Publicidade:

Se a sua relação não está bem, isto é o que pode estar a faltar!

Falta de confiança, falta de intimidade, desejo de maior proximidade… Acha que a sua relação não está bem? Então fique atento aos principais problemas para saber como melhorar.

 
Se a sua relação não está bem, isto é o que pode estar a faltar!
Saiba quais os principais problemas das relações atuais.

“Ele não fala comigo e não diz o que está a pensar.”

“Ele já me mentiu e não sei como voltar a confiar.”

“Sinto que não sou uma prioridade, que ele não se preocupa comigo.”

“Ela está sempre a fazer perguntas, sobre tudo!”

“Ela não confia em mim e pede sempre para ver o meu telemóvel e quer saber sempre onde e com quem estou.”

“Sinto que ela me quer controlar.”

Se já ouviu ou colocou algumas destas questões, então saberá que a sua relação não está bem e, se acha que vale a pena salvar o relacionamento, deverá perceber a origem ou origens do problema e tentar resolvê-los, mesmo que isso implique terapia de casal.

A sua relação não está bem? Estes podem ser os motivos


relacao nao esta bem e traicao

Uma relação próxima e íntima proporciona uma oportunidade ideal para que muitas das necessidades emocionais essenciais de ambos os parceiros sejam atendidas. Porém nem tudo corre como se espera e os problemas surgem. Estes são 23 sinais de que a sua relação não está bem.

Apimente a sua relação!
Dê o boost que precisa à sua relação com o estimulante sexual certo. Encontre aqui!

  • Traição / infidelidade, o que inclui infidelidade emocional, quebra de confiança, mesmo que tenha sido apenas uma vez, flirts inocentes, relacionamentos virtuais;
  • Problemas sexuais, particularmente perda de libido e incerteza sobre a sua sexualidade ou a sexualidade do seu parceiro;
  • Diferenças significativas nos valores e crenças fundamentais;
  • Encontram-se em diferentes estágios ou etapas da vida;
  • Eventos traumáticos e / ou de mudança de vida;
  • Respostas a períodos prolongados de stress, seja relacionado ao trabalho, doenças de longa duração, problemas de saúde mental, problemas financeiros, problemas com as crianças, infertilidade…
  • Sente-se aborrecido, desmotivado ou pouco interessado no relacionamento;
  • Lidar com um parceiro ciumento;
  • Violência doméstica, que inclui abuso verbal e físico;
  • Achar que estão a ir demasiado rápido ou que casaram muito cedo;
  • Falta de responsabilidade de um parceiro em relação a finanças, crianças, saúde e muitas outras questões;
  • Expetativas irrealistas em relação aos comportamentos e atitudes do parceiro;
  • Adições – abuso de substâncias, jogos de azar, sexo…
  • Confiança excessiva nas redes sociais, em detrimento do relacionamento;
  • Falta de apoio em momentos particularmente difíceis;
  • Manipulação ou envolvimento excessivo nas suas relações com familiares e / ou amigos;
  • Falta de comunicação sobre questões importantes;
  • Divisão deficiente das tarefas e responsabilidades;
  • Falta de preocupação, cuidado e consideração para com o outro;
  • Desvantagens e traumas pessoais significativos que levam a uma mudança na dinâmica de relacionamento;
  • Depressão a longo prazo ou outros problemas de saúde mental sofridos por um parceiro – ou ambos;
  • Diferenças significativas de opinião sobre como disciplinar ou lidar com as crianças;
  • Um parceiro que não apoia a companheira como deveria durante a gravidez e após o nascimento do bebé.

Se fez check a vários destes itens, então é um sinal de que a sua relação não está bem e deverá ter uma conversa honesta, franca e cândida com o seu parceiro de modo a conseguirem resolver todas as questões a ultrapassar, mesmo que isso implique provocar ajuda de terceiros.

A sua relação já não é o que era? Escolha aqui o estimulante sexual à sua medida e sinta a diferença!

Veja também:

Mónica Carvalho Mónica Carvalho

Mónica Carvalho é licenciada em Jornalismo e Ciências da Comunicação, com Pós-Graduação em Comunicação, Assessoria e Marketing. Vê na produção de conteúdos uma forma de tornar o mundo um lugar mais interessante, curioso e acessível. Os livros, filmes, séries, música, desporto e, acima de tudo, as histórias das pessoas inspiram-na a querer sempre fazer mais e melhor.

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].