Guia de etiqueta para convidados de casamentos

Guia de etiqueta para convidados de casamentos

Estamos oficialmente na época dos casamentos!

Um guia de etiqueta para convidados e algumas sugestões de looks para arrasar nos casamentos deste verão!

Estamos oficialmente na época dos casamentos.

De Maio até Setembro, não deve haver um único fim de semana sem este tipo de cerimónias e com isso ficamos mergulhadas num grande stress.

Porque não sabemos o que vestir, o que calçar, que penteado escolher, entre muitos outros aspetos.

A escolha do coordenado a usar num casamento está dependente de uma variedade de aspetos, nomeadamente o tipo de celebração (civil, religiosa…); a hora e o local; se há dress code estabelecido, e como não podia deixar de ser qual o nosso tipo de corpo e a roupa que mais nos favorece e (não esquecer!) quanto dinheiro temos para gastar.

Como estou aqui para ajudar, deixo-vos aqui uma espécie de guia de etiqueta para convidados. Inspirem-se ainda em alguns looks selecionados e que são perfeitos para usar em contexto de casamento!
 

Guia de etiqueta para convidados


Cores

Ganhe um cartão-oferta Zara de 100€!
São 100€ em cartão-oferta para usar numa loja Zara perto de si! Clique aqui para obter o seu!

As convidadas não devem usar tons como branco ou bege, na medida em que essas cores devem ser exclusivamente usadas pela estrela da festa, a noiva.

Ainda que seja muitíssimo comum vermos convidadas de preto, trata-se igualmente de uma cor que não deve ser de todo usada num casamento, por estar associada ao luto. 

As apreciadores de tons escuros podem optar por um azul-marinho ou um verde escuro. Para quem não consegue fugir do preto, deve optar por usá-lo num estampado composto também por outras cores.
 


Hora da cerimónia 

Quanto mais tardio for o horário da cerimónia, mais longo pode ser o vestido. Quer isto dizer que se o casamento for às 18h00 pode optar-se por uma versão comprida. Quem pretender usar um vestido comprido em casamentos que acontecem de manhã ou logo ao início da tarde, deve ter a preocupação de não escolher um modelo demasiado formal e cerimonioso. A hora da cerimónia também interfere na cor da roupa.

Quanto mais cedo for o casamento, mais claros e menos sombrios devem ser os tons escolhidos. Pelo contrário, uma cerimónia tardia permite um certo arrojo ao nível dos brilhos e lantejoulas, joias mais sofisticadas ou uma maquilhagem mais carregada.
 


Acessórios 

Quanto aos sapatos, nunca devemos estreá-los no próprio dia, sob pena de sofrermos horrores, pois vamos estar muitas horas de pé e a dançar. Ainda neste campo, não é obrigatório combinar a sua cor com a cor da bolsa escolhida. Tons diferentes conferem atualidade ao look e o que importa é o que os tons dos acessórios estejam em harmonia com a cor da roupa selecionada.
 
O mesmo acontece com a gravata do par, não sendo de todo fundamental que combine com o tom da roupa que escolhemos. No que toca à bolsa, o ideal será uma clutch na qual se consiga transportar apenas aquilo que é essencial. No caso dos brincos e dos colares, procurem o equilíbrio.

Caso optem por um colar vistoso, combinem com uns brincos mais discretos e vice-versa. As luvas só se deverão ser usadas caso o dress code do evento seja white tie e deverão ser retiradas para comer e beber. Os óculos de sol podem ser usados, mas devem ser retirados em espaços fechados e durante as fotografias.
 


Chapéus

Não sendo algo típico nos casamentos em Portugal, é efetivamente um acessório que começa a ver-se cada vez mais. Mais aconselhados para madrinhas e mães dos noivos, devem ser usados apenas em cerimónias que acontecem de manhã (16h00 é o limite), pois a sua finalidade é a de proteger a cabeça do sol.

Logo, não faz sentido usar um chapéu ao final do dia ou noite. Este acessório deve ser combinado com vestidos mais curtos ou pelo joelho.



Descrição e bom senso

Sendo o protagonismo reservado aos noivos, pretende-se que apesar de tudo os convidados sejam discretos. Assim sendo, deve optar-se por modelos elegantes e sofisticados, mas sem grandes extravagâncias. Se o vestido for mais desnudado – com um decote mais fundo, costas ou ombros destapados – deve recorrer-se a uma écharpe ou a um casaco de cerimónia para tapar a pele à vista.
 


Escolher a roupa em função do tipo de corpo

Sabendo qual o nosso tipo de corpo e tendo noção das formas que gostamos menos e por isso queremos disfarçar e das curvas que mais apreciamos e por isso pretendemos destacar, mais facilmente perceberemos que modelos nos favorecem mais.

Enquanto mulheres, temos a sorte de termos à nossa disposição muitas possibilidades de escolha, desde um vestido curto ou mais comprido, um tailleur, um macacão e até mesmo um fato de calças, tecidos lisos ou com padrões geométricos, estampados florais…

A escolha é imensa! A roupa também deve ser usada em função do estilo do casamento, ou seja, se é de estilo boho, se é na praia, se é mais formal ou sofisticado.
 
Um outro detalhe importante. É muito comum optar-se por repetir o mesmo outfit de um casamento anterior. E nada contra isso, aliás revela uma atitude bem sensata. Apenas um conselho: verifiquem se os convidados não são os mesmos.
 


Penteado e maquilhagem

Neste âmbito, proponho o recurso a profissionais para garantir um resultado sem falhas.
 


Sugestões de looks para casamentos



 
Ganhe já um cartão - oferta Zara no valor de 100€ !



 

Veja também:

Sofia Graça Sofia Graça

Sofia Graça é consultora de imagem com mais de uma década de experiência na área da comunicação empresarial. Responsável pelo projeto PLUM Image Consulting, é licenciada em Jornalismo e Ciências da Comunicação, tem uma Pós-Graduação em Comunicação Empresarial pela Porto Business School e uma formação em Consultoria de Imagem pela Blossom - Image Consulting School.