Quebra de tensão: quais são as causas? o que fazer?

O que está na origem de uma quebra de tensão ou hipotensão arterial? Uma pressão sanguínea inferior a 90 mmHg para o número superior (sistólica) ou 60 mmHg para o número inferior (diastólica) é geralmente considerada baixa pressão arterial. Para muitas pessoas, a quebra de tensão pode causar tontura e desmaio. Cuide da sua saúde.

Quebra de tensão: quais são as causas? o que fazer?
As quebras de tensão não devem ser desvalorizadas. É importante descobrir a causa.

Uma quebra de tensão pode parecer algo simples, mas a verdade é que pode esconder mais do que, à primeira vista aparenta revelar. As causas da pressão arterial baixa podem variar de desidratação a graves distúrbios médicos.

O que é uma quebra de tensão?


quebra de tensao e valores normais de tensao

A quebra de tensão ocorre quando a pressão arterial cai a ponto de provocar sintomas como tonturas e desmaios. Uma pressão arterial muito baixa pode causar danos nos órgãos, um processo chamado choque.

Normalmente, o corpo mantém a pressão arterial num intervalo limitado. A pressão arterial ideal deve ser de 120/80 mmHg. Uma quebra de tensão para valores inferiores causa normalmente sintomas específicos.

Quais os sintomas da quebra de tensão?


tonturas

Para algumas pessoas, a pressão arterial baixa sinaliza um problema subjacente, especialmente quando ocorre uma quebra de tensão de repente ou é acompanhada por sinais e sintomas como:

  • Tontura;
  • Desmaio (síncope);
  • Visão baça;
  • Náuseas;
  • Fadiga (cansaço);
  • Falta de concentração.

A hipotensão extrema pode resultar nesta condição com risco de vida. Os sinais e sintomas neste caso incluem:

  • Confusão, especialmente em pessoas idosas;
  • Pele fria, pegajosa e pálida;
  • Respiração rápida e superficial;
  • Pulso fraco e rápido.

 

Condições que causam quebra de tensão:


gravida em final de gestacao

1 – Gravidez: É normal uma diminuição da pressão arterial com a gravidez. Por norma, retorna à normalidade após o parto.

2 – Problemas cardíacos: Algumas doenças cardíacas que podem levar à pressão arterial baixa, entre elas incluem frequência cardíaca baixa (bradicardia), problemas nas válvulas cardíacas e insuficiência cardíaca.

3 – Problemas endócrinos: Doenças da tiróide, insuficiência adrenal (doença de Addison), baixa taxa de açúcar no sangue (hipoglicemia) e, em alguns casos, diabetes, podem desencadear baixa pressão sanguínea.

4 – Desidratação: Quando o organismo perde mais água do que recebe, pode causar fraqueza, tontura e fadiga.

5 – Perda de sangue: Perder muito sangue, como uma lesão grave ou hemorragia interna, reduz a quantidade de sangue no seu corpo, levando a uma queda grave da pressão arterial.

6 – Falta de nutrientes: A falta das vitaminas B12 e ácido fólico pode prejudicar a produção de glóbulos vermelhos (anemia), causando quebra de tensão.

7 – Alteração da posição do corpo: A pressão arterial pode variar no corpo todo devido à ação direta da gravidade. Quando uma pessoa está de pé, a pressão arterial é mais alta nas pernas do que na cabeça, de forma muito semelhante à forma como a pressão da água no fundo de uma piscina é maior do que a da superfície. Quando a pessoa se deita, a pressão arterial tende a igualar-se no corpo todo. Quando a pessoa se levanta, o sangue nas veias das pernas tem mais dificuldade em  voltar ao coração. Em resposta, o coração bombeia menos sangue e a pressão arterial pode cair no corpo todo.

O que fazer em caso de quebra de tensão?


agir em caso de quebra de tensao

É muito importante saber o que fazer quando começa a ter estes sintomas de quebra de tensão:

  • Deitar-se e elevar as pernas o máximo que conseguir;
  • Colocar um pouco de sal debaixo da língua e deixar derreter;
  • Beber um café bem forte, caso não tenha outros problemas cardíacos;
  • Controlar a respiração;
  • É sempre importante pedir a ajuda de alguém, caso possa.

De qualquer modo, não deixe de consultar o seu médico para perceber qual a causa e para procurar o tratamento mais adequado ao seu caso.

Depois de conhecer o diagnóstico, o tratamento pode passar por:

  • Suspender os medicamentos que lhe podem estar a causar a baixa de tensão;
  • Prescrever alguma medicação para tratar a causa da quebra de tensão.

Veja também:

Farmacêutica Cátia Rocha Farmacêutica Cátia Rocha

Cátia Rocha é farmacêutica. Como apaixonada pela profissão, acredita na importância da educação para a saúde e num papel interventivo dos profissionais de modo a transmitir conhecimentos que considera importantes e fundamentais para o bem-estar da população. É Mestre em Ciências Farmacêuticas pelo Instituto Superior de Ciências da Saúde do Norte e exerce atualmente o cargo de farmacêutica na Farmácia Agra.