Publicidade:

Como sabe que tipo de ovos está a comer? Nós ensinamos a reconhecer!

Quer saber que tipo de ovos está a comer? Leia este artigo e aprenda a interpretar a informação que nos facultam. A partir de hoje vai saber o que come.

Como sabe que tipo de ovos está a comer? Nós ensinamos a reconhecer!
Saiba mais sobre os ovos que come.

Para além de conhecer nutricionalmente os alimentos que comemos, existem vários outros fatores que devem ser compreendidos. Neste artigo vai poder saber como reconhecer que tipo de ovos está a comer.

Os ovos são alimentos que fazem parte da alimentação da maior parte das pessoas e merecem destaque. Muito rico do ponto de vista nutricional, o ovo é rico em proteínas de qualidade, com valores de gordura saturada relativamente baixos, e um valor energético moderado (cerca de 80 kcal por ovo). Para além disso, este alimento tem elevado teor de vitaminas e minerais indispensáveis ao correto funcionamento do organismo.

Tipo de ovos: o que nos diz a casca?


tipos de ovos codigo na casca

Os ovos podem ser produzidos de acordo com diferentes aspetos e isso está refletido nos códigos que se encontram na casca dos ovos, remetendo para qual a sua origem e as condições em que as galinhas foram criadas. Saber ler estes códigos permite-nos saber que tipo de ovos estamos a comprar, permitindo-nos contribuir para o consumo de produtos baseados na sustentabilidade e mais saudáveis.

Veja a lista que se segue, que lhe explica exatamente a que corresponde cada número e letra que vê na casca dos ovos.

1. Modo de criação

O primeiro dígito do código na casca dos ovos corresponde ao modo de criação das galinhas. Pode encontrar-se um dos seguintes quatro algarismos:

  • Código “3” – Sistema de gaiolas convencionais: este tipo de ovos é o mais comum de encontrar e o mais barato. As galinhas que originam este tipo de ovos são então criadas em gaiolas, em condições de espaço, luz, alimentação, higiene e temperatura definidas legalmente, no sentido de garantir as condições básicas de bem-estar do animal, sem nunca esquecer a máxima produtividade.
  • Código “2” – Produção no solo: neste caso, as galinhas são criadas em espaços limitados, como extensos galinheiros ou pavilhões, onde a densidade de galinhas é cerca de 10 por metro quadrado, com manjedouras e bebedouros separados. Uma vez que nestes dois casos existe um elevado número de galinhas próximas entre si, o bico destes animais é geralmente cortado, no sentido de evitar situações de ataque entre galinhas ou auto-mutilação, pois pode verificar-se um comportamento alterado perante situações de stress.
  • Código “1” – Produção ao ar livre: as galinhas criadas ao ar livre pernoitam ou abrigam-se em locais idênticos aos referidos no código “2”; no entanto também existe um espaço exterior com acesso praticamente contínuo, sendo a densidade de galinhas 4 por metro quadrado.
  • Código “0” – Produção biológica: em situações de produção biológica, as galinhas encontram-se nas mesmas condições físicas do código “1”. No entanto, a alimentação fornecida às galinhas é diferente, provindo maioritariamente da agricultura biológica.

2. Estado-membro

Seguidamente ao primeiro dígito do código na casca dos ovos, surgem duas letras, que correspondem ao código do estado-membro. Por exemplo, no caso de ovos produzidos em Portugal, irá encontrar as letras PT.

3. Direção Regional de Agricultura e Pescas

Seguidamente ao primeiro dígito e às duas letras, irá surgir um mais um dígito, que indica qual a Direção Regional de Agricultura e Pescas que supervisiona a exploração de onde os ovos são originários, de acordo com a área geográfica.

4. Código da exploração

Por fim, após o dígito relativo à Direção Regional de Agricultura e Pescas, surge o código da exploração, composto por três dígitos separados por um hífen do dígito anterior.

5. Data de validade

Para além deste código, composto pelas quatro vertentes já referidas, a data de validade também deverá constar na casca do ovo. O local onde surge pode variar, mas não irá encontrá-la incluída no código explicado.

Tipo de ovos: o tamanho


tipo de ovos tamanho dos ovos

Todos já nos deparamos com diferentes tamanhos de ovos no momento em que os vamos comprar. Os ovos podem ser classificados em duas categorias, A ou B.

Os de categoria B são utilizados apenas industrialmente, pelo que os que encontramos à venda para consumo próprio são da categoria A.

Veja a tabela seguinte, onde se encontram as diferentes classes de ovos dessa categoria e qual o peso a que cada uma corresponde.

Classe

Peso (gramas)

XL (gigante)

maior ou igual a 73 g

L(grande)

entre 63 e 72 g

M (médio)

entre 53 e 62 g

S (pequeno)

menor ou igual a 52 g

Para além do interessante valor nutricional, os ovos são alimentos de baixo custo e com grande versatilidade culinária, podendo ser incluídos em inúmeros pratos. Assim, conhecer o tipo de ovos que está a comprar é determinante, já que o ovo é um alimento com grande interesse de ser incluído na nossa alimentação diária, exceto em situações de saúde contraditórias ou regimes alimentares como o veganismo.

Agora que sabe interpretar o tipo de ovos que compra, pode fazer uma escolha mais consciente, procurando os produtos que fizerem mais sentido para si.

Veja também:

Nutricionista Carolina da Costa Arcanjo Nutricionista Carolina da Costa Arcanjo

Mulher, tripeira e Nutricionista (C.P. 2181N). É licenciada em Ciências da Nutrição pela Universidade Católica Portuguesa e autora do blog "Comer para crer". Desenvolveu atividade em várias áreas da Nutrição, mas a paixão pela área clínica e pela comunicação tem prevalecido.

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].