O que é a ansiedade?

O que é a ansiedade?

As causas, os sintomas e os cuidados.

A ansiedade é a resposta do seu cérebro a situações de perigo ou ameaça. Mas pode ser mais do que isso. Esteja atento aos sinais.

A ansiedade resulta do medo. Sempre que temos medo de alguma coisa, sentimo-nos ansiosos. Seja medo de começar um novo projeto, medo do desconhecido ou medo de um rato, por exemplo. É nestas situações que a ansiedade se manifesta. Ora, isto tanto pode ser bom quanto mau. Por um lado, mantém-nos alerta, por outro pode ser de tal modo intenso que se torne um fardo demasiado pesado. É nestes casos que deve consultar um especialista.
 

O que é a ansiedade?


A ansiedade é uma perturbação mental que se pode revelar de várias formas. O pânico, a ansiedade social, a ansiedade generalizada, o distúrbio obsessivo-compulsivo, os traumas e as fobias.
 

Quais são as causas da ansiedade?


É difícil definir as causas da ansiedade porque ela resulta do significado que damos aos nossos pensamentos e da intensidade da nossa preocupação. Por exemplo, um artista antes de subir ao palco está ansioso, o receio de se enganar ou do público não reagir, pode provocar aquilo que chamamos “nervoso miudinho”. Mas, se os seus medos o impedem de fazer qualquer coisa, como andar de elevador, falar em público, dormir uma noite tranquila ou a sair de casa, então estamos a falar de algo mais.
 
Quais são os sintomas da ansiedade?

Se fica em pânico depois de uma situação difícil, tem uma sensação permanente de que algo ruim pode acontecer, está sempre preocupado com o que disse, com o que deve fazer ou não fez, então, talvez seja mais ansioso do que a norma. Estes são alguns dos sintomas que pode sentir:
 
  • Fadiga
  • Insónia
  • Falta de ar
  • Preocupação e medo exagerados
  • Falta de controlo sobre pensamentos
  • Formigueiro nas mãos e nos pés
  • Confusão
  • Tonturas, vertigens ou sensação de desmaio
  • Contrações ou tremores incontroláveis
  • Tensão muscular, dores
  • Dores no peito e palpitações
  • Dificuldade em engolir
  • Sensação de ter um "nó" na garganta
  • Dificuldades para relaxar
  • Afrontamentos, arrepios, suores, frio, mãos húmidas, boca seca
  • Vómitos
  • Necessidade urgente de obrar ou urinar
 

Como se trata a ansiedade?


Na nossa sociedade, uma pessoa preocupada e que está sempre “em cima de tudo” é apreciada e elogiada, contudo, essa preocupação constante pode estar associada, por exemplo, à ansiedade generalizada. Como a ansiedade se manifesta de várias formas, a opção mais prudente passa sempre por consultar um especialista. O tratamento pode passar psicoterapia, medicação ou ambos.
 
Uma dica: aprender algumas técnicas de relaxamento, de gestão de tempo, de assertividade, de afirmação pessoal e até a prática de exercício físico regular podem ajudar a libertar-se um pouco e dar-lhe ferramentas para se focar no aqui e agora.
 

Dicas saudáveis para combater a ansiedade.


Reforçamos que é fundamental e imprescindível ser seguido pelo seu médico, contudo, lá diz o ditado “an Apple a day, keeps the doctor away”. Neste caso, não são exatamente maçãs mas sugerimos alguns alimentos que ajudam a combater a ansiedade
 
  • Citrinos
  • Leite, ovos e derivados magros
  • Hidratos de carbono na forma mais simples e integrais
  • Banana
  • Carne (brancas e magras) e peixe
  • Chocolate
  • Espinafre


Veja também: