Retinopatia Diabética: problema ocular comum em diabéticos

A retinopatia diabética é uma complicação da diabetes que afeta os olhos e uma das principais causas de cegueira nos adultos. Fique a conhecer este problema.

Retinopatia Diabética: problema ocular comum em diabéticos
A retinopatia diabética manifesta-se mais cedo no caso da diabetes tipo 1 do que na diabetes tipo 2.

A retinopatia diabética é uma doença que afeta os pequenos vasos da retina, região do olho responsável pela formação das imagens enviadas ao cérebro.

O aparecimento deste problema está relacionado principalmente com o tempo de duração da diabetes e com o descontrolo dos níveis de glicemia.

Quando a diabetes não está controlada, a hiperglicemia (glicemia elevada) desencadeia várias alterações no organismo que, entre outros danos, levam à disfunção dos vasos da retina.

COMO SURGE A RETINOPATIA DIABÉTICA?


retinopatia diabetica

A retinopatia diabética geralmente afeta ambos os olhos e, se não for diagnosticada e tratada precocemente, pode levar a cegueira irreversível.

Esta doença é provocada por alterações nos vasos sanguíneos de uma parte do olho chamada retina. Os vasos alterados deixam sair líquido e sangue para a retina levando à diminuição da visão. Em alguns casos desenvolvem-se ainda vasos anormais na retina, os quais são muito frágeis e sangram facilmente causando lesão e perdas de visão.

No entanto, o aparecimento ou progressão da doença pode ser prevenido pelo controlo adequado dos níveis de glicose no sangue. Além disso, exames oftalmológicos regulares são essenciais para detetar complicações oculares decorrentes do diabetes e permitir o início dos tratamentos, o mais cedo possível.

QUAIS SÃO OS SINTOMAS DA RETINOPATIA DIABÉTICA?


problemas com a visao

Podem não surgir sintomas na fase inicial da doença. Conforme a doença progride, os sintomas da retinopatia diabética podem incluir:

  • Pontos negros ou flutuantes no campo de visão;
  • Visão turva;
  • Visão de cores prejudicada;
  • Dificuldade em ler, conduzir e até reconhecer pessoas;
  • Áreas escuras ou vazias na visão;
  • Flashes de luzes;
  • Perda de visão.

 

COMO É O TRATAMENTO DA RETINOPATIA DIABÉTICA?


tratamento retinopatia diabetica

A retinopatia diabética não tem cura. Contudo, se for tratada de forma adequada é possível reduzir a perda de visão.

Um dos tratamentos disponíveis na retinopatia diabética é o laser árgon. Este tratamento provoca a destruição dos vasos sanguíneos anormais que se formam na retina.

É ainda possível recorrer à injeção intravítrea. Este tratamento consiste na injeção intraocular de compostos que vão impedir o desenvolvimento de vasos anormais na retina.

A cirurgia (viterctomia) poderá também ser equacionada, permitindo remover o sangue que pode sair dos vasos da retina para a parte central do olho (humor vítreo).

No entanto, o tratamento primordial da retinopatia diabética tem como objetivo controlar a glicemia e a pressão arterial.

É muito importante manter os seus níveis de açúcar no sangue e a pressão arterial controlados, pois vai impedir que a doença se torne mais grave.

PREVENÇÃO DA RETINOPATIA DIABÉTICA


oftalmologista

A maioria dos doentes com retinopatia diabética não sente nenhuma alteração até a doença já estar muito avançada, sendo muitas vezes tarde demais para recuperar a visão perdida.

Na presença da diabetes, ser regularmente seguido por um oftalmologista é crucial para controlo e prevenção da retinopatia diabética.

Todos os doentes com diabetes devem fazer anualmente um exame ocular para rastreio de retinopatia diabética.

Um diabético, pode ajudar a prevenir ou retardar o desenvolvimento desta doença com as seguintes medidas:

  • Adesão à terapêutica: cumprir as tomas e horários estipulados pelo médico na medicação prescrita;
  • Controlo alimentar: corrigir e adaptar a dieta à doença, optando por uma alimentação saudável e diversificada, evitando os doces;
  • Fazer exercício físico regularmente;
  • Controlar com regularidade a pressão arterial;
  • Evitar o álcool e fumar.

Veja também:

Farmacêutica Cátia Rocha Farmacêutica Cátia Rocha

Cátia Rocha é farmacêutica. Como apaixonada pela profissão, acredita na importância da educação para a saúde e num papel interventivo dos profissionais de modo a transmitir conhecimentos que considera importantes e fundamentais para o bem-estar da população. É Mestre em Ciências Farmacêuticas pelo Instituto Superior de Ciências da Saúde do Norte e exerce atualmente o cargo de farmacêutica na Farmácia Agra.