Como cuidar do cordão umbilical

Como cuidar do cordão umbilical

Cuidados essenciais para um umbigo perfeito.

Se tiver um recém-nascido, vai querer saber tudo sobre os cuidados a ter com o cordão umbilical. Descubra os gestos essenciais que deve colocar em prática.

O cordão umbilical é uma estrutura que liga o feto à placenta.

É uma espécie de via de comunicação entre o bebé e a mãe que, durante a gravidez, tem como função a nutrição e a oxigenação do sangue.

Após o parto o bebé é separado da mãe através do corte do cordão umbilical e o laço que os unia fisicamente termina. Ao que resta deste cordão, que permanece junto do abdómen do bebé até cair espontaneamente entre o 7º e o 15º dia, chama-se coto umbilical.


Vigilância redobrada


Cuidar do coto umbilical é, muitas vezes, motivo de ansiedade para os pais, quer pelo seu aspeto, consistência e por receio de magoar o bebé. No entanto, não há motivo para ter receio de mexer no cordão, pois não causa qualquer dor ou desconforto ao bebé. 

Tome nota:
A ligação que existe entre uma mãe e um filho é a mais poderosa! Receba já todas as dicas para si e o seu bebé.
Ainda assim, durante o processo de queda do coto umbilical e até estar concluída a cicatrização (aproximadamente dez dias após a queda), vão ser necessários cuidados de higiene e vigilância apropriados, uma vez que esta zona é uma fonte de infeções.




Cuidados a ter com o cordão umbilical


Recém-nascido
Os cuidados ao coto umbilical são simples e dependem de aspetos básicos como uma higiene correta das mãos de quem cuida do bebé e a observação contínua da pele ao redor do coto. Siga estes 8 gestos para proteger o cordão umbilical do seu bebé:


1. Lave sempre as mãos antes de cuidar do umbigo do bebé e depois da troca de fralda;
 
2. A limpeza do coto deverá fazer-se após o banho do bebé com uma gaze seca esterilizada. O banho deverá ser apenas com água tépida;
 
3. Limpe o coto sempre da mola para a base, com uma compressa com soro fisiológico (ou durante o banho) e sempre que este ficar sujo com urina, fezes ou com muitas secreções amareladas;
 
4. Mantenha o coto bem seco e exponha-o ao ar o máximo de tempo possível para ajudar na sua cicatrização;
 
5. A fralda deve ser dobrada na frente abaixo do coto umbilical para evitar irritação e humidade no local ou, se preferir, pode utilizar fraldas descartáveis com recorte na cintura;
 
6. Depois de o coto cair, deve continuar a secar muito bem a ferida após o banho, de forma a contribuir para a boa cicatrização;
 
7. Examine diariamente o coto umbilical e o umbigo para ver se há sinais de infeção até à completa cicatrização;
 
8. Está desaconselhado o uso de cintas à volta do umbigo do bebé.



Quando procurar ajuda médica


O cuidado com o cordão umbilical não oferece grandes dificuldades, mas a negligência da sua higiene e limpeza pode originar complicações muito graves para o bebé. 

Vigie cuidadosamente o estado do coto e verifique se este apresenta secreções purulentas, mau odor, edema, vermelhidão ou sangue. Se observar algum destes sinais, consulte o pediatra do seu filho ou peça apoio através da linha de saúde 24 (808 24 24 24), pois poderá estar na presença de uma inflamação que deve ser tratada.


Receba aqui as melhores novidades para si e para o seu bebé

 

Veja também: