Semente de mostarda : sabe o que é?

Semente de mostarda : sabe o que é?

Vamos conhecer melhor esta semente.

É com a semente de mostarda que se produz um dos molhos e mais conhecidos no mundo, mas além desta utilização, existem muitas outras não tão conhecidas.  

Quando pensamos em mostarda, lembramo-nos de diversas receitas e pratos que podem ser tudo menos saudáveis.

Cachorros e hambúrgueres são alguns exemplos. 

Mas a semente de mostarda é um pouco diferente, e não é uma especiaria nova nem recente em termos de utilização nas diferentes culturas.

A verdade é que a suas primeiras referências datam de há mais de dois mil anos em locais como a Índia, Grécia e Egito. 

Vamos descobrir então o que são as sementes de mostarda, que benefícios oferecem e ainda que utilizações lhes podemos dar.

O que são as sementes de mostarda?


sementes de mostarda
As sementes de mostarda são, tal como o nome indica, pequenas sementes das várias plantas de mostarda.

Tudo para manter a forma
Tenha acesso às melhores dicas de nutrição! Receba já conteúdo exclusivo!
As mais comuns são provenientes da mostarda-preta, da mostarda-castanha e a da mostarda-branca. 

Todas elas apresentam sabores distintos: 
 
  • Mostarda-preta: é a que apresenta um sabor mais forte; 
  • Mostarda-castanha: é a que dá origem à famosa mostarda Dijon, e o seu paladar é mais amargo; 
  • Mostarda-branca: é a que nos oferece um sabor mais suave e é utilizada na produção da mostarda amarela. 
Este tipo de sementes, juntamente com água e vinagre, são utilizadas para produzir a mostarda em pasta, por exemplo.

Este condimento é extremamente versátil, podendo ser utilizado em diversas preparações culinárias que vão desde salgados a doces, nomeadamente pratos de carne e peixe, saladas, sanduiches, sopas e sobremesas. 
 

Informação nutricional 


As sementes de mostarda apresentam na sua constituição uma variada gama de nutrientes, dos quais se encontram vitaminas e minerais. 

Os seguintes valores encontram-se segundo os valores da Dose Diária Recomendada (%) e têm em consideração 4 colheres de chá (cerca de 4 gramas):
 
  • Selénio (15%)
  • Ómega-3 (6%)
  • Fósforo (5%)
  • Manganésio (5%)
  • Magnésio (4%)
  • Vitamina B1 (3%)
  • Cobre (3%)

Uma nota importante que deve ser feita neste ponto, é a sua composição a nível de energia, pois esta quantidade de sementes contém apenas 20 kcal. 
 

Que benefícios nos trazem?


coracao
Com um conteúdo rico em vitaminas e minerais, esta especiaria apresenta benefícios para a saúde.

Além da sua composição, também joga a seu favor o facto de serem provenientes de plantas crucíferas, assim como o repolho, o nabo e a couve. 
 

1. Protegem contra cancro no trato gastrointestinal 

Tal como as outras plantas da mesma família, as sementes de mostarda contém quantidades abundantes de fitonutrientes, mais concretamente glucosinolatos, que são compostos químicos encontrados nos alimentos vegetais, benéficos para a saúde e neste caso são responsáveis pelo picante.

Pela ação da enzima mirosinase, os glucosinolatos vão ser transformados em isotiocianatos. Estes últimos têm sido alvo de frequentes estudos por serem cada vez mais associados com a proteção em determinados tipos de cancro. 

Estudos que envolveram o trato gastrointestinal, mostraram que a ingestão de isotiocianatos está relacionada com a inibição do crescimento de células cancerígenas existentes, além de protegerem contra a formação destas células.
 
 

2. Têm efeitos anti-inflamatórios 

As sementes de mostarda são uma excelente fonte de selénio, um mineral associado à redução da gravidade da asma e à diminuição de alguns dos sintomas da artrite reumatóide. 

O magnésio também faz parte dos minerais presentes nesta especiaria. Assim como o selénio, também este componente ajuda a reduzir a gravidade da asma, a pressão arterial elevada e pode prevenir ataques cardíacos em pacientes com problemas de coração e aterosclerose.  
 

Como utilizar as sementes de mostarda 


molho mostarda
Nas várias lojas e supermercados, podemos ver as sementes de mostarda em grãos (inteiras) ou em pó (trituradas), para uma utilização mais diversificada. 

Deixamos agora algumas sugestões para a utilização deste condimento:
 
  • Substituição do sal em diversos pratos, preferencialmente moídas;
  • Produção de mostarda em pasta;
  • Tempero de carne e marinadas de peixe;
  • Chá de especiarias e chá de semente de mostarda;
  • Utilização em pickles.

Saiba as melhores dicas para ficar em forma !

 

Veja também: