Gripes e constipações: diferenças e como prevenir

Embora pareçam semelhantes, gripes e constipações são estados diferentes. Entenda no que diferem e o que pode fazer para evitar o seu aparecimento.

Gripes e constipações: diferenças e como prevenir
Como distinguir e como resolver as duas.

Está na altura das gripes e constipações atacarem grande parte da população.

Em versões mais agressivas ou mais ligeiras, são sempre vírus que incomodam, aborrecem e impedem de manter um dia-a-dia normal e confortável.

Por isso mesmo seguem-se agora várias dicas que vão garantir um sistema imunitário fortalecido e capaz de combater estas doenças, assim como alguns remédios caseiros que poderão ser uma opção para atenuar os efeitos.


GRIPES E CONSTIPAÇÕES: AS DIFERENÇAS


As duas infeções são provocadas por vírus e ambas se manifestam por espirros, tosse ou o aumento da mucosidade.

Contudo, a gravidade de cada uma é diferente e torna-se importante saber distingui-las.


1. GRIPE:

Plano de Saúde Grátis
Cuide da sua saúde. Obtenha consultas de clínica geral, medicina dentária e especialidade médicas gratuitas.Peça aqui o seu plano grátis.
  • Transmissão do vírus através de espirros ou tosse ou de contacto direto
  • Temperatura corporal elevada
  • Dores no corpo
  • Dor de cabeça
  • Perda do apetite
  • Mal estar geral
  • Dor de estômago
  • Dores musculares e articulares
  • Olhos inflamados
  • O vírus é mais contagioso
  • Pode levar à morte em casos extremos
 


2. CONSTIPAÇÃO:

  • Transmitida através de espirros ou tosse ou de contacto direto
  • Aumento da mucosidade
  • Tosse
  • Congestão nasal
  • Ardor na garganta
  • Redução do olfato e do paladar
  • Espirros
  • Dor de cabeça
  • Dura menos tempo
  • Não produz febre alta
  • Complicações menos frequentes
 

GRIPES E CONSTIPAÇÕES: SITUAÇÕES PROPÍCIAS AO SEU APARECIMENTO


exercicio fisico intenso
Um corpo esgotado e um organismo enfraquecido são fatores propícios à contração de doenças.

Por isso mesmo, o stress contínuo, um ritmo de vida muito acelerado, a prática de desportos intensos, situações de muita pressão, demasiado esforço físico ou mental e problemas persistentes podem ser situações na origem de um sistema imunológico enfraquecido.
 

GRIPES E CONSTIPAÇÕES: PRECAUÇÕES


Para evitar que as gripes e constipações cheguem até si, há várias coisas que pode fazer para manter o organismo forte e o sistema imunológico a funcionar a 100%.


1. Vacina da Gripe 

vacinacao
Com o objetivo de prevenção, a vacina da gripe é indicada principalmente para grupos de risco: pessoas com mais de 65 anos, grávidas, profissionais de saúde, doentes crónicos.

 


2. Higiene 

Lavar bem as mãos evita a propagação de vírus, portanto é importante que o faça principalmente depois de estar em contacto com pessoas ou de ter andado em sítios públicos.

 


3. Exercício físico 


Através do aumento da circulação sanguínea, esta prática ajuda o corpo a criar defesas e a estar mais preparado para eventuais doenças

 


4. Evitar a proximidade


Evitar proximidade e contacto com pessoas infetadas.

 


5. Descansar muito e dormir bem 

dormir bem
Pode parecer estranho, mas é uma das formas mais importantes para manter o sistema imunológico fortalecido

 


6. Vitamina C

Garantir os níveis de vitamina C ótimos é uma excelente forma de se prevenir devido ao facto de estimularem a produção de leucócitos, responsáveis por combater as infeções

 


7. Hidratação 

hidratacao
A ingestão de água é uma forma de manter a fluidez das secreções nasais e, consequentemente, capturar e bloquear mais facilmente os germes.

 

GRIPES E CONSTIPAÇÕES: REMÉDIOS CASEIROS


chá


1. ECHINACEA

Consiste num suplemento de ervas para combater gripes e constipações. Deve ser tomado assim que apareçam os primeiros sintomas e manter entre 7 a 10 dias depois de já estar bem.

Contudo, caso tenha alguma patologia ou esteja a fazer medicação, deve consultar o seu médico antes de tomar echinacea.

 
 

3. CHÁ QUENTE

O chá quente é também uma boa ajuda para combater gripes e constipações. A ingestão de líquidos é fundamental e muitos deles têm propriedades que ajudam a melhorar a congestão nasal, acalmar a tosse e a irritação da garganta.
 
Chá de mel e limão, gengibre e canela, tília são alguns bons exemplos que pode fazer em casa.

 
 

4. VAPOR

A inalação de vapor ajuda a hidratar as mucosas e a libertar mais rapidamente secreções. Pode colocar, por exemplo, folhas de eucalipto em água quente pode ajudar a congestão nasal e a tosse.
 
 


5. ÁGUA SALGADA

Gargarejar com água salgada ajuda a aliviar as dores de garganta que possa ter. Além disso, usar água do mar esterilizada na limpeza nasal ajuda a libertar secreções muito mais facilmente.

Experimente fazer este processo cerca de quatro vezes por dia e vai notar diferenças.

Cuide da sua saúde. Consiga aqui consultas de clínica geral, medicina dentária e especialidade médica gratuitas!

 

Veja também: