Farinha de tapioca: o que é?

Farinha de tapioca: o que é?

Descubra o que é a farinha de tapioca e quais são as suas aplicações.

A farinha de tapioca tem-se tornado bastante popular nos últimos tempos: é isenta de glúten e pode ser usada em substituição da farinha tradicional na cozinha.

A tapioca é um alimento de origem brasileira feito com a fécula extraída da mandioca, uma substância farinácea também conhecida como tapioca, goma seca, polvilho e polvilho doce.

É um alimento bastante versátil, fácil de preparar e que pode ser encontrado à venda em grande parte dos hipermercados portugueses, podendo surgir sob a forma de flocos ou de farinha de tapioca

A sua constituição é essencialmente baseada em hidratos de carbono, contendo ainda pequenas quantidades de micronutrientes como ferro, cálcio, magnésio, fósforo e potássio.

É uma das formas mais puras de amido (um tipo de hidratos de carbono) que existe, sendo pobre no que diz respeito aos restantes macronutrientes, nomeadamente, proteína e gordura.
 

Farinha de tapioca


 Em termos nutricionais, a farinha de tapioca fornece (por porção de 30 gramas):

Tudo para manter a forma
Tenha acesso às melhores dicas de nutrição! Receba já conteúdo exclusivo!
  • 100 calorias
  • 26 gramas de hidratos de carbono
  • Quantidades vestigiais de açúcares, proteína e gordura
Sendo essencialmente rica em hidratos de carbono e pobre em micronutrientes e em fibra, a questão que está certamente a colocar neste momento é… 
 

Quais os benefícios da farinha de tapioca?


1. É isenta de glúten… 

… E não só. A farinha de tapioca não contém qualquer tipo de vestígios de sementes, frutos secos ou soja, é apropriado para vegans e praticamente não contém açúcar.

Isto faz com que seja de digestão fácil e adequado para pessoas com doenças do foro digestivo como, por exemplo, doença celíaca, diverticulite ou síndrome do intestino irritável, ou para pessoas com alergias a frutos secos e/ou sementes.

É também permitido em dietas com bastante adesão atualmente, como é o caso da dieta paleolítica. 

 


2. Baixa em calorias, açúcar e gordura

Por conter pouca quantidade de proteína, açúcares e gordura possui um valor calórico reduzido e pode ser utilizado em diversas receitas saudáveis que podem ajudar na redução do peso corporal.

A utilização da farinha de tapioca pode ser uma ótima alternativa à utilização de manteiga ou equivalentes vegetais, óleos, natas ou lacticínios, sendo adequada para pessoas a seguir uma dieta hipocalórica e com outros problemas como hipertensão arterial ou alteração do perfil lipídico. 
 
 


3. Sabor e cheiro discretos

A farinha de tapioca é praticamente indetetável em preparações culinárias, o que faz com que seja utilizada tanto em pratos doces como salgados.

Tem um efeito positivo na textura das preparações, ajudando a obter uma textura estaladiça ou fazendo com que os bolos/pastéis fiquem mais esponjosos e suaves, sem, contudo, interferir com o sabor dos restantes ingredientes. 

Outras farinhas isentas de glúten, como é o caso da farinha de coco, têm um sabor bastante forte e característico, sobrepondo-se muitas vezes aos ingredientes principais das receitas. Deste modo, a farinha de tapioca pode ser uma boa alternativa.
 
 


4. Bom agente de ligação

Em comparação com outras farinhas, a farinha de tapioca absorve e retém uma grande quantidade de água, desempenhando, consequentemente, um bom papel no que diz respeito a ligar, espessar e a humidificar as preparações culinárias.

Considerando que nem sempre é fácil a obtenção de pão/ bolos/pastéis com a consistência adequada sem a ajuda do glúten (presente na farinha tradicional), utilizar a farinha de tapioca pode evitar que as preparações quebrem ou fiquem demasiado secas.

Não tem exatamente o mesmo efeito que a farinha tradicional, mas ajuda, geralmente, a que haja uma melhor ligação dos ingredientes quando comparada com outras farinhas isentas de glúten, como é o caso da farinha de amêndoa ou da farinha de coco. 
 
A farinha de tapioca pode, ainda, ser utilizada em substituição de amido de milho. Além disso, tem a vantagem de não coagular nem se desintegrar quando refrigerada ou congelada. 
 

Como utilizar farinha de tapioca em preparações culinárias?


Esta farinha isenta de glúten absorve líquidos praticamente de forma imediata, especialmente se o líquido estiver quente e for adicionado à farinha de forma lenta. Bastam umas gotas de líquido para que a farinha de tapioca se transforme numa massa suave que pode ser posteriormente utilizada, por exemplo, em receitas de pão ou bolos. 

►Veja aqui alguns exemplos de receitas com farinha de tapioca.

Note que no que diz respeito a preparações culinárias cujo objetivo é substituir a farinha tradicional, a farinha de tapioca funciona melhor quando combinada com outras farinhas isentas de glúten.
 
Saiba as melhores dicas para ficar em forma !


Veja também: