Glicemia sob controlo

Glicemia sob controlo

Aprenda a gerir os seus níveis de açúcar no sangue.

Medir os níveis de glicemia com regularidade é fundamental para manter a diabetes sob controlo. Saiba como gerir os seus níveis de açúcar no sangue.

A glicemia representa os níveis de glicose (açúcar) que o sangue de cada pessoa apresenta.

Para saber se a diabetes está controlada é importante fazer a medição dos valores de açúcar no sangue e assegurar-se de que a sua glicemia se mantém dentro do intervalo de valores de referência normais.

Esta medição é também um poderoso aliado para ajudá-lo a perceber o que faz alterar os seus níveis de glicemia e como é que deve agir perante essas variações. Saber o que afeta os seus níveis é uma parte essencial de uma boa gestão da diabetes.

Vigie a sua glicemia em 4 passos


Medir glicemia
Proteja a sua saúde!
Receba conteúdos exclusivos e habilite-se a um check-up completo. Registe-se já!


Aprender a gerir a glicemia e a diabetes pode ser uma tarefa complicada no início. Existem quatro passos que podem ajudar a controlar os seus níveis de glicose e reduzir o risco de complicações:
 

1. Monitorize regularmente os seus níveis de glicemia para que possa dar resposta a quaisquer alterações. A melhor forma de saber se os seus valores estão controlados é através de testes de glicemia capilar diários, a vulgar picada no dedo, e várias vezes ao dia se for caso disso;

2. Tome corretamente a medicação que o seu médico lhe prescreveu;

3. Opte por uma alimentação mais saudável;

4. Aumente a sua atividade física.


Valores de referência a alcançar


Apresentar valores da glicemia fora do padrão normal - tanto acima (hiperglicemia) como abaixo (hipoglicemia) -, acarreta graves consequências para a saúde, daí a importância do seu controlo.

Os níveis de açúcar no sangue devem ser medidos em jejum e após as refeições. Os valores podem oscilar em função de cada caso, mas, de uma forma geral, considera-se normal uma glicemia entre 70mg/dL e 110 mg/dl se a medição for efetuada em jejum e entre 110 e 140 mg/dl depois das refeições.

Já para a maioria das pessoas que têm diabetes, os valores considerados normais e apontados como as metas a atingir de um modo geral são os seguintes:
 
  • Em jejum: entre 80mg/dL e  110 mg/dL.
  • Após as refeições: menos de 145 mg/dL.

Quando os valores estão abaixo de 70 mg/dL, fala-se de hipoglicemia ou “baixa de açúcar”, uma situação que pode ser perigosa e é de evitar. Por sua vez, um valor igual ou superior a 200 mg/dL é considerado demasiado elevado, correspondendo àquilo a que se chama hiperglicemia.


► Saiba mais sobre os valores de referência da glicemia aqui.


Regularidade da picada no dedo


A frequência com que devem ser feitos os testes de glicemia depende do tipo de diabetes, da terapêutica, da idade e das capacidades da pessoa, mas também pode variar com as alterações no estilo de vida, como a alimentação, a prática de atividade física ou até horários de trabalho. 

Geralmente, os diabéticos insulinodependentes com dificuldade em controlar os níveis de glicose devem fazer medições diárias da glicemia, de forma a adaptar a dose de insulina ao longo do dia. No entanto, as pessoas que controlam a diabetes com medicação oral ou dieta podem não precisar de fazer esta medição diariamente.

Fale com o seu médico sobre o intervalo de valores de glicemia mais adequado para si e com que frequência deverá fazer as medições.



Evite as variações abruptas de glicemia


Existem algumas medidas que se pode adotar para tentar evitar as variações dos níveis de açúcar no sangue. Entre elas encontram-se as seguintes:
 
  • Tente manter a sua rotina e horários de refeições e de prática de exercício físico;
     
  • Não se esqueça de tomar a medicação;
     
  • Verifique os níveis de glicemia de acordo com as indicações do seu médico e partilhe os registos com ele;
     
  • Tenha sempre consigo alguns pacotes de açúcar, comprimidos de glucose ou gel de glucose para poder tratar a hipoglicemia caso ocorra.
 
 

Veja também: