Artrite séptica: o que sabe sobre este tipo de artrite?

A artrite séptica, também conhecida como artrite infeciosa, corresponde a uma inflamação articular causada por infeção e é uma emergência médica.

Artrite séptica: o que sabe sobre este tipo de artrite?
Um tipo de artrite que merece especial atenção.

A artrite séptica é o termo utilizado para descrever uma infeção dolorosa numa articulação. A infeção deriva da invasão de micro-organismos, sobretudo pelas bactérias.

A infeção surge preferencialmente através de microrganismos que viajam através da corrente sanguínea de outras partes do corpo. Também pode ocorrer devido a uma ferida aberta em que os microrganismos entram diretamente na articulação, ou devido a um procedimento cirúrgico, como uma operação ao joelho.

Normalmente, a artrite séptica atinge uma grande articulação do corpo, como o joelho ou a anca. É menos frequente haver o envolvimento de várias articulações. O tratamento imediato é crucial, pois a infeção pode prejudicar de forma rápida e severa a cartilagem e o osso dentro da articulação.

Artrite séptica: quem se encontra em maior risco?


artrite septica quem corre maior risco

Embora a artrite séptica possa afetar qualquer pessoa, a presença de determinados fatores aumenta o seu risco, tais como:

Plano de Saúde Grátis
Cuide da sua saúde. Obtenha consultas de clínica geral, medicina dentária e especialidade médicas gratuitas.Peça aqui o seu plano grátis.

  • Medicamentos que suprimem o sistema imunitário (sistema responsável pela proteção e defesa do organismo contra agentes externos);
  • Abuso de drogas intravenosas;
  • Historial de doença articular;
  • Fragilidade da pele: a pele que se quebra facilmente e demora a curar pode representar uma porta de entrada para os micro-organismos. Condições de pele como psoríase e eczema aumentam o risco de artrite séptica, assim como feridas infetadas;
  • Trauma sobre uma articulação, como por exemplo uma mordida de animal, punção ou um corte sobre uma articulação;
  • Cirurgia;
  • Condições médicas ou doenças subjacentes, como diabetes, cancro, infeções (por exemplo infeção urinária, respiratória, entre outras), alcoolismo, doenças reumáticas (doenças que atingem o sistema músculo-esquelético), doenças auto-imunes (doenças em que o sistema imunitário ataca o próprio organismo) e deficiências imunitárias.

Pessoas com sintomas de artrite séptica e na presença de um destes fatores deve procurar prontamente atendimento médico.
As crianças e os idosos também são mais propensos a desenvolver este tipo de doença.

Artrite séptica: sintomas


artrite septica e sintomas

Geralmente a artrite séptica causa dor severa, inchaço, vermelhidão e calor nas articulações afetadas. Uma vez que esta é uma condição aguda, deve suspeitar de imediato quando estes sintomas se desenvolvem rapidamente ao longo de algumas horas ou dias.

A artrite séptica pode incluir também os seguintes sintomas:

  • Arrepios;
  • Perda de apetite;
  • Irritabilidade;
  • Fadiga e fraqueza generalizada;
  • Febre;
  • Incapacidade de mover o membro com a articulação infetada;
  • Dor severa na articulação afetada, sobretudo durante o movimento.

 

Artrite séptica: como é diagnosticada?


artrite septica e diagnostico

A artrocentese é o procedimento médico usado para chegar ao diagnóstico exato da artrite séptica. Consiste na remoção de uma amostra de líquido sinovial da articulação infetada. Este líquido encontra-se na cavidade articular e é responsável pela manutenção da lubrificação. O estudo das propriedades deste líquido, como a cor, o volume e a consistência, irá ajudar a determinar se uma infeção se encontra presente e qual o micro-organismo que está a provoca-la.

As análises clínicas ao sangue e os estudos radiológicos são outros procedimentos que poderão ser realizados. As análises podem ajudar a identificar sinais de infeção no sangue. Os estudos radiológicos das articulações envolvidas avaliam o dano existente nas mesmas.

Artrite séptica: tratamento


artrite septica e tratamento

Se o tratamento não se inicia numa fase precoce, a artrite séptica poderá causar degeneração articular e danos permanentes. O tratamento consiste essencialmente na administração de antibióticos e na drenagem do líquido sinovial infetado da articulação.

Os antibióticos serão administrados imediatamente de forma intravenosa (diretamente na veia) para evitar que a infeção continue a espalhar-se. Dessa forma, poderá ter que passar alguns dias no hospital. Posteriormente poderá continuar o tratamento através dos antibióticos orais (comprimidos). O tratamento poderá durar entre quatro a seis semanas, para garantir que os microrganismos sejam completamente erradicados.

A drenagem do líquido sinovial é essencial para uma rápida limpeza da infeção. A drenagem pode ser realizada através de aspirações regulares com uma agulha e uma seringa. No entanto, algumas articulações, como a anca, são mais difíceis de drenar, sendo necessário recorrer a procedimentos cirúrgicos. A artroscopia é o procedimento usualmente escolhido para esse fim, em que um tubo fino de metal é inserido através de um pequeno orifício feito perto da articulação.

Quando a infeção se encontra resolvida, a fisioterapia poderá ser útil para restaurar a integridade das articulações envolvidas.

Cuide da sua saúde. Consiga aqui consultas de clínica geral, medicina dentária e especialidade médica gratuitas!

Veja também:

Ler mais
Ana Vicente Ana Vicente

Ana Vicente é fisioterapeuta, instrutora de pilates clínico e pós graduada em terapia assistida por animais no papel. Na realidade é apaixonada por pessoas, animais, palavras e pelas maravilhas da natureza. Motivada a deixar uma marca positiva no seu mundo e no dos outros, compromete-se a contribuir para o conhecimento e bem-estar das pessoas.