15 Alimentos antioxidantes que deve consumir com regularidade

15 Alimentos antioxidantes que deve consumir com regularidade

Insira estes alimentos na sua alimentação para uma vida mais longa e saudável

Existem alimentos que, ingeridos diariamente, podem fazer a diferença na sua saúde. Encontre aqui os 15 alimentos antioxidantes que deve consumir com regularidade!

Já lhe explicamos aqui o poder dos antioxidantes, mas existem certos alimentos que contém quantidades elevadas de antioxidantes e que, por isso, devem ser consumidos com maior regularidade. Insira-os na sua alimentação e terá uma vida mais longa e saudável. 

Alimentos antioxidantes

Consulta Gratuita de Nutrição
Perca peso de forma saudável e não o volte a ganhar! Fale já com a nutricionista online!
 

1. Chá Verde

O chá verde liberta um antioxidante chamado catequina, com propriedades anti-inflamatórias e anti-cancerígenas. Esta bebida contém ainda outro antioxidante - epigalocatequina galato (EGCG) - que ajuda a aumentar a saúde cardiovascular e pode ajudar a reduzir o risco de aparecimento de alguns tipos de cancro. 

Para além disso, acelera o metabolismo, ajudando a um gasto de calorias maior, ideal para quem pretende perder peso. Independentemente de querer, ou não, perder peso, pode sempre trocar o café pelo chá verde, o seu sistema imunitário agradece!
 



2. Tomates 

Para além de ricos em betacarotenos e em vitamina C, os tomates, quando cozinhados, são ainda uma fonte extremamente importante de um antioxidante chamado licopeno. 

De acordo com alguns estudos realizados, esse antioxidante pode ajudar a reduzir a incidência de alguns tipos de cancro, como o do pâncreas e o do estômago. 
 



3. Amêndoas

As amêndoas são ricas em Vitamina E, um antioxidante que ajuda a manter as artérias livres de radicais livres, aumentando o desempenho da memória e cognitivo e, por isso, deve ser um alimento a incluir diariamente na sua alimentação. 

Estudos efetuados afirmam ainda que indivíduos que tenham consumido 20 amêndoas por dia, cerca de 14 miligramas da vitamina E, após expostos aos raios UV ficaram menos queimados do que os indivíduos que não as ingeriram. 

Se ainda não ficou convencido, saiba ainda que este alimento ajuda também a diminuir o colesterol bem como o açúcar no sangue, e a reforçar o crescimento muscular e os níveis de testosterona.
 



4. Espinafres

Repleto de potássio e magnésio, os espinafres são uma das principais fontes de luteína, o antioxidante que ajuda a prevenir a obstrução das artérias. 

Este alimento ajuda ainda a reduzir o risco de tumores de pele, bem como a lutar contra o cancro do cólon e a melhorar a densidade mineral óssea. Um sem número de benefícios neste alimento! 
 



5. Batata Doce


A batata doce ajuda a combater os efeitos maléficos do tabaco, bem como a prevenir a diabetes, pois contém um antioxidante chamado glutationa, que ajuda a reforçar o sistema imunológico. Para além disso, uma ingestão regular deste alimento ajuda a proteger de doenças hepáticas, Alzheimer e ataque cardíaco.

A batata doce contém ainda um elevado teor de vitamina C, o que, de acordo com alguns estudos, estimula a produção de colagénio, suavizando as rugas. 
 



6. Chocolate Negro

Uma boa notícia para os amantes do chocolate! Por conter uma maior quantidade de cacau, o chocolate negro está repleto de antioxidantes e, por isso, pode (e deve!) incluí-lo na sua alimentação com uma maior regularidade, mas sem exageros! 
 



7. Frutos em baga

Os mirtilos, as amoras e as framboesas são frutos pouco calóricos mas, para além das fibras e de diversas vitaminas, contêm grandes quantidades de antioxidantes. Não é por acaso que são as fontes de antioxidantes mais na moda.



8. Vinho Tinto

Ingerido em quantidades moderadas o vinho tinto pode ser extremamente benéfico para a saúde, diminuindo o mau colesterol, aumentando o bom e prevenindo ou retardando o aparecimento de doenças crónicas. 

O vinho tinto é ainda constutuído por flavonóides, que ajudam a proteger o revestimento dos vasos sanguíneos no coração, diminuindo drasticamente a possibilidade de morte por doenças cardiovasculares. 


 


9. Atum

O atum é um alimento que ajuda a evitar que os radicais livres causados pela exposição aos raios UV danifiquem as células e, para além disso, ajuda a manter uma pele lisa e firme. 
Este alimento ajuda ainda a diminuir o mau colesterol e os triglicéridos e, a aumentar o bom colesterol. Procure ingerir este alimento, bem como outro tipo de peixes gordos, pelo menos três vezes por semana. 
 



10. Maçãs


Ingerir uma maçã diariamente ajuda a reduzir inchaços, graças a um flavonóide chamado quercetina. A quercetina reduz ainda o risco de cancro do pulmão, da próstata, ataques cardíacos e doenças como Parkinson e Alzheimer.

Opte pelas vermelhas, pois contém mais antioxidantes. 
 



11. Canela


Os antioxidantes presentes na canela inibem a coagulação do sangue, bem como o desenvolvimento bateriano. A canela ajuda ainda a estabilizar o açúcar do sangue, bem como o mau colesterol, devendo, por isso, ser consumida diariamente. Acrescenta ainda a característica de ser um alimentos termogénico, que ajuda a aumentar o metabolismo e a queimar mais calorias.

Acrescente metade de uma colher de chá a um iogurte ou aos seus cereais. 
 



12. Feijão preto

Os antioxidantes presentes no feijão preto ajudam a melhorar a função cerebral como nenhum outro tipo de feijão. 

De acordo com alguns estudos, os indivíduos que ingerem diariamente uma dose de 100 gramas deste tipo de feijão reduzem o risco de ataque cardíaco em 38%, o que significa que o feijão preto é extremamente benéfico para o coração.
 



13. Figos

Cheios de antioxidantes, de potássio e de manganês, os figos são ótimos para ajudar a controlar os níveis de pH do corpo, dificultando assim a invasão de agentes patogénicos. A fibra presente neste alimento ajuda ainda a baixar os níveis de açúcar e insulina no sangue, reduzindo o risco de diabetes. 

Opte por figos com pele escura, pois contêm mais nutrientes e acompanhe-os com frutos secos. 
 



14. Ananás e abacaxi

Estas frutas exóticas são um poderoso mix de antioxidantes, vitaminas e enzimas, sendo um poderosíssimo cocktail anti-inflamatório para todas as partes do corpo. 

Protege ainda do cancro do cólon, bem como da artrite e, por isso, procure ingerir uma fatia média de ananás ou abacaxi, duas a três vezes por semana.
 



15. Cogumelos

Os cogumelos são alimentos ricos em antioxidante ergotionina, protegendo as células do crescimento e de réplicas anormais, ou seja, reduzindo o risco de cancro. O ideal será sejam consumidos uma ou duas vezes por semana. 

Experimente cozinhá-los em vinho tinto. Esta bebida contém resveratrol, que ajuda a amplificar o efeito fortalecedor do sistema imunológico. 
 




Veja também: