A mundança de Catarina Cristovão: Conheça a sua história inspiradora!

A mundança de Catarina Cristovão: Conheça a sua história inspiradora!

Porque a mudança de estilo de vida vem sempre a tempo!

Catarina Cristovão partilhou connosco a sua mudança e inspirou-nos com a sua força e garra. Deixe-se inspirar também e começe já hoje a fazer a sua própria história.

Hoje vimos falar-lhe da história de mudança de estilo de vida de Catarina Cristovão, autora da página de instagram Papinha do bem para ti.

Uma mulher de 35 anos que em determinada fase da sua vida, resolveu fazer o melhor por si e conseguiu perder peso, ganhar auto-estima e acima de tudo, ganhar mais saúde e bem-estar. 

Perdeu 13kg em 9 meses de forma saudável, mudando os seu hábitos alimentares, praticando exercício físico com regularidade, sem qualquer tipo de ajuda de um profissional da área. 

ANTES DA MUDANÇA


antes da mudanca
"Considero-me uma pessoa resiliente, muito exigente comigo própria, exijo mais de mim do que das outras pessoas, não gosto de falhar, lido mesmo muito mal com as minhas falhas. Assumo que já fui uma pessoa completamente diferente da que sou hoje muito diferente em todos os aspetos. 

Há 13kg atrás (como eu costumo caracterizar), não organizava a minha alimentação e não tinha qualquer tipo de preocupação comigo mesma e para culminar a cereja no topo do bolo (bolo do mal), a minha candidatura à faculdade, tinha eu 29 anos. Trabalhar e estudar no mesmo local!

Em 2010, entrei para a faculdade, no curso de assessoria de direção e administração. A partir de aí, se antes existiam excessos, a alimentação em casa também não era muito melhor, doces, salgados, refrigerantes, fritos, estavam sempre á minha disposição.

Tendo um pai a perceber de horta, com os super alimentos no quintal e eu sem lhes dar a devida importância. Por vezes almoçava pizza e à noite era bem capaz de ir comer um belo hambúrguer com tudo o que tinha direito, ou então almoçava às 13h e depois só fazia a refeição do jantar, ou seja, estava imensas horas sem comer, o que não é saudável.

Fiz parte da associação de estudantes, da comissão de praxe e da comissão de bênção das fitas, ou seja fiz parte de tudo e negligenciei-me como pessoa, estava demasiado ocupada, era essa a desculpa. Para além disso, não praticava exercício físico.

Em 2013, na reta final do meu curso, a trabalhar de dia e a estudar á noite, com uma vida social ativa, a deitar muito tarde, acordar muito cedo, a fazer diretase e a comer mal, o corpo ou a "máquina", como eu lhe costumo chamar, ia dando sinais de que eu tinha de abrandar, mas eu não quis ouvir. 

Certa manhã estando eu com uma gripe daquelas, a tossir este mundo e o outro, mas mesmo assim sem dar parte fraca porque tinha compromissos e uma agenda para cumprir, levantei-me. Assim que meto o pé no chão só me recordo de ver a minha mãe em pânico a chamar por mim e o meu pai a falar com os bombeiros.

Diagnóstico: broncopneumonia e esgotamento, e só não fiquei internada porque jurei ao médico que me iriam emprestar a máquina de aerossóis e dessa forma ficaria em casa até novas ordens. Fiquei 3 semanas de cama sem forças para me levantar, a ver a minha vida andar para trás. 

Terminado o curso e tendo mais tempo para cuidar de mim fiquei mais dois anos a dar desculpas para manter comportamentos pouco saudáveis. 

Curiosidades: mudei de cor de cabelo, estava loura, pintei para preto. Sabia que tinha de mudar alguma coisa, só não sabia o quê e quem sofria era mesmo o cabelo, era a única coisa que eu ia mudando em mim!"


A GRANDE DECISÃO


a grande decisao de cristina cristovao
"Em Dezembro de 2015 após um novo episódio de broncopneumoniado e tendo chegado aos 70kg, tomei a grande decisao e por iniciativa própria decidi mudar por completo o meu estilo de vida!

Sempre fui uma pessoa com complexos e vergonha do corpo que tinha. Sabia que a caminhada poderia ser longa, pesquisei na internet as imensas transformações de outras pessoas e isso levou-me acreditar que era possível, se existem pessoas que perdem 20kg ou mais eu iria conseguir também. Quanto aos quilos que iria perder seria uma incógnita, mas não perdia nada em tentar!

Inseri novos alimentos na minha alimentação, alguns deles que desconhecia por completo. Comecei a comer mais verduras, mais carnes brancas, aprendi a gostar de todo o tipo de peixe, comecei a inserir sementes, os ditos super alimentos, alimentos integrais e a deixar o açúcar refinado de lado bem como a farinha de trigo.

Realizava 4 refeições diárias, todas elas tinham proteína presente. Alimentava-me de forma equilibrada e não deixei de comer hidratos de carbono, quis formatar o meu cérebro, enviar a informação certa de que não iria existir restrição, isto não seria uma dieta mas sim uma mudança para toda a vida, uma reeducação alimentar. Até, tinha direito a um dia por semana para fazer a "refeição de lixo".
 
