Os problemas físicos mais comuns de quem treina

Se pratica exercício físico regular, certamente já sentiu um dos problemas físicos mais comuns de quem treina. Porque surgem estes problemas?

Os problemas físicos mais comuns de quem treina
A dor é debilitante e tem o potencial de atrasar em semanas ou meses os seus objetivos de treino.

Os problemas físicos mais comuns de quem treina são variados, mas as dores musculares são certamente um dos mais frequentes.

O exercício físico é extremamente benéfico para a saúde e bem-estar, mas as lesões têm o poder de o transformar numa experiência menos agradável. Portanto, e apesar de ninguém se encontrar imune ao seu aparecimento, é importante que tenha consciência acerca destes problemas físicos mais comuns de quem treina para que possa preveni-los.

Dores musculares


dores musculares

Rara é a pessoa que nunca sentiu dor muscular durante e após a realização de um treino. Este é um problema físico que surge sobretudo em pessoas que estão a iniciar uma nova atividade física, quando o plano de treino sofre alterações ou quando se aumenta a duração ou intensidade do treino.

Antigamente, a dor muscular intensa após a atividade física era associada à acumulação do ácido láctico, mas descobriu-se que esta substância é metabolizada pouco tempo após o treino terminar. Assim sendo, o ácido láctico está associado à dor que surge durante, ou logo após, a realização dos exercícios. O ácido láctico é produzido em situações de grande esforço físico, em que necessitamos de outra fonte de energia, e provoca uma sensação de queimadura no músculo.

Plano de treino grátis
Quer atingir os seus objetivos e não sabe por onde começar? Temos um plano de treino de acordo com o que pretende. Obter o plano aqui.

Mas outro tipo de dor pode começar a formar-se cerca de 12 a 24 horas depois de terminar o treino, podendo alcançar o seu pico de intensidade entre as 24 e as 72 horas – a dor muscular tardia. Os especialistas acreditam que esta dor se desenvolve como resultado de danos microscópicos nas fibras musculares que estiveram envolvidas no exercício.

A dor após o treino, desde que seja sentida em níveis normais, é bastante comum e, sobretudo, se está a iniciar-se na prática de exercício físico. Mas tenha em conta que não deverá ser um objetivo a alcançar pois, ao contrário do que muitas pessoas possam pensar, não é necessário sentir dor muscular após o treino para que este tenha tido sucesso ou eficácia.

Ao exercitar-se gradual e progressivamente mediante a sua condição evita não só os efeitos debilitantes da dor muscular tardia (que muitas vezes o impedem de continuar a exercitar-se regularmente), como também se sentirá mais motivado para continuar a prática de exercício físico. Tenha igualmente em conta que, a presença de uma dor aguda e repentina durante a realização do exercício pode indicar lesão muscular ou entorse. Isso significa que está a exercitar-se acima das suas condições físicas.

Outros problemas físicos


Não só as dores musculares fazem parte dos problemas físicos mais comuns de quem treina.

Os problemas físicos de quem treina ocorrem devido ao excesso de treino, à falta de condicionamento e movimentos executados de forma incorreta.
As lesões que surgem dependem em grande parte do exercício que é realizado, mas existem algumas áreas do corpo humano mais suscetíveis do que outras.

Dor nas costas

dor nas costas e problemas fisicos mais comuns de quem treina

Este é também um dos problemas físicos mais comum entre os praticantes de exercício físico. A maioria das pessoas apresenta os músculos das costas fracos, devido ao elevado número de horas que passam sentadas. Portanto, durante o treino, a probabilidade de sofrer sobrecarga e dor nas costas é muito superior.

Cãibras

caibras e problemas fisicos mais comuns de quem treina

Uma cãibra é uma contração muscular involuntária, brusca e dolorosa. Pode ocorrer em qualquer músculo, mas é muito frequente ocorrer nas pernas e nos pés durante o treino.
Nestes casos o melhor é parar a atividade e alongar o músculo. Contrair o músculo oposto e massajar gentilmente são outras estratégias para lidar com a cãibra.

Lesões no ombro

lesoes no ombro e problemas fisicos mais comuns de quem treina

O ombro é uma articulação com uma grande amplitude de movimento e, dessa forma, torna-se mais exposta a vários tipos de lesão. A luxação (deslocamento de um ou mais ossos de uma articulação) do ombro ou a lesão dos tendões responsáveis pela manutenção da sua estabilidade são lesões muito comuns e debilitantes.

Lesões nos ligamentos do joelho

Lesoes nos ligamentos do joelho

Apesar de serem mais comuns nos atletas, se pratica alguma atividade que envolva saltos ou mudança rápida de direção também se encontra exposto a este tipo de lesão.

Joelho do “corredor”

joelho de corredor

Está associada a uma irritação da cartilagem que se encontra debaixo da rótula. Não acomete apenas corredores, mas sim qualquer pessoa que passe muito tempo em atividades que exijam o dobrar dos joelhos, como caminhar, andar de bicicleta e saltar.

Lesões nos tendões

lesoes nos tendoes e problemas fisicos mais comuns de quem treina

Os tendões podem sofrer danos quando sobrecarregados devido a uma determinada atividade. Antes pensava-se que a sua lesão estaria sobretudo ligada à inflamação, no entanto, atualmente pensa-se que o tendão desenvolve alterações crónicas degenerativas.

As pessoas em maior risco são aquelas que se exercitam esporadicamente, ou que usam as mesmas articulações para os mesmos movimentos repetidas vezes. Isso poderá acontecer durante a prática de determinados desportos e treinos, como também noutras situações (por exemplo, de trabalho).

Distensões

Distensoes e problemas fisicos mais comuns de quem treina

Uma distensão representa um alongamento exagerado de um músculo, tendão ou ligamento, podendo mesmo ocorrer a rutura parcial ou total. Quando a distensão acontece ao nível dos ligamentos, a entorse é o termo mais usado.

Geralmente ocorrem como resultado da fadiga, uso excessivo ou uso indevido de um músculo. As distensões podem surgir em qualquer músculo, mas são especialmente frequentes nos músculos posteriores das coxas – os isquiotibiais.

Normalmente é possível sentir quando ocorre a distensão, pois a dor tem um início repentino. Os sintomas variam muito com o grau da distensão, mas geralmente os movimentos ficam limitados, ocorre inflamação, espasmos musculares, rigidez e fraqueza muscular.

Problemas físicos mais comuns de quem treina: o que pode fazer para prevenir?


problemas fisicos mais comuns de quem treina prevencao

Alguns dos problemas físicos mais comuns de quem treina podem ser evitados através de determinados cuidados de prevenção, que deverá ter sempre em conta:

  • Inicie a prática de exercício físico de forma gradual e adaptada à sua condição. Aconselhar-se com um profissional da área é sempre uma boa opção;
  • Aumente a intensidade e a duração do treino gradualmente;
  • Realize um aquecimento adequado antes de iniciar o treino;
  • Procure treinar os grupos musculares de forma alternada, para evitar a sobrecarga;
  • Realize alongamentos depois do treino (os músculos já se encontram quentes e será mais fácil) para promover a flexibilidade dos seus músculos;
  • Mantenha-se hidratado antes, durante e depois do treino;
  • Mantenha uma alimentação saudável;
  • Respeitar as suas limitações é fundamental;
  • Mantenha um padrão respiratório correto: tente respirar pelo nariz e deitar o ar fora pela boca;
  • Exercite-se regularmente, em vez de o fazer esporadicamente. Os seus músculos tornar-se-ão mais saudáveis dessa forma.

Consiga aqui um plano de treinos gratuito de acordo com os seus objetivos e fique em forma!

Veja também:

Ler mais
Ana Vicente Ana Vicente

Ana Vicente é fisioterapeuta, instrutora de pilates clínico e pós graduada em terapia assistida por animais no papel. Na realidade é apaixonada por pessoas, animais, palavras e pelas maravilhas da natureza. Motivada a deixar uma marca positiva no seu mundo e no dos outros, compromete-se a contribuir para o conhecimento e bem-estar das pessoas.