Anona: o “super-fruto”

Anona: o “super-fruto”

Saiba como comer e até mesmo cultivar este fruto.

As suas propriedades e benefícios conferem-lhe o título de “super-fruto”. 

Se ainda não conhece, vai certamente querer experimentar a anona. É que este fruto, desconhecido por muitos e adorado por alguns, além de altamente nutritivo, tem inúmeros benefícios para a saúde. E nós vamos dizer-lhe quais são. 
 

Anona: o que é? 


Apresentamos-lhe o fruto da anoneira. Também conhecida como fruta do conde ou graviola, no Brasil, ou como soursop em Inglês, a anona é um fruto delicioso, ainda que à primeira vista a anona não seja o fruto mais atrativo (nem à vista, nem ao olfato). 

Originária dos Andes, a anona é atualmente produzida em vários países, nomeadamente na Espanha, nos países da América do Sul e até em Portugal, mais concretamente nos Açores, Madeira e Algarve. 

 
Obtenha um Plano Alimentar Personalizado
Perca peso de forma saudável e não o volte a ganhar! Fale já com a nutricionista online!
Trata-se de um fruto tropical, com um tom verde claro, que vai escurecendo à medida que amadurece. A sua superfície exterior tem um aspeto escamoso, mas a sua polpa é branca, cremosa e suculenta e no interior tem várias sementes pretas. Em termos de sabor, apesar de doce, tem também um toque ligeiramente ácido. 


Propriedades Nutricionais


Mas se o aspeto não o convence a provar, talvez as propriedades nutricionais possam fazê-lo mudar de ideias. De facto, em termos nutricionais a anona é muito interessante. Rica em hidratos de carbono, fibras, potássio vitaminas C, este fruto ainda contém na sua constituição cálcio, fósforo, magnésio e vitaminas do complexo B, garantindo-lhe alguns dos nutrientes e minerais essenciais para o organismo. 



Que benefícios? 


Pelas suas propriedades nutricionais são vários os benefícios para a saúde que lhe são associados. Entre eles podem enumerar-se os seguintes: 
 
  • Ajuda a regular a pressão arterial 
     
  • Tem um efeito purgante no organismo (ou seja, tem uma ação laxativa) 
     
  • Atua como anti-depressivo e ajuda a combater distúrbios nervosos
     
  • Ajuda a prevenir infeções bacterianas
     
  • Tem efeitos a anti-cancerígenos (vários estudos referem que, graças à sua composição química, a anona ajuda a combater células malignas em diversos tipos de cancro, devido à presença de duas classes de fitoquímicos na anona: a classe dos flavonóides, e a classe das acetogeninas, que parecem ter efeitos anti-inflamatórios e anti-tumorais) 



Como consumir? 


Aqui há várias possibilidades. Pode ingerir-se ao natural (comendo simplesmente a polpa), mas se preferir pode incluí-la em saladas de fruta, compotas, geleias, bebidas, gelados ou sobremesas variadas. A escolha é sua. 



Como se cultiva? 


Se tem um jardim, quintal ou um terraço, pode ter a sua própria anoneira. Só precisa de um solo de textura leve, preferencialmente drenado, rico em matéria orgânica, profundo um pouco ácido. O plantio da árvore da anona deve ser feito em períodos bastante chuvosos. 

As sementes do fruto, depois de secas, também podem ser usadas para cultivar a árvore. 

 
Obtenha aqui um plano alimentar personalizado !


Veja também: