Suplementos Vitamínicos: vale a pena tomar?

Os suplementos vitamínicos devem ser tomados sempre como complemento e não como substitutos de uma alimentação saudável.

Suplementos Vitamínicos: vale a pena tomar?
Saiba tudo sobre esta gama de suplementos e qual a sua verdadeira utilidade no nosso artigo.

Os suplementos vitamínicos, vulgarmente designados por multivitamínicos, são uma gama de suplementos alimentares que reúne na sua composição diversas vitaminas e minerais.

Entre outros benefícios, os suplementos vitamínicos aceleram a recuperação muscular, aumentam a sensação de vitalidade e combatem a sensação de fatiga e estimulam o sistema imunológico.

Os micronutrientes mais importantes incluídos nestes suplementos são as vitaminas do complexo B, assim como as vitaminas A, C, D e E. Dentro dos minerais salientam-se o Sódio, Potássio, Cálcio, Magnésio, Fósforo, Ferro e Zinco.

Embora não sejam nutrientes energéticos, as vitaminas e minerais são extremamente importantes na capacidade funcional do organismo, intervindo em diversas reações metabólicas que ajudam na defesa e proteção contra stresses externos, incluindo o próprio exercício.

Calcule o seu IMC
Descubra o seu peso ideal e como atingir o seu objetivo! Calcular já.

Nalguns casos mais específicos, os multivitamínicos podem ainda incluir outras substâncias, nomeadamente ómega-3 e Ginseng (um composto que ajuda a aumentar a concentração e a diminuir o cansaço mental).

Por norma, cada dose diária do multivitamínico (uma ou mais cápsulas) apresenta 100% ou mais da dose diária recomendada de cada um dos nutrientes que o compõem.

Qual a importância dos suplementos vitamínicos?


Em condições normais, através de uma alimentação equilibrada, saudável e variada, o organismo consegue obter as quantidades de micronutrientes necessárias para a manutenção da homeostasia e para prevenção de doenças.

No entanto, na sociedade atual, este cenário raramente se verifica, devido a um estilo de vida sedentário, no qual não prevalece uma alimentação variada, rica em hortofrutícolas e cereais integrais, mas sim rica em alimentos processados e industrializados, ricos em açúcar, sal e gordura.

Neste sentido, os suplementos vitamínicos foram concebidos para suprir as necessidades em micronutrientes da maioria da população, que, devido ao estilo de vida moderno, não as conseguem satisfazer através da alimentação diária.

Constituem, por isso, uma forma fácil, rápida e prática de assegurar uma ingestão adequada de todos os micronutrientes e evitar uma possível carência de vitaminas e minerais, essenciais ao bom funcionamento de todo o organismo.

Principais Constituintes dos Suplementos vitamínicos


suplementos vitaminicos constituintes

1. Vitaminas do complexo B

Neutralizam a fadiga e proporcionam a energia necessária para o dia-a-dia e para esforços físicos, incluindo o exercício.

>> Comprar aqui

2. Vitaminas A, C e E

Têm propriedades antioxidantes para neutralizar os efeitos causados pelos radicais livres e fortalecer o sistema imunitário.

>> Comprar aqui

3. Vitamina D

Importante para absorção intestinal de alguns minerais, sobretudo cálcio e fósforo.

>> Comprar aqui

4. Magnésio

Tem um papel essencial nos processos de obtenção de energia e na transmissão dos impulsos nervosos essenciais à contração muscular (especialmente importante em atletas).

>> Comprar aqui

5. Sódio e o Potássio

São vitais para manter o equilíbrio hidroeletrolítico e uma adequada contração muscular.

>> Comprar aqui

6. Cálcio

Desempenha um papel essencial na transmissão de impulsos nervosos e o Fósforo tem um papel essencial na produção de energia (ATP).

>> Comprar aqui

7. Ferro

Pelo facto de ser parte integrante da hemoglobina, é vital para permitir a correta oxigenação e nutrição de todo o organismo.

>> Comprar aqui

Principais benefícios dos suplementos vitamínicos


suplementos vitaminicos e fortalecimento do sistema imunitario

Mediante o que já foi referido anteriormente, os principais benefícios dos suplementos vitamínicos são:

  • Restabelecem o nível de micronutrientes, muitas vezes em falta em processos de emagrecimento (regimes restritivos) e em atletas com grande carga de treinos;
  • Fortalecem o sistema imunitário;
  • Aumentam os níveis de energia e vitalidade;
  • Promovem um bom desempenho do metabolismo energético e dos nutrientes;
  • Estimulam a função cognitiva e a concentração;
  • Melhoram a digestão e absorção dos nutrientes.
  • Auxiliam no ganho de massa muscular, pois aumentam a força e os níveis de energia, permitindo utilizar uma carga maior ou fazer um maior número de repetições em treinos de musculação.

Neste sentido, a suplementação pode ser um importante apoio para complementar a alimentação dos indivíduos, embora não devem ser usados indiscriminadamente nem como substituição de uma alimentação saudável e variada.

Note-se, ainda que a toma de suplementos deverá ser precedida sempre por uma análise criteriosa do estado nutricional, de modo a verificar se se justifica a sua toma ou não.

Exemplos de bons suplementos vitamínicos


suplementos vitaminicos centrum

Neste momento, existem imensos multivitamínicos pelos quais pode optar. Desde marcas mais conhecidas como Centrum e Pharmaton a outras menos conhecidas como Vitamengas e Viterra.

O Two-per-day da Life Extension (em cápsulas) e o Ultra Preventive X da Douglas Laboratories são também excelentes opções.

Efeitos secundários dos suplementos vitamínicos


efeitos secundarios suplementos vitaminicos

Apesar de tudo o que foi referido anteriormente, os suplementos vitamínicos não são produtos desprovidos de riscos, sendo, por isso, fulcral que o consumidor tenha conhecimento dos riscos subjacentes a uma toma desajustada e exagerada de multivitamínicos.

Neste contexto, tenha também em atenção a ingestão de alimentos fortificados em micronutrientes que podem condicionar a necessidade de um multivitamínico, visto que poderão induzir a um consumo de doses que excedam as doses diárias recomendadas.

Por outro lado, se sofre de uma doença crónica ou está a tomar medicação, recomenda-se que consulte o seu médico antes de tomar qualquer suplemento.

Além disso, existe também alguma controvérsia associada à toma de suplementos vitamínicos, pois muitos profissionais de saúde alegam que as interações entre micronutrientes fazem com que, de uma forma geral, estes suplementos sejam ineficientes ou desnecessários.

Em suma


A prática de uma alimentação que inclua uma grande variedade de fruta, hortícolas, cereais completos, quantidades adequadas de proteína e gorduras saudáveis é o fator mais importante para obter todos os nutrientes necessários à manutenção de um bom estado de saúde.

Os suplementos vitamínicos devem ser utilizados com o objetivo de melhorar o estado de saúde geral ou tratar algum problema específico, sendo um auxílio na reposição de nutrientes que estejam em défice ou na prevenção e/ou no tratamento de doenças.

Calcule o seu IMC, descubra o seu peso ideal e a melhor forma de atingir os seus objetivos!

Veja também:

Ler mais
Rita Lima Rita Lima

Rita Lima é nutricionista e trabalha, atualmente, nos ginásios Urban Fit de Ermesinde, Antas Prime Fitness e CulturaFit Club no Porto. Durante 2 anos colaborou no projeto Dragon Force do Futebol Clube do Porto e com o Boavista Futebol Clube. É licenciada em Ciências da Nutrição pela Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto e frequentou o Curso de Nutrição no Desporto na mesma faculdade.