Pregas cutâneas: descubra a sua percentagem de massa gorda corporal

As pregas cutâneas são um dos métodos de avaliação da massa gorda mais utilizados atualmente, devido à sua precisão e economia. Fique a conhecer melhor.

Powered by: BodyScience
Pregas cutâneas: descubra a sua percentagem de massa gorda corporal
Existem diversos métodos para avaliação da composição corporal: as pregas cutâneas são um deles.

Atualmente, muitas pessoas procuram o exercício físico e praticam uma alimentação mais cuidada com o objetivo de alcançarem o peso ideal e uma percentagem de massa gorda saudável.

Neste sentido, é um importante fator de motivação e persistência a avaliação da composição corporal e da massa gorda, no sentido de quantificar a evolução ao longo do tempo. Um dos métodos para avaliar a %MG são as pregas cutâneas.

Isto porque, quando o tema é emagrecer com saúde, mais do que o peso por si só, a percentagem de massa gorda (%MG) é um dos indicadores da avaliação da composição corporal mais importantes, pois uma perda de peso à base de massa muscular e água não é considerada uma perda de peso saudável.

Importância da massa gorda para a saúde e composição corporal


pregas cutaneas massa gorda

Durante muito tempo o peso corporal (não descriminado) e as medidas de perímetros do corpo, foram indicadores sobrevalorizados em comparação à %MG. No entanto, atualmente sabe-se que a percentagem de massa gorda, tanto para a saúde como para a estética, é o fator mais importante.

Neste sentido, e apesar de existir uma boa correlação entre o índice de massa corporal e a massa gorda corporal, isso nem sempre acontece, principalmente em pessoas que tem muita massa muscular.

Com efeito, as células do tecido adiposo (massa gorda) produzem e libertam hormonas e marcadores inflamatórios, os quais são promotores de um maior grau de inflamação no organismo e maior predisposição para o desenvolvimento de problemas de saúde.

De acordo com a evidência científica atual, uma elevada percentagem de massa gorda representa maior probabilidade de desenvolver problemas como doenças cardiovasculares, diabetes, problemas respiratórios (ex.: apneia), problemas osteoarticulares, depressão e até alguns tipos de cancro.

Distribuição da gordura no organismo

Outro fator importante a salientar é que a gordura tende a acumular-se em locais específicos do corpo, consoante o sexo. Nos homens, tende a depositar-se mais na zona abdominal, enquanto nas mulheres será mais na zona da anca, glúteos e coxas.

Do ponto de vista de saúde, sabe-se que a gordura abdominal, típica do sexo masculino, mas cada vez mais prevalente no sexo feminino também, é aquela que tem mais implicações a nível de saúde.

Pregas cutâneas: a sua importância na avaliação da composição corporal


pregas cutaneas medicao

Muitos dos métodos antropométricos para a avaliação da composição corporal partem do pressuposto que o corpo é constituído por dois compartimentos distintos: Massa Gorda e Massa Não Gorda.

A gordura corporal é a componente mais variável do organismo e difere entre os indivíduos do mesmo sexo, altura e peso, tendo a mulher, normalmente, mais massa gorda que o homem, para assegurar as funções reprodutoras.

Um dos métodos indiretos para estimar a gordura corporal total do organismo é a aplicação de fórmulas/equações que utilizam como base os resultados obtidos na medição das pregas cutâneas em locais estratégicos do corpo humano.

Para medição das pregas cutâneas são utilizados aparelhos denominados lipocalibradores, que medem a espessura da prega de gordura em milímetros, segundo um protocolo previamente definido, de modo a diminuir a subjetividade. Devem efetuar-se três medições consecutivas, sendo o valor final a média dos três.

A medição das reservas de gordura pelas pregas cutâneas tem como vantagem face a outros métodos, o facto de não requerer grande espaço físico, não ser invasivo, não implicar material muito dispendioso e dar resultados imediatos.

Existem diferentes tipos de lipocalibradores, mas de uma forma geral, todos eles tendem a subestimar a espessura da prega cutânea, devido à compressão do tecido, sendo esta uma desvantagem deste método.

As pregas cutâneas mais utilizadas são, a:

  • Tricipital;
  • Bicipital;
  • Subescapular;
  • Supra-ilíaca;
  • Abdominal;
  • Crural.

Após medição, o valor das pregas é introduzido na equação escolhida (de acordo com o sexo), de modo a calcular o valor final da percentagem final de massa gorda.

Medição de pregas cutâneas vs bioimpedância


pregas cutaneas medidor

Outro método muito utilizado para medição da massa gorda corporal é através de balanças de bioimpedância.

A medição da composição corporal é executada através da passagem de uma pequena corrente elétrica alternada de baixa intensidade pelo organismo, e posterior registo da oposição diferencial dos tecidos (impedância) ao percurso da mesma.

Os tecidos que contêm pouca água e eletrólitos, tais como o tecido adiposo e o ósseo, são maus condutores da corrente elétrica, oferecendo grande oposição à passagem da mesma. Tecidos biológicos como o sangue, os órgãos e os músculos são bons condutores.

Pessoas com elevada percentagem de massa muscular têm uma impedância menor do que indivíduos com uma grande quantidade de tecido adiposo.