Após diversas pesquisas confirmei com vários testemunhos de que a "refeição de lixo" é essencial para acelerar o nosso metabolismo.

Comecei por praticar exercício físico de forma regular, caminhadas, ver vídeos no youtube de yoga e a nova moda, o crossfit.

Como já tinha no passado frequentado ginásio e como tinha ainda a memória de que desisti, desta vez não queria desistir não queria falhar novamente. Decidi fazer sozinha em casa alguns exercícios e convidar amigos para irmos caminhar pelos jardins de Lisboa."


a grande mudanca exercicio



A MUDANÇA


a mudanca de cristina cristovao
"Disse adeus a 13kg, passei de um L de camisola para um S, de um 40 de calça para um 36, e mais importante que números, foi ter passado a primavera deste ano sem visitar o hospital Santa Maria, com diagnóstico de broncopneumonia, e chegar aos 35 anos com a pele da cara rejuvenescida!

Venci uma grande batalha e hoje sou uma mulher mais confiante, mais determinada e focada no que realmente mereço.

Se antes a minha frase era – eu mereço um doce agora a minha frase preferida é – eu mereço uma vida saudável com tudo o que eu decidi implementar.

Ao longo de todo o processo da reeducação alimentar, fui partilhando os meus resultados e experiências nas redes sociais, e posso afirmar que foi uma grande ajuda, era uma forma de me manter motivada, visto que existia e continua a existir sempre imensas questões da parte dos meus seguidores e imensa partilha de informação.

Sou um ser em construção, ainda não estou acabada e como tal não sou detentora da verdade absoluta, vou sempre em busca de nova informação sobre alimentação, todos os dias há mitos para serem desmistificados. "


HOJE EM DIA


hoje em dia cristina cristovao


"Devido a toda esta partilha hoje sou a autora da página de facebook papinha do bem para ti onde assumi o papel de uma entusiasta do pequeno almoço, pois como um médico um dia me disse “ devido a tensão arterial baixa, a Catarina faz parte da população que não devia sair da cama sem colocar um alimento na boca “ e sim assumo que desde que tomo um bom pequeno almoço, nunca mas fui a mesma, tenho muito mais energia e deixei de ter mau humor matinal.

Como bónus para além da partilha diária do pequeno almoço ao longo do dia vou partilhando pensamentos motivacionais e algumas refeições como sugestão. 

A minha vida deu uma volta de 180 graus, tudo mudou para melhor, a minha auto-estima melhorou, o controlo, a organização, o equilíbrio melhorou.

Quem está de fora pensa que não como doces e que não tenho vida social, mas também tenho esses momentos sim, tenho acima de tudo, equilíbrio e sou da opinião que isso é o mais importante.

Para além disso, tenho um dia por semana para realizar a chamada “refeição livre”, onde tiro folga de uma das minhas refeições saudáveis e aproveito para comer aquele alimento calórico que faz mal, mas que ainda sabe bem.

Tenho orgulho de ter uma vida equilibrada a minha disposição mudou por completo, sinto-me uma pessoa mais ativa, com energia e com muita saúde e neste momento consegui colocar o meu pai a reeducar a sua alimentação também!

Agora encontro-me com 57kg, tenho 1,59 m de altura e quando tenho tertúlias sobre estilo de vida saudável, há pessoas que começam logo a fazer contas e dizem que o meu peso ideal seria 53kg, ao que eu respondo, que eu não estou á procura do meu peso ideal mas sim á procura de ser saudável.

Em Dezembro deste ano, faço um ano de reeducação alimentar e não podia estar mais satisfeita com o resultado!"
 

CONSELHO PARA TODOS NÓS


"Sigo pessoas que têm o mesmo estilo de vida que eu, mas também sigo pessoas com problemas, isto é, que têm problemas relacionados com comida, tais como anorexia, bulimía, inclusivé pessoas com compulsões (fazem dietas loucas mas assumem que à noite sem ninguém ver comem este mundo e o outro se for preciso e que no final, de alguma forma fazem com que a comida saia novamente).

Sigo estas pessoas para ter os pés bem assentes no chão, pois é muito fácil cair na anorexia, começamos a emagrecer e se não tivermos conscientes do nosso peso, do que vemos no espelho é muito fácil cair na tentação de querer emagrecer cada vez mais e mais.

E não é esse o objetivo!

O objetivo é ser saudável"

 

E você? Passou por uma grande mudança de estilo de vida? Desafiou-se e lutou por obejtivos que nunca pensou conseguir alcançar? Contacte-nos através do e-mail adlife@addclick.pt e conte-nos a sua história!

No final a sua história de sucesso e determinação aparecerá no nosso álbum Antes e Depois do facebook e poderá ser selecionada para um artigo especial no Vida Ativa! Participe e atreva-se a inspirar os outros. 

Saiba as melhores dicas para ficar em forma !

 

Veja também: