Receitas de açordas para vários palatos

De carne, peixe ou legumes há receitas de açordas para todos os gostos. Temos algumas sugestões para si, para se deliciar e fazer as delícias dos seus.

Receitas de açordas para vários palatos
Já foram em tempos a “sopa dos pobres”, hoje em dia podem ser ricas e requintadas, repletas de sabor.

Quantas receitas de açordas conhece? A pergunta pode parecer despropositada, mas saiba que há várias receitas ao seu dispor.

A açorda é um daqueles pratos tipicamente portugueses (mais concretamente alentejanos) que na sua simplicidade é uma complexidade de sabor.

Originalmente, a tradicional açorda alentejana terá surgido no século VII, por ocasião das invasões árabes. Terá tido por “inspiração” um prato árabe chamado tharid, que era feito com pão desfeito num caldo de água aromatizada e com ervas e azeite. Na sua história, a açorda começou por ser um prato de camponês, algo a que se pode chamar uma “sopa dos pobres”, mas nos dias de hoje está longe de ser assim.

A tradicional açorda não só é um prato típico e muito apreciado por pessoas de qualquer extrato social, como as suas muitas variações podem dar-lhe um toque mais rico e requintado. Seja a tradicional receita de pão em água quente, alho, azeite, coentros ou poejo e ovo ou a outras propostas a que se pode juntar carne, peixe ou legumes, sejam as receitas mais simples ou mais compostas, certo é que às açordas não falta sabor.

E para si temos várias receitas de açordas a que não vai querer resistir.

4 Receitas de açordas tradicionais e deliciosas


1. Açorda alentejana

acorda alentejana
bragagourmet.wordpress.com

Nada como começar pela receita mais tradicional e foi isso mesmo que encontramos no site Cozinha Tradicional.

– Ingredientes –

  • 1 molho de coentros ou de poejo
  • 1 c. de sopa (bem cheia) de sal grosso
  • 1,5 l de água a ferver
  • 4 c. de sopa de azeite
  • 4 dentes de alho
  • 4 ovos
  • 400g de pão caseiro (duro)

– Modo de preparação –

  1. Num almofariz, esmague totalmente os coentros ou os poejos, juntamente com os dentes de alho e o sal grosso.
  2. Num tacho, escalfe os ovos em água a ferver. Depois, retire da água e reserve. Reserve também a água da cozedura dos ovos.
  3. Coloque a pasta que obteve no almofariz numa terrina ou numa taça, regue com o azeite e escalde com a água onde escalfou os ovos.
  4. Mexa a açorda com uma fatia de pão grande. Prove com a fatia de pão que usou para mexer e, se necessário, retifique os temperos.
  5. Introduza o pão no caldo e, se pretender que o pão amoleça, tape a açorda.
    Os ovos pode coloca-los tanto no prato como sobre a sopa, na terrina.

2. Açorda de bacalhau

acorda de bacalhau
24kitchen.pt

É outra das opções de receitas de açordas mais tradicionais mas que certamente nunca desilude os amantes desta iguaria. A receita é do 24 Kitchen.

– Ingredientes –

  • 1 posta grande de bacalhau
  • 1 litro de água
  • 2 pães alentejano, com 2 dias
  • Azeite, sal e vinagre q.b.
  • 5 dentes de alho
  • 1 molho de coentros
  • 1 tomate maduro
  • 2 ovos

– Modo de preparação –

  1. Comece por cozer o bacalhau e depois separe em lascas e reserve a água de cozedura.
  2. Corte o pão alentejano em fatias (migue grosseiramente) e reserve.
  3. Depois, num tacho, aqueça azeite. Junte os dentes de alho esmagados e alguns pés de coentros cortados e deixe fritar um pouco.
  4. Corte aos cubos um tomate maduro e junte ao refogado. Mexa para tomar sabor e fritar também. Tempere com sal e pimenta e continue a mexer.
  5. De seguida, junte o bacalhau em lascas e as fatias de pão migadas grosseiramente. Mexa para incorporar no refogado e junte o caldo na medida pretendida de acordo com a consistência que pretende dar à sua açorda. Se pretende uma açorda mais aguada deve juntar mais caldo.
  6. Quando levantar fervura, junte dois ovos e tape. Deixe que escalfem em lume médio durante cerca de cinco minutos.
  7. Quando estiverem no ponto, regue com um fio de vinagre, um fio de azeite e polvilhe com folhas frescas de coentros.

3. Açorda de camarão e amêijoa no pão

Acorda de camarao e ameijoa no pao
omeutempero.blogspot.pt

Do blog O Meu Tempero chega mais uma sugestão de açorda cheia de sabor.

– Ingredientes –

  • 1 pão alentejano grande
  • 250g de miolo de amêijoa congelada
  • 350g miolo de camarão (pode ser congelado – tamanho 80/100)
  • 3 dentes de alho grandes laminados
  • 2 tomates pelados em conserva picados
  • 6 c. de sopa do sumo do tomate pelado
  • Cerca de 500ml do caldo da cozedura do camarão e amêijoa
  • 1 molho (pequeno) de coentros frescos picados
  • 2 gemas de ovo
  • Sal, pimenta moída e azeite q.b.

– Modo de preparação –

  1. Corte topo do pão cuidadosamente. Retire todo o miolo e leve o pão a torrar em forno médio, com a porta entreaberta, durante alguns minutos até ficar bem estaladiço.
  2. Coza o miolo de camarão e amêijoa em água temperada com sal. Escorra e reserve o caldo da cozedura.
  3. Adicione parte do caldo ao miolo de pão, que retirou anteriormente. Reserve o restante caldo, caso seja necessário.
  4. Num tacho grande coloque os alhos com um fio de azeite e deixe fritar um pouco.
  5. Depois acrescente o tomate pelado e o sumo do tomate e deixe reduzir durante alguns minutos.
  6. Junte o pão ao tomate e envolva bem até estar desfeito. Se necessário junte mais caldo.
  7. Retifique o tempero de sal e pimenta.
  8. De seguida, junte o camarão, as amêijoas e os coentros picados, reservando algumas folhas dos coentros para decorar na hora de servir.
  9. Junte as gemas e envolva bem. Deixe um minuto em lume médio, mexendo sempre, para cozer as gemas (se preferir, pode misturar na hora de servir, sem levar ao lume).
  10. Decore com as folhas de coentros e sirva de imediato e no próprio pão.

4. Açorda de ovas e espargos

Acorda de ovas e espargos
asreceitasdatiagui.blogspot.pt

Como dissemos receitas de açordas não faltam. E há para agradar os mais variados palatos. Esta, do blog As Receitas da Tia Gui, é apenas mais um de muitos exemplos.

– Ingredientes –

  • 500g de ovas de bacalhau ou de outro peixe a gosto
  • 6 fatias de pão (pode ser pão alentejano)
  • 1 ou 2 dentes de alho
  • 2 ou 3 c. de sopa de azeite
  • 1 ovo
  • Coentros picados, pimenta, água e sal q.b.
  • Tomate ou polpa de tomate q.b. (opcional)

– Modo de preparação –

  1. Coza as ovas em água temperada com sal (se quiser pode também juntar um dente de alho, uma folha de louro e coentros). Quando as ovas estiverem cozidas retire da água, remova a pele que as envolve e corte às fatias (não muito finas). Reserve a água da cozedura.
  2. Arranje os espargos. Coloque num tacho com água a ferver e quando a água voltar a levantar fervura retire e corte aos pedaços.
  3. Corte também o pão aos pedaços para dentro da água da cozedura das ovas e deixe amolecer um pouco.
  4. Entretanto pique os alhos para dentro de um tacho. Junte o azeite e deixe aquecer, tendo o cuidado para não deixar queimar os alhos. Se quiser uma açorda de tomate, pode juntar o tomate ou a polpa de tomate nesta fase e deixe cozinhar um pouco.
  5. Escorra um pouco o pão e coloque no tacho deixando ferver. Vá pressionando com uma colher para desfazer o pão o mais possível. Vá juntando água da cozedura das ovas até obter a consistência desejada.
  6. A meio do processo (antes de terminar a água da cozedura das ovas) acrescente os espargos e deixe cozer.
  7. Depois, quando já tiver a consistência desejada e os espargos cozidos (al dente), junte as ovas e mexe-se de modo a esmagá-las um pouco.
  8. Junte também os coentros picados, a pimenta e o ovo ligeiramente batido e envolva durante alguns segundos.

Bom apetite!

Veja também: