Scottish Fold: tudo o que precisa de saber sobre esta raça

O Scottish Fold está cada vez mais nas bocas do mundo. Com os seus grandes olhos, formato arredondado e as características orelhas dobradas, é muitas vezes chamado de “gato coruja”, mas, devido a esta sua aparência atraente, há questões importantes a ter em conta. Como animal de estimação, é um companheiro dócil, mas independente.

Scottish Fold: tudo o que precisa de saber sobre esta raça
O Scottish Fold dificilmente passa despercebido.

Originário da Escócia, o Scottish Fold é uma raça que sofreu uma mutação genética natural, responsável pelas suas orelhas inclinadas para a frente e encostadas à cabeça. É daí que vem o seu nome: “fold” significa dobrar em inglês.

O cruzamento entre dois Scottish Fold de orelhas dobradas nunca deve acontecer, devido ao perigo de se criarem problemas hereditários de atrofia óssea, mas o gene que provoca a sua principal característica é dominante e, por isso, estes gatos podem acasalar com raças de orelhas direitas.

Também existe uma variedade de pelo comprido, o Highland Fold, mas é muito menos vulgar.

Características gerais do Scottish Fold


Grupo: Gatos de pelo curto

País de Origem: Reino Unido (Escócia)

Porte: médio

Peso ideal: de 2,5kg a 6kg

Cor: Existem várias cores e padrões, incluindo preto, azul, vermelho, crem, branco, prateado fumado, dourado fumado, tartaruga e tabby. Não são aceites as cores chocolate e lilás, e o padrão siamês.

Esperança Média de Vida: de 12 a 15 anos

Preço médio: de 650€ a 1200€

 

Características específicas do Scottish Fold


Os Scottish Fold são conhecidos pelas suas poses estranhas. Não é incomum vê-los a dormir de barriga para cima, sentados sobre as suas coxas como um Buda ou de pé sobre as patas traseiras, entre outras posições peculiares.

Embora sejam apegados à família, estes gatos prezam o seu espaço e gostam de desfrutar dos seus breves momentos de independência. Silencioso, o Scottish Fold mia pouco e o seu tom de voz é discreto e suave, mesmo quando as fêmeas estão com o cio.

Desde que tenham o gene dominante, os gatinhos podem nascer com as orelhas retas ou já com uma certa dobra, que se desenvolve ao longo dos três primeiros meses de vida.

Energia
Inteligência
Tolerância ao frio
Tolerância ao calor
Cuidados de higiene
Queda de pelo
Tendência para problemas de saúde
Facilidade de aprendizagem
Socialização com crianças
Socialização com estranhos
Socialização com cães
Socialização com gatos

Fases da vida do Scottish Fold


Bebé

0 – 12 meses

Adulto

12 meses – 11 anos

Idoso

11 – 15 anos

 

Físico do Scottish Fold


scottish fold

O Scottish Fold apresenta uma aparência redonda e volumosa em todas as partes do seu corpo, que é compacto e sólido. A cabeça é um desses casos, com maçãs do rosto arredondadas, testa abaulada e uma ligeira depressão frontal nasal.

Os membros são curtos e robustos, com coxas musculosas. Mas a característica mais notável deste gato são as orelhas pequenas, afastadas e de ponta arredondada, que podem dobrar-se para a frente como um boné ou ser completamente espalmadas. Os olhos são grandes, bem abertos e afastados.

Temperamento do Scottish Fold


A raça apresenta um comportamento equilibrado, tranquilo e não dominante, assumindo-se como a companhia ideal para pessoas de todas as idades. Também é capaz de tolerar e conviver com outros animais, mas pode mostrar uma personalidade independente e silenciosa, não necessitando de atenção constante.

O Scottish Fold raramente fica nervoso e confia inteiramente nos seus donos. Este gato não é nem muito agitado, nem muito parado, preferindo por diversas vezes ficar no colo a brincar do que correr loucamente pela casa atrás de um objeto.

Problemas de Saúde do Scottish Fold


Ossos e cartilagens

  • Osteocondrodisplasia (quando os ossos e cartilagens crescem anormalmente).
  • Artrite.

Ouvidos

  • Otites.
  • Surdez.

Coração

  • Cardiomiopatia.

Rins

  • Síndrome renal policística.

 

Cuidados a ter com o Scottish Fold


Unhas

  • Corte-as de duas em duas semanas.

Ouvidos

  • Devido à posição dobrada das orelhas, os ouvidos do Scottish Fold tendem a acumular cera e outras impurezas, pelo que devem ser limpos semanalmente.

Pelo

  • Para o Scottish Fold de pelo curto, basta escovar uma vez por semana; a variedade de pelo comprido – Highland Fold – já exige duas escovagens semanais.

 

Origem do Scottish Fold


Acredita-se que os antepassados da raça tenham chegado à Escócia, vindos da China, no fim do século XIX. Mas a história do Scottish Fold só começa verdadeiramente no início da década de 60 do século seguinte, quando uma gata branca de orelhas dobradas chamada Susie foi encontrada numa quinta na zona de Coupar Angus, no leste escocês.

Numa das suas ninhadas, surgiram dois bebés com as mesmas características da mãe, que depois foram cruzados com outros gatos por um pastor intrigado. Este confirmou então que o gene causador dessa mutação genética era dominante, mas também se descobriu que poderia originar anomalias ósseas graves e, por causa disso, o Conselho de Governadores do Clube de Felinicultura do Reino Unido travou o seu registo.

Na década de 70, os americanos conseguiram retomar a criação ao cruzar o Scottish Fold com outras raças, evitando estes problemas genéticos. O cruzamento com o Persa, por exemplo, deu origem à variedade de pelo comprido Highland Fold.

Curiosidades sobre o Scottish Fold


A popularidade do Scottish Fold tem vindo a crescer tanto que a CFA (Cat Franciers’ Association) considerou-a a 10ª raça mais amada da América em 2014. As celebridades também contribuíram para este fenómeno. Taylor Swift tem duas gatas, chamadas Olivia Benson e Meredith Grey, e Ed Sheeran possui um exemplar a que deu o nome de Calippo (como o gelado, “porque derrete o coração”).

Peter Gethers, um conceituado editor norte-americano, passou uma década a escrever sobre a vida do seu gato Norton, um Scottish Fold. A trilogia The Cat Who Went to Paris (1990), A Cat Abroad (1993) e The Cat Who’ll Live Forever (2001) foi um sucesso.


Conheça mais raças de gatos:

Todas as raças de gatos

Todas as
raças de gatos

Raças de gatos sem pelo

Raças de gatos
sem pelo

Raças de gatos de pelo curto

Raças de gatos
de pelo curto

Raças de gatos de pelo longo

Raças de gatos
de pelo longo

Mafalda Braga Mafalda Braga

Depois da licenciatura em Comunicação Social e Cultural e do mestrado em Media e Jornalismo, tirados na Universidade Católica Portuguesa, fez um estágio na extinta Rádio Clube Português e outro na Revista Máxima, onde ficou a trabalhar durante cinco anos e meio. Passou ainda pela Revista Must, suplemento do Jornal de Negócios, e atualmente é jornalista freelancer. Além desta área, tem uma grande paixão por cinema, viagens, animais e comida, de preferência com muito sol a acompanhar.

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].