Sementes de cânhamo: o superalimento que faz jus ao nome

As sementes de cânhamo são dos melhores alimentos que se conhecem e com mais nutrientes e benefícios para a nossa saúde, daí a designação "superalimento".

Sementes de cânhamo: o superalimento que faz jus ao nome
Sementes nutritivas que vai querer experimentar.

As sementes de cânhamo são as sementes da planta do cânhamo, Cannabis sativa. São excecionalmente nutritivas e ricas em gorduras saudáveis, proteínas e vários minerais, tal como a maioria das sementes que ouvimos falar hoje em dia.

De facto, as sementes fazem cada vez mais parte de uma dieta saudável, devido a todos os seus benefícios, mas também porque são alimentos extremamente ricos em nutrientes.

Fique a saber tudo sobre estas sementes em seguida.

Composição nutricional das sementes de cânhamo


sementes de canhamo

As sementes de cânhamo são uma excelente fonte de proteína vegetal. Cerca de 30% da sua constituição é proteína, mas contém outros nutrientes essenciais.

Estas sementes são uma das poucas plantas que são fontes completas de proteínas, o que significa que contêm todos os aminoácidos essenciais que o corpo não pode produzir.

Além disso, estudos também mostraram que a qualidade proteica das sementes de cânhamo é melhor do que a maioria das outras fontes de proteína vegetal.

Mas vamos olhar para a sua composição em macro e micronutrientes. Uma porção de sementes de cânhamo, aproximadamente 30 gramas, contém:

  • Energia: 155 kcal
  • Fibra: 1,1 gramas
  • Proteína: 8,8 gramas
  • Gordura polinsaturada: 10,7 gramas

O magnésio, a tiamina e o zinco são alguns dos micronutrientes que se encontram presentes numa boa quantidade nesta semente.

Potenciais benefícios das sementes de cânhamo


1. Podem reduzir o risco de doenças cardiovasculares

prevencao de doencas cardiovasculares

As doenças cardiovasculares são a causa número um de morte em todo o mundo, por isso, tudo aquilo que se puder fazer para evitar sofrer deste tipo de problemas, é bem-vindo.

As sementes de cânhamo podem reduzir o risco de doença cardíaca através de vários mecanismos:

  • Contêm quantidades elevadas do aminoácido arginina, que é usado para produzir óxido nítrico no corpo, uma molécula que faz com que os vasos sanguíneos se dilatem e relaxem, levando à diminuição da pressão arterial e à redução do risco de doença cardíaca;
  • O ácido gama-linolénico, ómega-6, encontrado nas sementes de cânhamo, também tem sido associado à redução da inflamação, o que pode diminuir o risco de doenças como doenças cardíacas.

2. Podem melhorar os problemas da pele

pele saudavel

Os ácidos gordos podem afetar as respostas imunológicas no organismo, e isso pode estar relacionado com o equilíbrio dos ácidos gordos ómega-6 e ómega-3, que no caso das sementes de cânhamo apresentam uma proporção de 3:1 de ómega-6 a ómega-3, que é considerada ideal.

O óleo de sementes de cânhamo tem a capacidade de melhorar os níveis sanguíneos de ácidos gordos essenciais nas pessoas que sofrem de eczema e ainda aliviar os seus sintomas, aliviar a pele seca, evitar a comichão e reduzir a necessidade de produtos específicos para a pele.

3. Podem reduzir os sintomas da tensão pré-menstrual (TPM) e da menopausa

mulher em menopausa

Este benefício está intimamente relacionado com as mulheres, visto serem as únicas que vivenciam estas situações.

Até 80% das mulheres em idade reprodutiva sofrem de sintomas físicos ou emocionais causados ​​pela TPM, sendo estes sintomas causados pela sensibilidade à prolactina.

O ácido gama-linolénico encontrado nas sementes de cânhamo, produz prostaglandina E1, que reduz os efeitos da prolactina. Por esse motivo, a ingestão deste tipo de sementes onde estão presentes estes ácidos gordos resultam na diminuição significativa dos sintomas.

O que também beneficia da presença de ácidos gordos, são os sintomas da menopausa, os desequilíbrios hormonais e a inflamação associada à menopausa.

4. Podem ajudar na digestão

digestao mal feita

A fibra é uma parte essencial da dieta e está associada a uma melhor saúde digestiva e as sementes de cânhamo são uma boa fonte de fibras solúveis e insolúveis.

A fibra solúvel forma uma substância semelhante a um gel no intestino. É uma fonte de nutrientes para as bactérias digestivas benéficas e também pode reduzir picos de açúcar no sangue e regular os níveis de colesterol.

A fibra insolúvel, por sua vez, acrescenta volume à matéria fecal e pode ajudar a comida e o lixo a passar pelo intestino. Consumir fibra insolúvel também tem sido associado a um risco reduzido de diabetes.

No entanto, sementes de cânhamo descascadas contêm muito pouca fibra, porque a casca rica em fibras foi removida.

Como inserir as sementes de cânhamo na alimentação


oleo de canhamo

As sementes de cânhamo podem ser aplicadas em várias formas na culinária:

  • Compre barras de cereais feitas com sementes de cânhamo para um lanche rápido;
  • Use óleo de semente de cânhamo para fazer molho para as suas saladas;
  • Polvilhe algumas sementes em saladas, aveia ou iogurte;
  • Adicione sementes de cânhamo a produtos de panificação, como bolinhos de trigo integral;
  • Compre pão de sementes de cânhamo;
  • Coloque sementes nos seus batidos preferidos

É fácil de utilizar as sementes de cânhamo na nossa alimentação diária e os alimentos à venda nos supermercados também podem contê-las.

Em suma…


Embora as sementes de cânhamo não tenham sido populares até recentemente, são um alimento com um excelente valor nutricional: ricas em gorduras saudáveis, proteína de alta qualidade e vários minerais.

No geral, as sementes de cânhamo são saudáveis, e isso reflete-se nos benefícios que traz ao organismo.

As sementes de cânhamo são um dos poucos superalimentos que são realmente dignos da sua reputação.

Veja também: