Doença de Parkinson: causas, sintomas e tratamento

A doença de Parkinson é uma perturbação degenerativa e lentamente progressiva do sistema nervoso central. Saiba mais sobre as causas, sintomas e tratamento.

Doença de Parkinson: causas, sintomas e tratamento
Os tremores são o sintoma mais visível da doença de Parkinson

Falar em Parkinson é lembrar-se de que se trata da "doença dos tremores", sendo realmente este o lado mais visível de uma patologia que também provoca lentidão de movimentos e rigidez muscular.

Mas os sintomas não ficam por aqui e saiba que também é possível normalizar a sua vida após o diagnóstico.

Deverá seguir as regras impostas pela equipa médica, tomar a medicação a tempo e horas e alterar a sua rotina e pequenas coisas lá em casa que vão ajudar a melhorar a sua qualidade de vida. 

Esta doença deve o seu nome ao médico britânico James Parkinson, que a tornou pública em 1817 com o artigo “An Essay on the Shaking Palsy”. Contudo, já em 5000 AC é possível encontrar algumas descrições da doença na Índia.

Atualmente, e segundo a Associação Europeia da Doença de Parkinson, a doença afeta cerca de 6,3 milhões de pessoas em todo o mundo e cerca de 22 mil pessoas em Portugal.  

Doença de Parkinson: causas


causas parkinson
O Parkinson é uma doença causada pela perda de neurónios específicos do cérebro produtores de dopamina, uma pequena molécula responsável pelo controlo de movimentos.

Plano de Saúde Grátis
Cuide da sua saúde. Obtenha consultas de clínica geral, medicina dentária e especialidade médicas gratuitas.Peça aqui o seu plano grátis.
Ainda não se conhece ao certo o motivo para a perda destes neurónios, havendo muitos investigadores apontem como causas fatores genéticos e ambientais, a interação entre os dois e ainda fatores individuais.


► Saiba mais aqui sobre as causas de parkinson


Doença de Parkinson: sintomas


sintomas parkinson
Os sintomas mais comuns da doença de Parkinson estão associados ao movimento e, como tal, são conhecidos por sintomas motores:
 
  • Tremor nas mãos, braços, pernas, queixo e cara, principalmente em repouso. Este sintoma melhora quando a pessoa está a desempenhar uma tarefa;
  • Rigidez muscular, que pode provocar dor;
  • Bradicinesia ou lentidão nos movimentos.

Estes são os principais sintomas, mas não os únicos:
 
  • Dificuldades de equilíbrio, postura e coordenação que podem agravar-se à medida que a doença progride;
  • Problemas de comunicação: dado que a rigidez pode conduzir à perda da expressão facial e à diminuição acentuada do tom da voz, o discurso e a linguagem corporal são afectados;
  • A escrita à mão torna-se ilegível;
  • Capacidade olfativa diminuída;
  • Obstipação;
  • Depressão;
  • Dor;
  • Fadiga;
  • Lentificação do raciocínio e da memória;
  • Problemas de deglutição.


► Saiba mais aqui sobre os sintomas de parkinson


Doença de Parkinson: tratamento


tratamento parkinson
Atualmente, não existe cura para a Doença de Parkinson, mas existe medicação que pode proporcionar um alívio dos sintomas por muito tempo, que têm por base a substituição da dopamina que se vai perdendo progressivamente com o desenvolvimento da doença. 

No caso de alguns pacientes, a terapia cirúrgica de Estimulação Cerebral Profunda, a Cirurgia de Parkinson, também pode ser adequada, mas é uma opção de última linha.

Para saber mais sobre o tratamento para a Doença de Parkinson, clique aqui.

Cuide da sua saúde. Consiga aqui consultas de clínica geral, medicina dentária e especialidade médica gratuitas!

 

Veja também: