Relacionamento no trabalho: quais as razões que o tornam tão provável?

Os romances no trabalho são parte da vida de uma empresa e proibir a vontade dos colaboradores nunca resolveu nenhum problema. Sendo esta uma realidade tão comum, importa perceber quais as características que propiciam o início de um relacionamento no trabalho. Fique a saber tudo sobre esta temática e o porque de acontecer.

Relacionamento no trabalho: quais as razões que o tornam tão provável?
Porque é que muitas relações profissionais se tornam românticas?

Sempre que duas pessoas se associam para alcançar um objetivo comum, forma-se um relacionamento único. O esforço, a intensidade do trabalho, o tempo despendido e a união criam uma potente combinação. A conexão alcançada pode levar à intimidade, dando início a um relacionamento no trabalho.

A energia criada através dos esforços combinados pode ser realmente surpreendente e pode levar à conclusão de que há algo de especial e único na parceria.

O nascimento de um relacionamento no trabalho


relacionamento no trabalho

Com a consolidação da relação de trabalho, os receios vão diminuindo e as pessoas tendem a envolver-se mais afincadamente na tarefa de trabalho que têm em mãos e na relação com os colegas de trabalho: se até então cumpriam um horário específico podem deixar-se ficar até mais tarde; uma pessoa que habitualmente tinha o cuidado de manter uma maior distância dos colegas pode alargar a intimidade e a confiança.

Apimente a sua relação!
Dê o boost que precisa à sua relação com o estimulante sexual certo. Encontre aqui!

A intensidade criada por determinada situação de trabalho, o tempo em conjunto, as informações partilhadas, os sentimentos de apego e unidade podem ser suficiente para causar confusão e, um ou ambos os colegas podem subitamente começar a considerar o outro de ponto de vista mais íntimo.

Alguns estudos mostram que o local de trabalho é onde grande parte dos casais se forma. Tal facto não é estranho já que o local de trabalho dá as pessoas a oportunidade de se conhecerem realmente e de desfrutarem de tempo em conjunto mesmo antes de assumir qualquer relação a dois.

Por outro lado, se pensarmos bem, o tempo de contacto com os colegas de trabalho é muitas vezes maior do que com a nossa própria família. É natural que com tanto tempo passado em conjunto se partilhem muitas informações e confidências, se descubram inúmeras características e gostos em comum, se aprenda a admirar o outro e que a atração e a paixão surjam.

4 Fatores que propiciam um relacionamento no trabalho


colegas de trabalho

1. Proximidade

Tendemos a apaixonar-nos pelos colegas de trabalho porque eles estão sempre próximos de nós. É natural que quanto maior for a nossa proximidade com alguém, maiores sejam os nossos sentimentos por essa pessoa.

2. Segurança

Passamos tanto tempo com os colegas de trabalho que acabamos por ficar a conhecê-los bastante bem: ficamos a conhecer como lidam com o stress, como decorreram as suas relações amorosas anteriores, e quais os seus gostos e preferências. Conhecer tão bem alguém dá uma grande sensação de segurança e familiaridade.

3. Semelhanças

Temos tendência a aproximar-nos de pessoas com interesses, atitudes e valores semelhantes. O trabalho propicia que identifiquemos o que temos em comum devido à quantidade de tempo que passamos com os nossos colegas.

4. Estimulação

Os locais de trabalho podem ser estimulantes, desafiadores, dinâmicos, estimulantes e criativos. Por outro lado, podem ser maçadores, rotineiros, solitários, frustrantes e aborrecidos. De qualquer das formas são benéficos para o romance. Quando o ambiente de trabalho é intenso, seja por que motivo for, partilhamos esses sentimentos com a pessoa que está mais próxima de nós, que geralmente é um colega de trabalho.

Conclusão…


De facto, tendemos a adotar determinados hábitos com os nossos colegas de trabalho, tais como compartilhar informações pessoais e diversos momentos de lazer. Quando estabelecemos empatia com um colega em particular é fácil que pensemos que nos estamos a apaixonar e que esse colega de trabalho é uma pessoa especial na nossa vida.

Apesar da existência de um relacionamento no trabalho ser bastante comum, este pode acontecer em diferentes circunstâncias. Por vezes, apesar de julgarmos que nos estamos a apaixonar, a aproximação a determinado colega pode dever-se a outras razões, nomeadamente à insatisfação com uma relação amorosa fora do local de trabalho, que nos leva a pensar que o colega de trabalho é mais recetivo e disponibiliza mais do seu tempo para nos dar atenção.

A sua relação já não é o que era? Escolha aqui o estimulante sexual à sua medida e sinta a diferença!

Veja também:

Psicóloga Ana Graça Psicóloga Ana Graça

Mestre em Psicologia, pela Universidade do Minho, com a dissertação “A experiência de cuidar, estratégias de coping e autorrelato de saúde”. Especialização (Pós-Graduada) em Neuropsicologia Clínica, Intervenção Neuropsicológica e Neuropsicologia Geriátrica. Membro efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses, com especialidade em Psicologia Clínica e da Saúde e Neuropsicologia. Para além da Psicologia é apaixonada por viagens, leitura, boa música, caminhadas ao ar livre e tudo o que proporcione felicidade!