A bioimpedância é uma técnica de medição da composição corporal precisa, rápida, segura, não invasiva e portátil. Comparada com as pregas cutâneas tem um nível relativo de precisão similar, tendo a vantagem de requerer menos formação e experiência dos examinadores.

Por outro lado, a bioimpedância tem algumas limitações na determinação de variações inferiores entre 1 a 2 Kg na água corporal total ou na massa não gorda, assim como o facto de poder variar de acordo com a temperatura ambiente, o estado de hidratação do indivíduo, a prática de exercício físico, entre outros, fatores que não são limitativos na avaliação pelas pregas cutâneas. Além disso, não pode ser executada em indivíduos portadores de pacemaker.

Como tal, a medição de pregas cutâneas por um avaliador especializado parece ser uma fórmula mais precisa para a avaliação da composição corporal.

No entanto, e idealmente, a melhor solução será sempre aplicar os dois métodos para uma estimativa mais real da %MG, e valorizar a evolução obtida mais do que o valor absoluto de cada medição.

Como perder massa gorda e diminuir as pregas cutâneas?


Agora que já sabe o que são as pregas cutâneas e qual a sua importância, levanta-se uma questão central: como perder massa gorda e diminuir o valor das suas pregas?

Apesar da multiplicidade de respostas biológicas que poderemos ter, existem dois pontos essenciais para ajudar a perder massa gorda: alimentação e treino. No final, a aplicação de tratamentos estéticos podem ajudar a facilitar todo o processo, aumentando a vontade de manter o foco.

1. Alimentação

pregas cutaneas alimentacao saudavel

De uma forma geral, a melhor estratégia alimentar para perder gordura é a limitação do consumo de hidratos de carbono e o aumento do consumo de proteína.

Isto porque, um consumo excessivo de alimentos ricos em hidratos de carbono, em particular açúcar, promove a sua acumulação sob a forma de gordura nas células da massa gorda (adipócitos), aumentando a espessura da prega cutânea.

Por outro lado, e para manter os níveis de saciedade mais equilibrados, deverá reforçar o consumo de alimentos ricos em proteína, até porque desta forma consegue evitar perdas de massa muscular e manter o metabolismo mais acelerado e a queimar mais gordura.

> Saiba mais sobre a dieta para perder gordura.

2. Treino

pregas cutaneas mulher a fazer prancha

A segunda vertente mais relevante para a perda de massa gorda é o treino, o qual deverá complementar a alimentação.

Com efeito, com a prática de exercício físico regular, consegue promover um aumento do gasto energético e acelerar o metabolismo, potenciando a perda de massa gorda. Por outro lado, para a produção da energia necessária ao treino, o seu organismo utiliza uma parte significativa dos hidratos de carbono que consome, evitando a sua acumulação sob a forma de gordura.

No que diz respeito ao tipo de treino que deve fazer, o melhor é informar-se com o seu professor ou personal trainer, pois é um profissional especializado no assunto. No entanto, podemos adiantar que um treino de elevada intensidade, com incidência na componente cardiovascular associada com exercícios de força, parece ser a formula mais recomendada.

> Saiba mais sobre treino para perder gordura.

3. Tratamentos Estéticos da BodyScience

pregas cutaneas tratamentos esteticos

Após começar a pôr em prática as indicações sobre treino e alimentação que lhe indicamos anteriormente, optar por fazer alguns tratamentos estéticos pode ser uma importante ajuda na redução da gordura corporal.

Dentro dos tratamentos estéticos à sua disposição nas clínicas BodyScience, os que vão mais ao encontro desse objetivo são:

  • Lipoaspiração Não Invasiva – Titan: é um tratamento que ajuda a eliminar a gordura localizada de forma rápida e segura em várias partes do corpo: abdómen, coxas, glúteos, braços e pernas.
  • Radiofrequência Tripolar Cronus Corpo: é um este tratamento que ajuda a reduzir a celulite e a flacidez, pois atua nas diferentes camadas da pele, proporcionando uma ação combinada, que ajuda a aumentar a eficiência do tratamento e a reduzir bastante o tempo necessário para o mesmo.
  • Bodyshape: com este tratamento, o corpo é induzido a “queimar” gordura e a tonificar os músculos em zonas como abdómen, ancas, coxas, peito ou braços.
  • Powershape: este tratamento incorpora três métodos diferentes e complementares, que ajudam a eliminar a gordura localizada e a conquistar uma pele firme, sem flacidez e sem celulite, nomeadamente:
    • Ultrassom de Alta Penetração/Convergente: atua diretamente nas células de gordura, rompendo até as estruturas mais difíceis, para uma posterior eliminação da gordura pelo sistema linfático e pelo próprio organismo;
    • Estimulação Mecânica/Sucção: efetua uma massagem local profunda, através do processo de sucção, como se fosse uma drenagem linfática mecânica;
    • Radiofrequência Tripolar: aplicada na camada mais superficial, com o objetivo de promover a tonificação dos tecidos, combater a flacidez, potenciar o aquecimento das células adiposas e acelerar o metabolismo da gordura.

Posto isto, e para uma orientação mais específica e resultados mais rápidos e visíveis, sugerimos que consulte os profissionais qualificados das clínicas BodyScience que orientam e esclarecem sobre os melhores tratamentos para si. Marque aqui a sua primeira consulta de avaliação gratuita.

Veja também: