Publicidade:

14 Plantas tóxicas para cães: saiba quais são e evite-as em casa

Existem plantas tóxicas para cães, que podem causar sintomas graves levando à morte. Antes de decorar a casa com plantas naturais verifique a nossa lista.

14 Plantas tóxicas para cães: saiba quais são e evite-as em casa
Antes de comprar uma planta decorativa informe-se se é tóxica para o seu animal.

Nos nossos jardins temos plantas de decoração e até mesmo no interior da nossa casa gostamos de as utilizar como peças decorativas. No entanto, se tem animais, saiba que existem plantas tóxicas para cães, e antes de comprar qualquer planta decorativa deve informar-se da sua segurança.

As plantas tóxicas para cães podem causar variados sintomas e enquanto umas só provocam danos no organismo se ingeridas, outras basta haver contacto com a pele.

14 Plantas tóxicas para cães


1. Antúrio

plantas toxicas para caes anturio

Esta planta contém cristais de oxalato de cálcio tanto no tronco como nas folhas. O contacto com a planta por si só pode causar sintomas, caso seja ingerida os sintomas podem ser mais graves.

Destacam-se sintomas como salivação, inchaço dos lábios e língua, edema da glote (inchaço da garganta), irritação oral, vómitos e dificuldade em respirar.

2. Jarro

plantas toxicas para caes jarros

Esta planta também contém cristais de oxalato de cálcio como a anterior, portanto os sintomas apresentados pelo animal intoxicado serão semelhantes.

Toda a planta é tóxica e o cão poderá intoxicar-se ingerindo a planta ou estando apenas em contacto. Os sinais são irritação oral, edema dos lábios e língua, dor abdominal, náuseas, vómitos, edema dos olhos e lacrimejamento.

3. Aloé Vera

plantas toxicas para caes aloe vera

A parte tóxica desta planta é a seiva presente nas folhas. Este tóxico afeta tanto a parte gastrointestinal como neurológica.

Os sintomas mais frequentes são anorexia (perda de apetite), vómitos, diarreia, prostração, alteração de cor da urina, agitação e tremores.

4. Lírio

plantas toxicas para caes lirio

Os lírios são mais tóxicos nos gatos do que nos cães, no entanto, nos cães também provocam sintomas de intoxicação.

A parte tóxica da planta é o seu fruto e provocam lesões renais graves, insuficiência renal aguda. Devido à destruição renal o animal pode exibir sintomas como vómitos, prostração, náuseas.

Também pode dar sinais de irritação oral, ocular e dificuldade em engolir.

5. Hera

plantas toxicas para caes hera

Toda a planta é tóxica e contém um esteróide natural chamado saponina. Este componente é o responsável pelas reações de sensibilidade e irritação.

Pode causar sintomas gastrointestinais como dor abdominal, diarreia, perda de apetite, náuseas e vómitos. Também causa sintomas de irritação na pele como eritema (vermelhidão da pele), prurido (comichão), edema (inchaço).

6. Sagu de jardim

plantas toxicas para caes sagu de jardim

Esta é uma planta tropical utilizada como ornamental nos jardins. Toda a planta é tóxica mas a mais perigosa é a semente.

Se ingerida provoca alterações gastrointestinais como diarreia, vómitos e falta de apetite. Alguns dia após a ingestão surgem sinais de insuficiência hepática e sinais neurológicos como fraqueza, falta de coordenação, tremores e convulsões.

7. Flor de Natal

plantas toxicas para caes poinsetia

Esta flor é também conhecida como Manhã de Páscoa, mas o seu verdadeiro nome é Poinsétia. É uma planta muito chamativa para animais mas também muito tóxica.

Apenas por tocar na planta o seu cão pode sofrer lesões na pele e inflamação nos olhos. Isto acontece normalmente quando o cão se aproxima para cheirar a planta.

Se a ingerir, os sintomas podem ser ainda mais severos afetando o aparelho gastrointestinal como o estômago.

8. Hortênsia

plantas toxicas para caes hortensia

Esta planta é tóxica devido aos glicosídeos cianogénicos na sua constituição. Estas substâncias provocam alterações gastrointestinais como diarreias e vómitos quando ingeridas pelos cães.

9. Castanheiro-da-Índia

plantas toxicas para caes castanheiro-da-india

Esta árvore contém um glicosídeo neurotóxico chamado aesculina. Este composto causa desconforto gastrointestinal em doses baixas e alterações neurológicas em doses mais altas.

O sabor de todos os componentes da planta é desagradável portanto é raro o animal ingerir um quantidade suficiente para causar alterações neurológicas.

Os sintomas que surgem pode ser os seguintes:

  • Coma;
  • Depressão;
  • Pupilas dilatas;
  • Hiperatividade;
  • Falta de coordenação;
  • Paralisia;
  • Tremores;
  • Convulsões;
  • Coma;
  • Sede;
  • Salivação;
  • Diarreia;
  • Perda de apetite.

10. Louro-do-Japão

plantas toxicas para caes louro-do-japao

Esta é uma das plantas tóxicas para cães que contêm toxinas que provocam maioritariamente sintomas gastrointestinais. No entanto, em doses mais altas podem provocar alterações neurológicas como tremores, espasmos musculares, desorientação, alteração do ritmo cardíaco e dificuldades respiratórias. Também pode afetar o fígado e o rim.

11. Canforeira

plantas toxicas para caes canforeira

Esta planta é utilizada por pessoas para fins medicinais, no entanto para além de não ser benéfica para cães pode inclusive ser prejudicial à sua saúde.

Estando em contacto com a pele pode causar irritação, caso seja ingerida pode provocar sintomas como náuseas, vómitos, queimadura da garganta e boca.

12. Dracena de Madagáscar

plantas toxicas para caes dracena de madagascar

Cães que ingiram esta planta podem exibir sintomas como fraqueza, perda de equilíbrio, fraqueza, falta de apetite, vómitos, inchaço da face, entre outros.

A dose ingerida e o peso do cão podem ser cruciais na gravidade dos sintomas.

13.  Azevinho

plantas toxicas para caes azevinho

Esta é uma planta típica de natal que pode ser letal para o seu cão. Em pequenas doses pode ser nocivo provocando vómitos, diarreia, excesso de salivação, perda de apetite, tremores e sangue na boca.

Esta planta possui na sua constituição pequenas doses de vários componentes tóxicos para os cães como cafeína e teobromina, presente também no chocolate.

14. Tulipa

plantas toxicas para caes tulipa

Esta planta também afeta os gatos, e nessa espécie os sintomas tendem até a ser mais graves. Em cães, provoca diarreia, vómitos, depressão e em alguns casos dificuldades respiratórias.

Veja também:

Dra. Patrícia Azevedo Dra. Patrícia Azevedo

Patrícia Azevedo é médica veterinária natural de Braga. Desde a sua infância que é apaixonada por animais e sempre teve a ambição de ser médica veterinária. Trabalhou como voluntária em associações de proteção e ajuda a animais errantes desde os 11 anos de idade . Iniciou o seu percurso como estudante desta área na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e concluiu os seus estudos no Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar. Tem três gatos e uma cadela retirados da rua. Trabalha atualmente na sua cidade natal, em medicina e cirurgia de pequenos animais.

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].