Tudo sobre a 2ª fase da dieta de Ágata Roquette

Tudo sobre a 2ª fase da dieta de Ágata Roquette

Saiba o que pode ou não comer na segunda fase da dieta dos 31 dias.

A dieta dos 31 dias continua a ser um sucesso. Se está a pensar seguir esta dieta saiba mais sobre a segunda fase. 
 

Não é segredo que a dieta dos 31 dias tem muitos seguidores. A dieta criada pela nutricionista Ágata Roquette baseia-se nas dietas Atkins e South Beach (dietas proteicas), mas caracteriza-se por estar adaptada aos hábitos alimentares dos portugueses. Esta não é, de resto, a primeira vez que aqui falamos da dieta dos 31 dias. Depois de uma visão geral, também já lhe falamos mais detalhadamente da primeira fase e agora é chegada a vez de falar da segunda das quatro fases que completam a dieta dos 31 dias.

Consulta Gratuita de Nutrição
Perca peso de forma saudável e não o volte a ganhar! Fale já com a nutricionista online!

Fase 2: em que consiste?

É a fase intermédia. À semelhança da primeira fase, tem uma duração prevista de 15 dias, embora deva prolongar-se até atingir o peso pretendido. A perda de peso semanal estimada é de um a dois quilos (tanto em homens como mulheres).

Durante a segunda fase a perda de peso é menor do que na primeira fase (onde se podem perder entre dois a três quilos, no caso das mulheres, ou quatro a cinco, no caso dos homens), visto que se verifica a reintrodução de alguns hidratos de carbono na alimentação, ainda que com algumas restrições. Quanto aos alimentos permitidos e/ou proibidos não há grandes novidades, apenas a sopa e a fruta que passam a integrar a alimentação (mas de forma gradual).

E claro, não falta o Dia da Asneira, onde tem permissão para comer de tudo.


O que pode comer?

Pois bem, além da lista de alimentos permitidos da fase um (onde constam, por exemplo: carnes magras; peixes, mariscos e moluscos; conservas de atum (em água ou azeite); ovos; enchidos (como fiambre ou mortadela de peru ou frango, paio do lombo, presunto sem gordura, etc.); verduras e legumes (com exceção dos que constam da lista dos alimentos proibidos); gelatina; água ou temperos e especiarias) passam ainda a ser permitidos, mas em quantidades controladas:
  1. Fruta (nomeadamente: uma maçã, uma pera, uma laranja ou um pêssego; ou dois kiwis ou duas tangerinas; a fruta deve ser consumida após o almoço ou jantar ou entre as refeições, mas sempre acompanhada de um iogurte ou queijo e nunca isolada);
  2. Sopa (deve ser introduzida ao jantar, devendo definir três noites por semana para comer apenas sopa ao jantar; a sopa deve ser preparada usando apenas os legumes permitidos).


Quais os alimentos excluídos nesta fase?

São exatamente os mesmos da fase 1, com exceção da fruta e da sopa. Também a banana, embora seja fruta, fica de fora, por ter um elevado índice glicémico.  

 

Veja também: