Hemorróidas externas: como diagnosticar e tratar

Hemorróidas externas: como diagnosticar e tratar

Não deixe que este problema afete o seu bem-estar

As hemorroidas externas são um problema comum e bastante frequente. Mas tem tratamento. Descubra as causas, os sintomas e saiba como cuidar melhor de si.

As hemorróidas externas são veias dilatadas que saem pelo ânus geralmente provocadas pelo esforço intenso durante as evacuações ou pela prisão de ventre crónica.

É uma problemática comum no mundo dos adultos e que pode provocar dor na região anal e dar origem ao aparecimento de papos naquela região.

Contudo, as hemorróidas externas, seja um caso mais leve ou mais greve, têm cura.

Aconselhe-se com o seu médico para saber qual a melhor solução para si.

Hemorróidas externas – quais os sintomas?


Os sintomas das hemorróidas externas podem incluir:
 
  • Dor na região anal que piora ao evacuar e ao sentar;
  • Comichão na região do ânus;
  • Palpação de um ou mais nódulos ou papos na região anal;
  • Presença de sangue após evacuar ou ao limpar a região do ânus;
  • Estes sintomas podem provocar dor e desconforto que é tanto maior quanto maior for o tamanho e o número de hemorróidas.


Hemorróidas externas - tratamento


O tratamento para as hemorróidas externas deve ser indicado pelo proctologista e pode ser feito:
  • Com pomadas para hemorróidas externas com ação analgésica e anti-inflamatória que podem ser compradas em farmácias ou drogarias;
  • Remédios analgésicos e anti-inflamatórios para aliviar a dor e a inflamação;
  • Banhos de assento com água morna durante 15 a 20 minutos para diminuir a dor.

Proteja a sua saúde!
Receba conteúdos exclusivos e habilite-se a um check-up completo. Registe-se já!
Além disso, alguns cuidados como evitar usar papel higiénico ou não fazer esforços, principalmente ao evacuar também são importantes no tratamento das hemorróidas.

Estas opções podem oferecer alívio aos indivíduos que têm hemorróidas de menores dimensões, contudo, se se tratar de um caso mais grave, poderá ser necessário submeter-se a uma intervenção cirúrgica:  
 
  • Hemorroidectomia - retirar as hemorróidas;
  • Cauterização do tecido hemorroidal, por infravermelhos, a laser ou por coagulação eléctrica;
  • Escleroterapia - reduzir as hemorróidas.


Hemorróidas externas – aprenda a prevenir-se


As hemorróidas externas podem ser causadas por diferentes fatores.

A causa mais comum é o esforço repetido durante a evacuação, que impede que o fluxo sanguíneo chegue e saia daquela região, causando acumulação de sangue e aumento do tamanho dos vasos na mesma região.

Pela mesma razão, um caso agudo de intestino preso ou de diarreia também pode causar hemorróidas. Além disso, as mulheres grávidas podem correr maior risco de ter hemorróidas em virtude da pressão exercida pelo útero nessas veias.

O principal fator de prevenção das hemorróidas externas é, como tal, evitar muito esforço durante a evacuação. Se sofre deste problema, opte por usar algum laxante ou incluir mais fibra na dieta para facilitar o funcionamento intestinal. 

Se essas opções não ajudarem a resolver a questão, é recomendável consultar o médico sobre outras opções para que este problema não ganhe maiores proporções e dificulte o seu bem-estar.

Se a saúde é uma prioridade para si, clique aqui.

 

Veja também: