Os principais erros ao correr

Os principais erros ao correr

Conheça os principais erros cometidos pelos corredores.

Porque até os mais elementares erros podem ter consequências, o melhor é aprender a identificá-los para os prevenir ou corrigir. 

Seja um maratonista ou corredor de fim de tarde, o mais certo é que a determinada altura cometa alguns erros (dos que vamos enumerar a seguir), que podem até provocar-lhe algumas lesões. Mas não se preocupe são todos fáceis de corrigir. Ora veja. 
 

Os 7 principais erros ao correr


Já tem o seu plano de treinos?
Obtenha já o seu plano de treinos personalizado e atinja os seus objectivos! Fale com o nosso personal trainer e receba o seu plano de treinos.

1. Usar calçado desadequado 

Neste caso pode acontecer uma de duas situações possíveis. Ou escolhem o tipo de calçado errado para a modalidade ou usam calçado já desgastado. Além de causar desconfortos ainda pode originar lesões. 

2. Usar as roupas erradas 

E depois dos sapatos, não podíamos esquecer as roupas. Pode não ser fácil – dada a vasta escolha ao seu dispor – mas deve ter cuidado ao escolher a roupa mais adequada para a corrida, especialmente para usar durante o Outono ou a Primavera, estações em que as variações de temperatura são mais elevadas. Procure aconselhamento nas lojas especializadas. 

3. Não fazer uma avaliação física 

São muitos os que decidem começar a correr de um dia para o outro, sem qualquer tipo de preparação ou avaliação prévia. Mas antes de calçar as suas sapatilhas e sair a correr para a rua o melhor é procurar conhecer as suas capacidades e (até) limitações. Pelo menos uma vez por ano procure um médico e peça uma avaliação. Assim pode adaptar o seu treino às suas aptidões e obter melhores resultados. 

4. Não prestar atenção aos sinais 

Diz o ditado que “quem corre por gosto, não cansa”, mas – verdade seja dita – não é bem assim. E se lhe disserem que é preciso “sofrer” para obter resultados, não acredite, porque possível evoluir sem extravasar as suas capacidades. Aliás, é imperativo que esteja atento aos sinais do seu corpo e que os respeite. Se sente dores, por exemplo, o melhor é abrandar o ritmo ou, mesmo, suspender o treino e (se necessário) consultar o seu médico, para perceber a origem dessas dores. Só assim pode evitar problemas mais graves (como contraturas ou distensões musculares, por exemplo). 

5. Correr em jejum 

É certo que não deve comer um banquete antes de ir correr, mas também não deve fazê-lo de estômago vazio. Para praticar qualquer atividade física necessita de energia e para isso precisa de se alimentar. Praticar desporto em jejum não só compromete o seu desempenho, como pode originar problemas de saúde. E opções leves e nutritivas não faltam. Pode até ver algumas das nossas sugestões para um pequeno-almoço saudável

6. Não se hidratar durante a corrida 

A hidratação é fundamental, mas há quem a descure. Durante o treino deve beber água, para fomentar a hidratação corporal e também proteger e a lubrificar os músculos e articulações. Desta forma reduz o risco de sofrer com cãibras ou contusões musculares, por exemplo. 

7. Correr mesmo estando lesionado 

Há quem não consiga parar, ou pelo menos que pense assim. Mas se estiver lesionado o melhor é parar e recuperar totalmente da lesão ou arrisca-se a agravar o problema. 


Veja também: