fibra muito mais elevadas, assim como de outros nutrientes essenciais como selénio, zinco, cobre, magnésio, fósforo e vitaminas B e E.

Esta composição traz um conjunto vasto de benefícios que ajudam na perda de peso.

 

BENEFÍCIOS DOS CEREAIS


  • Aumentam a sensação de saciedade
     
  • Controlam os níveis de glicose e consequentemente reduzem a produção de insulina
     
  • Ajudam a que o corpo absorva menos gordura
     
  • Regularizam o transito intestinal
 

6 CEREAIS A INCLUIR NA ALIMENTAÇÃO


AVEIA

aveia
Em farelo, flocos ou até farinha, a aveia é dos cereais mais simples de incluir na alimentação e com uma capacidade enorme de dar uma sensação de saciedade. Rica em fibras solúveis, em especial a beta-glucana, ajuda a controlar a glicose, evitando assim os picos de insulina responsáveis pela acumulação de gordura no corpo.

Ajuda ainda a baixar os níveis de colesterol e a evitar o aparecimento de diabetes. É também rica em ferro, potássio, fósforo, magnésio e cálcio, o que prova a sua importância na construção de uma alimentação saudável.
 


QUINOA

quinoa
Muito rica em proteína, a quinoa é um dos cereais mais importantes no fortalecimento e recuperação muscular. Este superalimento contém ainda elevadas quantidades de fibras, o que dá ao corpo a sensação de saciedade e, consequentemente, facilita a perda de peso.

É ainda vantajosa por não conter glúten e pela quantidade reduzida de gorduras (possui gorduras insaturadas como ómega 3 e ómega 6, ambas gorduras saudáveis para o organismo).
 


CENTEIO

centeio
Assim como a aveia, o centeio também ajuda a controlar os níveis de glicose no sangue e evitar os picos de insulina. Além disso, é rico em fibras que têm uma capacidade elevada de absorver a água e, dessa forma, expande-se e dá uma rápida sensação de saciedade.
 


CEVADA

cevada
Sem glúten e rica em iodo que atua diretamente nas glândulas da tiroide, a cevada ajuda a controlar as hormonas e, consequentemente, ajuda a evitar oscilações de peso. Além disso, os níveis elevados de vitamina B12 ajudam a acelerar o metabolismo e a estimular a produção de energia, o que facilita a queima de gordura.

A cevada é também um dos cereais que mais ajuda no processo digestivo e no bom funcionamento do intestino evitando a retenção de líquidos e o consequente inchaço.
 


ARROZ INTEGRAL

arroz integral
A simples casca presente no arroz integral torna-o mais completo e saudável do que o arroz branco normal. Este cereal é rico em fibras que, quando entram em contacto com os líquidos do estômago, formam uma goma que torna a digestão mais demorada.

► Saiba a importância das fibras aqui.

Isto resulta numa assimilação mais lenta do açúcares e no controlo da produção de insulina e acumulação de gordura abdominal. Estas fibras ajudam ainda a regular o sistemas digestivo e a conferir uma sensação de saciedade ao estômago.
 


BULGUR

bulgur
Rico em proteína, fibras e antioxidantes, mas baixo em gorduras e sem glúten, o bulgur é mais um dos cereais que deve incluir na lista de compras. Esta riqueza nutricional resulta no controlo da produção de insulina, assim como num sistema digestivo a funcional corretamente e numa sensação de saciedade prolongada.

 
Obtenha aqui um plano alimentar personalizado !



Veja também: