Snacks pouco saudáveis que estão a prejudicar a sua dieta

Snacks mesmo ingeridos entre as refeições principais em pequenas quantidades, não significa que não sejam uns snack pouco saudáveis, pois a sua composição nutricional vai-se refletir na sua saúde, independentemente da quantidade. Alimentos simples como frutos secos podem estar a comprometer a sua alimentação.

Snacks pouco saudáveis que estão a prejudicar a sua dieta
Snacks com excesso de sal, gordura e açúcar são as principais preocupações.

Existem snacks pouco saudáveis que podem estar a comprometer a sua dieta.

Muitos dos lanches considerados por muitos como “saudáveis” na verdade podem não o ser, seja devido ao seu teor de açúcar e/ou gordura escondida, quantidade de conservantes ou outro tipo de condimentos.

A facilidade com que são transportados, o delicioso sabor e também o preço, são algumas das razões que tornam os snacks muito apelativos e imprescindíveis no dia-a-dia de muitas pessoas.

De facto, os snacks são uma boa escolha para dar uma energia extra ao organismo, mas para isso é preciso saber escolhê-los e saber distinguir os snacks saudáveis dos snacks pouco saudáveis.

Os principais snacks pouco saudáveis que deve evitar


1. Frozen yogurt ou iogurte gelado

snacks pouco saudaveis e iogurte gelado

Embora o iogurte gelado seja delicioso e esteja cada vez mais presente no mercado, faz parte dos alimentos pouco saudáveis que usualmente são ingeridos como alternativas saudáveis.

Apesar de muitas vezes se ouvir que quase não possuem gordura, isso não significa que podem ser ingeridos à vontade, até porque estão carregados de açúcar (por cada 100g de iogurte, 24g de açúcar!).

Pior será a escolha se adicionar os famosos toppings de chocolate, caramelo, leite condensado, manteiga de amendoim ou doce de ovos.

2. Frutos secos salgados

frutos secos salgados

Os frutos secos fazem parte da maioria das marmitas que se levam para o trabalho e já é difícil passar um dia sem pegar em meia dúzia de nozes ou amêndoas.

No entanto, é importante referir que as alternativas salgadas disponíveis nas superfícies comerciais não são as melhores.

Prefira sempre as opções neutras e evite todas as outras, sejam elas salgadas ou com adição de doces.

3. Granola

tigela de granola

A granola é, para muitas pessoas, sinónimo de pequeno-almoço e lanche saudável.

De facto, a granola tem muitos ingredientes bons, como é o caso da aveia e dos frutos secos, e ainda nos oferece uma boa quantidade de fibra. No entanto, é confecionada com outros extras, normalmente mel e outros açucares que transformam a granola num alimento bastante doce, e consequentemente mais saboroso e mais calórico.

Antes de comprar este produto ‘’saudável’’, certifique-se que lê correctamente o rótulo e escolhe a versão com baixo teor calórico, baixo teor de açúcar e alto teor de fibras.

4. Sumos de fruta

sumos de fruta concentrada

O que acontece muitas vezes é que existem sumos de fruta que não são nada mais do que bebidas de frutas concentradas com adição de açúcar, e por esse motivo tornam-se snacks não saudáveis.

Ao escolher este snack, escolha um sumo 100% de fruta que não tenha mais açucares adicionados e dessa forma terá uma alternativa mais saudável.

5. Barras de proteína

barras de proteina

Existem muitos tipos de barras de proteína, mas muitas delas podem surpreender pela negativa e por isso inserem-se no grupo de snacks pouco saudáveis.

Se pegar no rótulo de algumas marcas, verá na informação nutricional que cada barra possui mais de 200 calorias, mais do que 8g de açúcar e ainda bastantes ingredientes artificiais por ser um alimento processado.

Nestes casos, está a ingerir uma barra com mais proteína que o normal, e não uma alternativa saudável para um snack.

6. Tortilhas de arroz/milho

tortilhas de arroz

As tortilhas de arroz ou milho podem parecer a própria definição de um snack saudável, mas não é bem assim.

Embora não sejam portadoras de uma grande quantidade de calorias, são ricas em hidratos de carbono que podem aumentar seus níveis de açúcar no sangue. Além disso, se se escolher uma marca com aromatizantes, também se estará a consumir sal e açúcar extra.

7. Fruta desidratada

fruta desidratada

A fruta desidratada pode ser um bom snack, mas apenas até certo ponto.

Nem tudo o que está à venda é verdadeiramente uma opção saudável. Se por um lado existem frutas desidratadas que são apenas fruta, existem outras opções no mercado onde são adicionadas grandes quantidades de açúcar para contrabalançar com a acidez que a fruta adquire com o processo de desidratação.

Por esse motivo, é importante que antes de comprar, consulte sempre o rótulo dos alimentos para conferir a adição de açúcar ou não das frutas desidratadas.

8. Café

cafe em grao

O café faz parte da rotina de muitos portugueses, sendo quase obrigatório nas pausas a meio da manhã ou meio da tarde.

Mesmo sendo uma excelente forma de obter energia com a hipótese de não ter calorias (se não colocar açúcar), o café é também um snack que assume o papel de “enganar” o estômago. Isto é, mais tarde quando chegar a hora da refeição vai ter mais fome e vai comer mais quantidade de alimentos.

Veja também:

Cofidis