Saiba mais sobre a homeopatia

Saiba mais sobre a homeopatia

Uma medicina alternativa e complementar.

A homeopatia é considerada uma medicina alternativa, que atua de forma preventiva, curativa e pode complementar a medicina tradicional.

A homeopatia chegou a Portugal, pela primeira vez, em 1827, com publicações de artigos e teses de doutoramento sobre a prática. Em 1853 surge a primeira enfermaria homeopática em Coimbra e em 1859 o primeiro consultório, em Lisboa. É em 1987 que é constituída a Sociedade Portuguesa de Homeopatia e, em 2006, a prática da homeopatia passa a estar regulamentada. Ao contrário do que se pensa, a homeopatia não é um novidade dos tempos modernos. 

Princípios da Homeopatia


Em 1796, Samuel Hahnemann, um médico alemão formado na Universidade de Leipzig, desenvolveu a homeopatia que fundou em três princípios: 


1. Princípio da similitude ou lei da analogia


Este princípio determina que aquilo que provoca uma doença também a pode curar. Ou seja, a partir das substâncias ativas que provocam determinada doença, são criados medicamentos homeopáticos que a curam.


2. Princípio da infinitesimalidade


A partir de doses muito pequenas e muito diluídas das substâncias que provocam as doenças, é possível tratar o paciente de forma segura, sem substâncias tóxicas. Para chegar a este estado mas mantendo as suas propriedades curativas, é necessária uma agitação, à qual chamam dinamização, para assim obter energia pura.

Calcule já o seu IMC
Antes de experimentar uma nova abordagem é importante garantir que a sua saúde está em primeiro lugar. Fale com o nosso especialista!

3. Princípio da globalidade


A homeopatia encara o paciente como um todo, analisa a sua constituição, o seu temperamento e as suas reações patológicas. Privilegia os medicamentos pela sua qualidade, não pela quantidade, ou seja, usam a energia da matéria, não a massa.

A homeopatia baseia-se na lei de conservação da energia de Einstein: numa reação nuclear, ao desparecer uma massa M, surge uma quantidade de energia E. Conclusão: quanto mais se divide a matéria, mais energia obtém.


Como funciona a homeopatia?


Para a homeopatia o equilíbrio do paciente é vital para a sua vida, assim, o tratamento é global e não apenas focado nos sintomas ou nas doenças. De acordo com a homeopatia, as doenças são resultado de um desequilíbrio interno que se manifesta de várias formas ao longo da vida. Recuperar o equilíbrio é o objetivo. 

A homeopatia é considerada como uma especialidade complementar que pode auxiliar e potenciar os tratamentos da medicina tradicional e, em alguns casos, já se revelou mais eficaz do que aqueles.

Os especialistas consideram a homeopatia uma boa aliada no tratamento de doenças alérgicas, como a rinite, doenças do aparelho respiratório, como otites, gripes, asma, rouquidão, assim como problemas psicológicos relacionados com stresse ou ansiedade.

Por ajudar a reforçar o sistema imunitário, a homeopatia pode contribuir para prevenir algumas doenças, como por exemplo, gripes ou constipações no inverno.


Veja também: