Músculos doridos nas pernas

Todos os praticantes de atividade física e até mesmos indivíduos sedentários já tiveram a sensação de músculos doridos. Conheça as suas causas.

Músculos doridos nas pernas
Músculos doridos, quem não teve?

Dor é um fenómeno comum nos membros inferiores e são várias as razões da sua ocorrência. Podem surgir como resultado de condições que afetam os ossos, articulações, músculos, tendões, ligamentos, vasos sanguíneos, nervos ou pele.

Músculos doridos podem ocorrer no pé, tornozelo, joelho, atrás do joelho, coxa, abaixo da parte traseira da perna, ou em qualquer parte da perna.

Pode aparecer durante a noite, enquanto está deitado, ou enquanto executa um exercício, dependendo da causa. Tipicamente, a dor na perna é resultado da inflamação do tecido que é causada por lesão ou doença.


Músculos doridos - quando se manifesta a dor?


Vamos destacar as dores musculares.

Todos os praticantes de atividade física e de desporto em geral (e até mesmos indivíduos sedentários) já tiveram, alguma vez na vida, uma dor muscular de início tardio (DMIT), principalmente após a execução de um padrão de movimento diferente daquela que estão acostumados.

Semana Especial Running Vida Ativa
Descontos incríveis nas melhores marcas para voltar a ficar em forma, sem gastar muito! Aceda aos descontos.
Os músculos doridos são caracterizados pela sensação de desconforto na musculatura esquelética que ocorre algumas horas após a prática da atividade física.

A dor, geralmente, não se manifesta nas primeiras 8 horas após o exercício. Esta vai aumentando de intensidade nas primeiras 24 horas e poderá alcançar o seu máximo de intensidade entre as 24 a 72 horas.


Breve explicação científica para os músculos doridos


Durante o exercício físico há uma vasodilatação das artérias e das veias com a intenção de levar mais sangue e consequentemente, mais nutrientes para o músculo que está a ser solicitado.

Automaticamente, há um aumento do volume muscular por si só. Quando fazemos um treino de alta intensidade há um grande número de lesões nas paredes das células musculares, fazendo com que o citoplasma vaze para o meio extracelular, aumentando a quantidade de líquido entre as células.

Com a prática do exercício, o aumento da irrigação arterial continua a levar sangue e nutrientes para as células que estão lesionadas, o que faz com que o meio extracelular continue a aumentar de volume por causa do extravasamento.

O aumento desse volume interno faz com que todo o músculo aumente a ponto de ficar “exprimido” dentro da fáscia muscular, causando dor. 

Além disso, há o acumular de fatores inflamatórios locais pela necrose de parte das células que romperam, estimulando os nervos sensitivos, também causando dor. 

Portanto, em atletas iniciantes ou não treinados, a causa de dor é devido ao aumento do volume muscular que fica contido pela fáscia muscular e pelo acúmulo de fatores inflamatórios que ficam em torno dos tecidos lesionados.


Dicas importantes para atenuar os sintomas de músculos doridos


Há várias dicas que se podem seguir no sentido de evitar o aparecimento de dores musculares, a começar pela recomendação da prática regular de exercício físico.

A maioria das pessoas que começa a praticar exercício, ou que voltam a fazê-lo depois de um grande período em pausa, estão mais suscetíveis ao problema.


1. Exercício constante

exercicio constante
O ideal é exercitar-se regularmente, aumentando a intensidade dos treinos de forma gradual e de modo adequado à sua condição física.

 


2. Acompanhamento profissional

Será melhor que seja acompanhado por um profissional de educação física, por exemplo no ginásio, que oriente na execução correta dos exercícios.

 


3. Descanso

descanso
Um bom sono reparador é a melhor forma de evitar o aparecimento de quaisquer dores. Dormir a quantidade de horas certas é um truque, não muito difícil, para ter uma vida melhor e mais saudável. 

 


4. Postura

A manutenção de uma boa postura, seja no sofá a ver televisão, seja no escritório, em frente ao computador, é fundamental para prevenir o aparecimento de dores musculares.

A prática de ioga ou a realização de exercícios de alongamento de forma regular ajudam também a aumentar a flexibilidade do corpo e logo, a evitar o problema. 

 


5. Alimentação

cha verde
Manter uma boa alimentação, rica em bioflavonoides, que pode encontrar nos vegetais verdes ou no chá verde, e em potássio, presente na banana, e beber bastante água diariamente são outras dicas para prevenir o aparecimento das dores musculares.


Possíveis tratamentos para músculos doridos


O tratamento dependerá sempre da causa do problema. Assim, é imprescindível proceder a um diagnóstico médico rigoroso
da situação, de forma a garantir o tratamento mais adequado para o caso.

Um mau diagnóstico poderá não só agudizar o problema, como atrasar o ataque a males maiores. 


1. Calor, pomada e massagem

massagem
Nas situações mais comuns e menos complicadas, o tratamento poderá ser feito em casa pelo próprio, sem a necessidade da intervenção de um médico.

Assim, deverá aplicar toalhas quentes na região dorida e massajar a zona com pomadas específicas, anti-inflamatórias e relaxantes musculares de venda livre nas farmácias e até em alguns supermercados.

Uma massagem na zona dos músculos afetados poderá também ajudar a relaxar a zona.
 
 


2. Gelo

gelo
Quando houver inchaço associado, poderá aplicar gelo sobre o músculo, para ajudar a desinflamar, bem como colocar uma ligadura bem esticada ajudará a descansar a área dolorida – mas lembre-se, contudo, que não deve apertar demasiado o músculo, para não complicar a circulação sanguínea na zona.

Na maioria dos casos, o diagnóstico é fundamentado na história e no exame físico, sendo os exames complementares necessários para um diagnóstico diferencial em muitos casos.

O diagnóstico precoce e o tratamento adequado previnem a cronificação da dor e suas repercussões biológicas, psíquicas e sociais. 

Dor muscular que aparece um dia ou dois após o exercício pode afetar qualquer pessoa, independentemente do seu nível de aptidão. Portanto, não desamime.

Este tipo de rigidez muscular ou dores é normal, e não dura muito tempo, sendo um sinal de que a sua aptidão está a melhorar.

Semana Especial Running - Descontos incríveis nas melhores marcas! Veja tudo aqui.

 

Veja também:

Ler mais