Vitamina C: essencial à vida

Vitamina C: essencial à vida

Conhecida por ser aliada no combate a gripes e infeções.

A vitamina C, tal como as outras vitaminas é indispensável à nossa saúde. Desempenha também funções como antioxidante e é essencial no crescimento e reparação de tecidos.

A vitamina C ou ácido ascórbico contribui para o correto desenvolvimento e funcionamento de várias estruturas do organismo. A sua função mais importante consiste em reforçar o nosso sistema imunitário, mas não é a única.


Porque nos faz tão bem?


Para além de ajudar a combater gripes e infeções, promove a saúde dos dentes e gengivas, ajuda na absorção de ferro pelo organismo e contribui para a normal formação de colagénio para funcionamento normal dos ossos, das cartilagens e da pele.
 
Obtenha um Plano Alimentar Personalizado
Perca peso de forma saudável e não o volte a ganhar! Fale já com a nutricionista online!

Esta vitamina tem também um papel na redução do cansaço e da fadiga, bem como na produção do colagénio e na cicatrização de feridas. Para além destes benefícios, podemos encontrar também os seguintes:
 
  • Estimulação da produção de colagénio;
  • Auxílio na cicatrização de feridas e fraturas;
  • Fortalecimento do sistema imunitário;
  • Maior elasticidade da pele;
  • Redução do desenvolvimento de rugas;
  • Poderoso antioxidante;
  • Atraso do envelhecimento celular;
  • Prevenção o desenvolvimento de cancro.


Alimentos ricos em vitamina C



A vitamina C é uma vitamina hidrossolúvel que está naturalmente presente na comida, adicionada a outras e pode ainda ser obtida através de suplementação alimentar.

Sabia que a laranja não é o alimento mais rico em vitamina C? Se lhe dissermos que a couve portuguesa, o pimento e o agrião, por exemplo, são alguns dos alimentos com maior teor em vitamina C, acredita? Veja em baixo algumas das principais fontes desta vitamina.

Valores de vitamina C por 100g de alguns alimentos:
 
  • Couve Portuguesa: 90mg
  • Pimento: 90mg
  • Grelos de couve: 79mg
  • Agrião: 77mg
  • Quivi: 72mg
  • Papaia: 68mg
  • Couve-de-bruxelas: 60mg
  • Laranja: 57mg
  • Limão: 55mg
  • Morango: 47mg
  • Clementina: 40mg
  • Espinafres: 35mg 
  • Framboesa: 30mg 


Quem deve consumir mais vitamina C


Como se trata de uma vitamina hidrossolúvel, o ser humano é um dos poucos animais que não produz nem armazena vitamina C, necessitando, assim, de ingeri-la em doses diárias.

A falta desta vitamina provoca fadiga, sonolência, diminuição da função imunitária, má cicatrização, pequenas hemorragias debaixo da pele e escorbuto. 

Os idosos, fumadores, alcoólicos, grávidas e doentes crónicos são alguns dos grupos que apresentam maiores necessidades desta vitamina. A exposição frequente a situações de stress, infeções, mazelas, como feridas e queimaduras, e o consumo de alguns medicamentos também aumentam as necessidades de vitamina C.

A dose diária recomendada de vitamina C, para a população adulta, varia entre 75 a 90mg por dia. A melhor forma de atender às necessidades diárias desta vitamina é fazer uma alimentação equilibrada, que contenha os vários alimentos da roda dos alimentos. 

 

Curiosidade: Como foi descoberta a sua forte ação no organismo?


A ação essencial desta vitamina foi constatada durante os descobrimentos. Os marinheiros, ao fim de algum tempo no mar, começavam com sangramento das gengivas e perda dos dentes, articulações inchadas e dolorosas, perda de apetite, entre outros sintomas, acabando mesmo por morrer (escorbuto).

No entanto, a uma determinada altura, descobriram que se comessem limões durante a viagem, não ficavam doentes.


 
Obtenha aqui um plano alimentar personalizado !
 

Veja também: