Vitamina D: a importância da "vitamina do Sol"

A vitamina D ajuda a regular a quantidade de cálcio e fosfato no organismo. Pode ser sintetizada no organismo ou obtida através da alimentação.

Vitamina D: a importância da
Já pensou que o sol pode estar a dar-lhe uma vitamina tão importante?

vitamina D é uma vitamina lipossolúvel que pode ser sintetizada pelo organismo após exposição solar.

A principal forma de obtenção desta vitamina em determinadas alturas do ano é precisamente a exposição à radiação ultravioleta: cerca de 10 minutos ao sol ajuda a produzir vitamina D suficiente. Contudo, a exposição solar pode ser insuficiente nomeadamente durante o inverno.

Nestes casos, há necessidade de obter por outras vias, sendo a principal a alimentação. Podemos encontrar esta vitamina em alguns alimentos de origem animal ou em suplementos, como vamos ver mais à frente neste artigo.

Importância da vitamina D


importancia da vitamina D

Ter uma quantidade suficiente de vitamina D é importante por diversos motivos, incluindo a manutenção de ossos e dentes saudáveis, uma vez que esta vitamina é fundamental para a absorção intestinal de cálcio e fósforo. Também pode proteger contra uma série de condições como cancro, diabetes tipo 1 e esclerose múltipla.

A vitamina D tem múltiplos papéis no corpo, ajudando a:

  • Manter a saúde dos ossos e dentes.
  • Apoiar a saúde do sistema imunológico, cérebro e sistema nervoso.
  • Regular os níveis de insulina e ajuda na gestão da diabetes.
  • Apoiar a função pulmonar e a saúde cardiovascular.
  • Influenciar a expressão de genes envolvidos no desenvolvimento do cancro.

 

Ingestão alimentar de referência (DRI)


A quantidade de vitamina recomendada para cada pessoa depende da idade. As DRI (Dietary Referecence Intake ou ingestão alimentar de referência) da vitamina D foram atualizadas em 2010, e atualmente os valores dizem respeito às seguintes faixas etárias:

  • Bebés até 1 ano: 10 μg por dia
  • Crianças dos 1 aos 18 anos: 15 μg por dia
  • Adultos até 70 anos: 15 μg por dia
  • Idosos com mais de 70 anos: 20 μg por dia
  • Grávidas e lactentes: 15 μg por dia

 

Principais fontes de vitamina D


salmao cru

Na natureza são poucos os alimentos que contêm vitamina D, no entanto, existe a opção de se recorrer ao consumo de alimentos enriquecidos com este nutrimento, como podemos facilmente encontrar nas manteigas, margarinas, leite e iogurtes.

Outras fontes alimentares conhecidas de vitamina D são:

  • Óleo de fígado de bacalhau.
  • Salmão, sardinha, atum.
  • Gema de ovo.
  • Peixes e moluscos.

Porém, quase todo o consumo humano de vitamina D através da alimentação provém de produtos lácteos enriquecidos e outros alimentos fortificados, como cereais matinais.

> Conheça mais sobre os alimentos ricos em vitamina D.

O que acontece caso exista carência?


suplementacao vitamina D

A carência de vitamina D pode estar na origem da fragilidade dentária e perturbações neuromusculares. Nas crianças pode conduzir ao aparecimento do raquitismo e nos adultos pode contribuir para o aparecimento da osteoporose.

Algumas pessoas não terão vitamina D suficiente da luz solar porque têm muito pouca ou nenhuma exposição solar. Nesses casos, a suplementação poderá uma forma de contrariar a carência, além da ingestão dos alimentos ricos no nutriente.

Vitamina D na perda de peso


perda de peso com vitamina D

A vitamina D apresenta também um papel importante na perda de peso (juntamente com o cálcio) uma vez que acelera o metabolismo da gordura e ajuda o organismo a produzir mais leptina, a substância da saciedade.

Já se concluiu que a ingestão de vitamina D durante um programa de perda de peso ajuda a perder mais peso comparativamente aos casos onde não existe suplementação, principalmente onde existia previamente uma deficiência destes micronutrientes. 

Concluindo…


A vitamina D é muito importante ao bom funcionamento do organismo e por isso devemos ter em atenção se estamos em carência ou não.

A melhor forma de conseguir contrariar a estatística que nos diz que grande parte da população mundial tem este problema, é apanhando sol. Afinal é desta forma que o organismo consegue sintetizar esta substância.

Mas a alimentação apresenta igualmente um papel fundamental, uma vez que nem todas as pessoas têm facilidade em apanhar sol. Fazer uma dieta com alimentos ricos nesta vitamina é meio caminho andado para que não existam problemas no futuro.

Veja também: