Colite nervosa: o que precisa saber.

Colite nervosa: o que precisa saber.

Atenção ao stress!

A colite nervosa afeta cerca de 15% dos portugueses. Conheça os sintomas e saiba como defender-se da doença.

A colite nervosa, também conhecida como colites espástica é um doença crónica que se caracteriza por contrações musculares fortes e variáveis.

Nos casos de colite nervosa, o tecido do intestino é muito sensível e por isso é mais indefeso a quaisquer estímulos, tão simples quanto a ingestão de alimentos ou relacionados com patologias como ansiedade ou stress.



 

Quais são as causas da colite nervosa?


Dores de barriga
Proteja a sua saúde!
Receba conteúdos exclusivos e habilite-se a um check-up completo. Registe-se já!

Normalmente, a colite nervosa afeta adultos, com menos de 50 anos, e jovens, sendo que o sexo feminino é o mais afetado.

As suas causas não foram ainda cientificamente comprovadas mas crê-se que os sintomas da colite nervos surja por um aumento de sensibilidade à passagem das matérias no intestino, relacionado com: 
 
  • Stress 
  • Ansiedade
  • Consumo excessivo de álcool, refrigerantes, gorduras, produtos lácteios, café e picante
  • Infeções agudas e crónicas
  • Intoxicações alimentares.



Quais são os sintomas da colite nervosa?


Os sintomas da colite nervosa podem variar por diversos motivos, como a alimentação, os níveis de stress e ansiedade ou, inclusive, flutuar de acordo com o período menstrual. Apesar disto pode esperar sentir alguns dos seguintes sintomas: 
 
  • Cólicas
  • Diarreia
  • Prisão de ventre
  • Digestões difíceis
  • Dor ou desconforto abdominal
  • Azia
  • Mudança na forma ou consistência das fezes
  • Muco nas fezes
  • Náuseas
  • Necessidade urgente de evacuar
  • Distensão abdominal
  • Alívio da dor após a evacuação.
  • Sensação de esvaziamento intestinal incompleto após a evacuação.
  • Gases



Como tratar a colite nervosa?


Não existe um tratamento específico para a colite nervosa, porém, há alguns truques que podem ajudar a diminuir os sintomas. Quando se trata da colite nervosa, é fundamental perceber a doença para, assim, poder evitar aquilo que podem desencadear as crises.

Tratar a colite nervosa passa muito por controlar os níveis de stress e ansiedade, descansar e manter uma alimentação variada e equilibrada, tendo o cuidado de evitar os alimentos que possam resultar numa crise.

Assim, para evitar crises é fundamental que cumpra o seguinte: 
 
  • Controlar os níveis de stress e ansiedade
     
  • Dormir, pelo menos, oito horas diárias
     
  • Fazer exercício físico regular
     
  • Eliminar o consumo de drogas, tabaco e álcool
     
  • Eliminar o consumo de bebidas com gás, gorduras, picantes e produtos lácteos
     
  • Apostar numa alimentação a rica em fibras e alimentos frescos 
     
  • Consumir entre 4 a 8 colheres de farelo de trigo por dia


Já sabe que o exercício físico regular e uma alimentação equilibrada são a chave para uma vida saudável, porém, se sente algum dos sintomas descritos acima, consulte imediatamente o seu médico de família para que este lhe possa indicar o melhor tratamento ajustado ao seu caso.

 
 

Veja também: