Prevenir e tratar a prisão de ventre na Gravidez

Durante a gravidez, diversos fatores contribuem para a obstipação da grávida. Saiba como prevenir e tratar a prisão de ventre na gravidez.

Prevenir e tratar a prisão de ventre na Gravidez
Estratégias que deve adoptar em caso de obstipação durante a gravidez.

A prisão de ventre na gravidez é uma situação frequente e muito comum na gravidez, afetando cerca de 40% das mulheres grávidas.

As causas mais comuns prendem-se com alterações hormonais inerentes ao ciclo de vida presente, suplementação de ferro e, numa fase posterior, a expansão do útero pode criar alguma pressão intestinal e contribuir para a presença de obstipação na mulher grávida.

A saúde intestinal é fundamental para o bem-estar na gravidez e estudos revelam que a microbiota intestinal na grávida pode ter influência na microbiota do feto.  Esta condição é modulável ao longo da gravidez, nomeadamente através de uma alimentação cuidada e rica em fibras.

Uma alimentação desiquilibrada, além de agravar a obstipação,  está relacionada com o aparecimento de doenças inflamatórias intestinais, obesidade, diabetes, entre outras. Além disso, poderá também influenciar de forma negativa a saúde do bebé.

Nutrição e Prisão de Ventre na Gravidez: recomendações


1. Alimentação

alimentacao e prisao de ventre na gravidez

Quanto à alimentação, tome nota das seguintes recomendações:

  • Opte por alimentos com farinhas integrais e evite com farinhas brancas e refinadas.
  • Sempre que possível, escolha alimentos enriquecidos em fibra, nomeadamente fibra insolúvel.
  • Consuma fruta diariamente, no mínimo 2-3 peças por dia, de preferência com casca.
  • Inicie as suas refeições com uma sopa de legumes, varie o tipo de legumes e alterne a consistência e cor das suas sopas.
  • Acompanhe as suas refeições com legumes e saladas. Neste caso, lave os legumes cuidadosamente de forma a não correr riscos.
  • Opte por massa e arroz integral, o teor em fibra é maior.
  • Opte por batata com casca e opte por batata-doce já que o seu teor fibra é maior em comparação com a batata comum.
  • Adicione sementes (linhaça, chia, abóbora, alfafa, cânhamo, etc.) ao iogurte, sumos naturais e sopas.
  • Inclua frutos secos na sua alimentação (nozes, avelãs, amêndoas, cajus, etc.), nas refeições intermédias ou adicionando a saladas e outros preparados.

2. Hidratação

hidratacao e prisao de ventre na gravidez

Para além da alimentação, deverá ter cuidados de hidratação: deverá consumir frutos e legumes, ricos em água, beber líquidos e beber o equivalente a 10 copos de água por dia, aproximadamente 2,5L por dia.

3. Atividade física

atividade fisica e prisao de ventre na gravidez

Também a prática da atividade física tem um papel importante na prevenção da prisão de ventre na gravidez.

Apesar das limitações físicas associadas à gravidez, nomeadamente numa fase final, a grávida pode e deve praticar exercício físico, de preferência com acompanhamento e de acordo com as limitações presentes.

Veja também:

Nutricionista Margarida Beja Nutricionista Margarida Beja

Margarida Beja é Nutricionista (1859NE) e trabalha atualmente no Reino Unido na área da gestão de peso. Anteriormente, trabalhou também no âmbito da nutrição comunitária e nutrição clínica e esteve envolvida em projetos ligados à prevenção da obesidade infantil, coaching e marketing nutricional. É licenciada em Dietética e Nutrição pela Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa.