O que é o óleo de cártamo?

O que é o óleo de cártamo?

Conheça melhor este óleo

O óleo de cártamo tem vindo a ganhar bastante notoriedade. Apesar de ser procurado como suplemento alimentar, este pode ser utilizado como substituo aos óleos tradicionais.

O óleo de cártamo é produzido através da semente de cártamo, uma planta de pé alto e flores amarelas com origem no Médio Oriente mas que atualmente já é cultivada nos Estados Unidos e na Europa, inclusive Portugal. 

Apesar de já ter sido utilizado apenas como especiaria de tempero, hoje em dia o cultivo desta planta está relacionada, principalmente, com a extração do óleo das suas sementes, que segundo alguns estudos apontam, tem propriedades benéficas para o organismo de quem o consome. 


Tipos de óleo de cártamo


oleos
Existem dois tipos principais de óleos de cártamo:


1. Ricos em ácidos gordos monoinsaturados

Este óleo é rico em ácido oleico, também conhecido como ómega-9. 

É bastante resistente a altas temperaturas não perdendo as suas propriedades, sendo por esse motivo utilizado em pratos quentes. 

Tudo para manter a forma
Tenha acesso às melhores dicas de nutrição! Receba já conteúdo exclusivo!
Pelo facto de ser mais saudável que o óleo de soja ou óleo de girassol, por exemplo, fazem com que seja preferível a sua utilização, e acrescendo ainda a vantagem de não ter praticamente sabor e não deixar um odor forte. 

 


2. Ricos em ácidos gordos polinsaturados

É um óleo rico em ácido linoleico, também designado de ómega-6, um ácido gordo polinsaturado. 

Não é tão resistente a altas temperaturas como o anterior, e por isso quando é submetido ao calor pode oxidar e consequentemente ficar rançoso. 

Este tipo de óleo de cártamo é mais comercializado sob a forma de suplemento nutricional, no entanto merece especial atenção e deve ser guardado ao abrigo da luz. 
 

Quais os benefícios do óleo de cártamo?


1. Ajuda na perda de peso

perda de peso
Existem diversos fatores que nos indicam que o consumo deste óleo é um excelente aliado na dieta por ser rico em ácidos gordos que estimulam a perda de gordura corporal. 

Não é por ser constituído essencialmente por gordura que deixa de ser um excelente alimento ou suplemento, pelo contrário. É essencial que a gordura faça parte do plano alimentar, juntamente com os hidratos de carbono e as proteínas. 

O segredo está na escolha das gorduras, e neste caso, a escolha é a acertada, pois são as “boas” gorduras que estimulam a queima de gordura corporal.

Portanto, a ingestão moderada deste óleo como substituto de outros tipos de gorduras prejudiciais (gorduras saturadas) deve ser promovida a fim de ajudar na perda de peso. 
 
 


2. Ajuda no combate à gordura abdominal

Geralmente o ganho de peso é acompanhado pelo aumento de gordura abdominal, gordura essa prejudicial aos órgãos que se encontram em redor. 

Este tipo de gordura está associada ao desenvolvimento de doenças cardiovasculares, resistência à insulina, determinados tipo de cancro, entre outras patologias. 

A suplementação com óleo de cártamo parece diminuir a gordura abdominal e levar ao ganho de massa muscular, sendo assim uma excelente forma de combater o excesso de gordura na barriga. 
 
 


3. Bom para o colesterol e para o coração

coracao
A saúde do coração parece ser um dos principais benefícios deste óleo, pela associação com a diminuição do colesterol LDL ou “mau” colesterol e o aumento do colesterol HDL ou “bom colesterol”. 

Como os níveis de colesterol estão diretamente ligados com os problemas cardiovasculares, se houver o controlo dos mesmos é um excelente ponto de partida para a manutenção de um coração saudável. 
 
 


4. Excelente fonte de vitamina E

O óleo de cártamo é extremamente rico em vitamina E, uma vitamina conhecida por ser um poderoso antioxidante, que previne doenças cardiovasculares e ajuda na manutenção de uma pele sã. 

Esta vitamina tem a capacidade de proteger as células do corpo contra os radicais livres, tanto os formados pelo metabolismo celular como os externos. 

A suplementação com o óleo de cártamo ou a sua inclusão como substituto de outros óleos na alimentação ajuda a atingir a ingestão diária recomendada dessa vitamina.
 

Contra-indicações e precauções do óleo de cártamo


gravida
Mesmo tendo todos estes benefícios, o óleo de cártamo também carece de alguns cuidados, principalmente antes de se iniciar o seu consumo. 

Consultar um profissional da área pode ser uma excelente opção, com vista a evitar possíveis desvantagens. 
 

Evite consumir se:

  • Tem problemas de coagulação de sangue;
  • Tem histórico de alergias relacionadas com a família da planta;
  • Está grávida.
 


Cuidados a ter:

  • Mantenha o óleo de cártamo em local escuro e em recipiente vedado, para evitar o contacto com o ar;
  • A dose diária recomendada é de 8g a 20g por dia. Contudo, o ideal é ajustar a dose às suas necessidades específicas. 

Saiba as melhores dicas para ficar em forma !

 

Veja também: