Os 15 melhores alimentos anti-stress

Os 15 melhores alimentos anti-stress

Descubra os melhores alimentos anti-stress e experimente ainda hoje

Venha saber quais são os melhores alimentos anti-stress e o que deve evitar ingerir!

Existem alguns alimentos anti-stress que podem ajudá-lo a aliviar sintomas e a relaxar um pouco mais.

Mau humor, dores de cabeça, agitação, depressão… Já alguma vez sentiu um destes sintomas? Se sim, então é, provavelmente, apenas mais uma vítima do stress.

Contudo, não desespere, não está sozinho. Mais de metade da população sente o mesmo.

A alimentação não irá, como deve imaginar, resolver os problemas que desencadeiam o stress em si, logo não o irá curar.

Mas existem alimentos que pode incluir na sua alimentação diária que com certeza irão a ajudar a atenuar alguns sintomas.

Veja aqui os melhores alimentos anti-stress


1. Espargos

espargos
Os espargos são ricos em ácido fólico, essencial para aliviar o stress e manter a calma. Seja em saladas, grelhados ou assados​​, este alimento é também uma excelente fonte de fibras e vitamina B.
 
 


2. Citrinos

As laranjas são muito apreciadas pela sua abundância em vitamina C. Esta vitamina, além de estimular o sistema imunitário, diminui também os níveis de cortisol, a hormona do stress. A laranja também promove o melhor funcionamento do sistema nervoso e é um ótimo relaxante muscular, prevenindo a fadiga.

A toranja é rica em ácido fólico, crucial no transporte de oxigénio ao cérebro. Esta tem também um papel chave na produção de serotonina, a hormona produzida pelo cérebro e que está relacionada com a regulação do estado de humor.
Tudo para manter a forma
Tenha acesso às melhores dicas de nutrição! Receba já conteúdo exclusivo!

Os limões contêm grandes quantidades de antioxidantes tão valiosos como a vitamina C e que são capazes de desintoxicar e proteger as células do fígado. Quando consumidos em jejum combatem o stress, fadiga e o cansaço crónico.

Estes são apenas alguns dos fatores que tornam os citrinos excelentes alimentos anti-stress.
 
 


3. Laticínios

lacticinios
Os laticínios promovem a produção de serotonina, fundamental para prevenir a depressão e o stress. Estes também são reguladores do sono e da temperatura corporal.
 
 


4. Aveia

A aveia é um hidrato de carbono complexo que ajuda a aumentar os níveis de serotonina no cérebro.

Apesar de todos os hidratos de carbono terem este efeito (incluindo doces, refrigerantes, doces ou batatas fritas), a aveia, além de ser mais saudável, leva mais tempo a digerir e, portanto, tem efeitos mais duradouros.
 
 


5. Chocolate

chocolate
Muitos estudos têm comprovado os benefícios do chocolate preto em vários aspetos, particularmente no estado de espírito. Consumir uma pequena quantidade de chocolate preto por dia (40-50 gramas) reduz significativamente os níveis das hormonas do stress.

Adicionalmente, este contém uma grande quantidade de antioxidantes, que o tornam um alimento anti-stress completo.

Contudo, não abuse do chocolate e lembre-se que este é altamente energético.
 
 


6. Hortofrutícolas roxos

Todas as frutas e legumes de cor arroxeada (mirtilos, amoras, beringela, rabanete, cerejas …), contêm antocianinas, que protegem contra as doenças cardiovasculares e melhoram a saúde mental.

Deste modo, todas estas frutas e vegetais têm-se revelado úteis no combate ao stress.
 
 


7. Trigo

trigo
A trimetilglicina presente no trigo contribui para a produção de compostos cerebrais que melhoram o estado de espírito, a energia, o bem-estar, a capacidade de alerta, a concentração e a visão.

Contudo, aquando da compra de alimentos produzidos a partir da farinha de trigo, prefira as farinhas integrais, visto que mantêm as características nutricionais do cereal intactas.
 
 


8. Chá de camomila

O chá de camomila é dos melhores aliados contra o stress. Um estudo realizado pela Universidade da Pensilvânia demonstrou a eficácia de camomila em pessoas com transtorno de ansiedade generalizada, que após oito semanas de tratamento, tiveram uma diminuição significativa nos sintomas de ansiedade.

Para fazer chá, também são recomendadas ervas como valeriana ou passiflora, devido às suas propriedades calmantes.
 
 


9. Moluscos

moluscos
As ostras, apesar de terem a fama de alimento afrodisíaco, não possuem apenas esse benefício. Seis ostras têm mais de metade da dose diária recomendada de zinco, aumentam a resistência ao stress e combatem a fadiga.

Muito ricas em vitamina B, as amêijoas também contribuem para prevenir a depressão e o stress.

Deste modo, é possível verificar que os moluscos são ótimos alimentos anti-stress.
 
 


10. Queijo fresco

O queijo fresco tem baixo teor de gordura e é rico em proteínas e cálcio. Este ajuda não só a fortalecer e a relaxar o sistema nervoso como também no controlo do stress.

O ácido pantoténico, também contido neste tipo de queijo, é uma vitamina que auxilia o corpo a responder ao stress e nas funções cerebrais.
 
 


11. Vinho

vinho
Um copo de vinho tinto por dia ajuda a prevenir a depressão, ansiedade e o stress. Para além disso, o vinho também melhora a circulação sanguínea e reduz a pressão arterial.

O papel protetor do álcool, especialmente do vinho tinto, contra o stress é uma boa razão para tomar entre 2 e 7 copos de vinho por semana.

Contudo, não deve exceder esta quantidade.
 
 


12. Espinafre e brócolos

Os espinafres e os brócolos são bons alimentos anti-stress pois não só previnem a depressão como garantem o bom funcionamento do sistema nervoso.

Esta ação é possível devido ao seu conteúdo em potássio e ácido fólico, importantes para o bom funcionamento das células, assim como o magnésio, o fosfato e às vitaminas A e C e ao Complexo B.
 
 


13. Peixe

peixe
O peixe diminui o cansaço e a ansiedade, devido ao seu alto teor em zinco e selénio, que atuam diretamente no cérebro.

O atum é um dos alimentos anti-stress mais referidos devido ao teor em selénio no enlatado e pelas grandes quantidades de vitamina B6, que contribui para a produção de serotonina , e que, como já sabemos, é essencial para prevenir a depressão e o stress.
 
 


14. Abóbora

 Ótima para a irritabilidade e depressão, a abóbora contém uma grande quantidade de zinco que, segundo estudos, é um mineral essencial para auxiliar a transformar o triptofano em serotonina.

A abóbora também beneficia o estômago e os intestinos, facilitando a digestão. 
 
 


15. Tofu

tofu
Rico em cálcio, magnésio e triptofano, o tofu é muito eficaz no combate à depressão e irritabilidade. Além disso o tofu fortalece os intestinos, promove a circulação sanguínea e atua contra a anemia, menstruação irregular e diabetes.

Se a textura do tofu não o convence, misture-o num batido e poderá desfrutar dos seus benefícios sem notar a sua presença.


O que evitar?


O objetivo é relaxar e convencer o corpo de que os perigos não existem. Contudo, há alimentos que fazem exatamente o oposto e que só atrapalham todo o processo.

Deste modo, deve evitar o café e todos os alimentos ricos em cafeína, pois estimulam o sistema nervoso central.

Adicionalmente, também deve manter-se afastado dos excessos de sal, gordura e açúcar.
 

 

Veja também: