Estes são os piores alimentos para o fígado: fique atento!

Entre os piores alimentos para o fígado encontra-se o álcool e os alimentos ricos em gordura. Ambos devem ser evitados caso se pretenda ter saúde neste órgão.

Estes são os piores alimentos para o fígado: fique atento!
Se tem problemas do fígado, fique atento a este artigo.

Todos os órgãos do corpo são importantes e hoje vai conhecer os piores alimentos para o fígado.

O fígado desempenha muitas funções essenciais no organismo, como a secreção de bílis que ajuda na digestão, decomposição de toxinas resultantes do consumo de álcool, medicamentos e do próprio metabolismo.

Um fígado saudável é essencial para o bem-estar geral e a alimentação tem um papel muito importante para garantir a saúde do mesmo.

Os piores alimentos para o fígado


Quem tem problemas de fígado ou simplesmente quem quer evitar futuros problemas, deve fazer uma alimentação cuidada e deve deixar alguns alimentos de fora da lista de opções a preferir.

Estes são os 7 alimentos que pior fazem ao fígado:

1. Álcool

piores alimentos para o figado e vinho branco

O álcool ocupa o primeiro lugar na lista dos piores alimentos o fígado. Grande parte do álcool é metabolizada no fígado e a reação química resultante pode danificar as células e levar à inflamação, deixando marcas permanentes.

Além disso, o alcoolismo crónico bloqueia a absorção adequada de nutrientes e é uma das principais causas de doenças do fígado, podendo provocar três tipos de lesão hepática, que frequentemente se manifestam na seguinte ordem:

  • Acúmulo de gordura (fígado gorduroso ou esteatose): é a lesão menos grave e pode, por vezes, ser revertida.
  • Inflamação (hepatite alcoólica): o fígado torna-se inflamado e formam-se cicatrizes.
  • Cirrose: na cirrose, uma grande quantidade de tecido hepático normal é substituído por tecido com cicatriz que não realiza qualquer função. Como resultado, a estrutura interna do fígado fica lesionada e não desempenha as funções de modo normal. A cirrose não pode ser revertida.

2. Alimentos ricos em gordura

comida fast food

Alimentos ricos em gordura como os hambúrgueres, as batatas fritas, as pizzas e muitos dos alimentos denominados de “fast food” são ricos em gorduras saturadas que podem levar à inflamação ao longo do tempo, causar cirrose e dificultar o trabalho do fígado.

O consumo excessivo de alimentos com gordura pode também desencadear esteatose hepática, que em certos casos evolui para esteato-hepatite, uma forma de hepatite provocada pela deposição de gordura no fígado. A longo prazo, este problema pode levar à destruição do tecido hepático, à formação de cicatrizes no fígado e ao desenvolvimento de cirrose.

Estes alimentos são também responsáveis por elevar o colesterol LDL e diminuir o colesterol HDL, contribuem para o ganho de peso e estão associados a vários tipos de doenças crónicas não transmissíveis.

3. Alimentos ricos em açúcar

doces

Se pretende ter uma boa alimentação para cuidar do fígado, mantenha-se longe de alimentos açucarados, como biscoitos, bolos, doces, gomas, refrigerantes, por exemplo.

Níveis elevados de açúcar no sangue aumentam a quantidade de gordura acumulada no fígado, pois o fígado converte o açúcar em gordura, e tal como viu anteriormente, o excesso de gordura contribui para doenças hepáticas.

4. Alimentos com muito sal

sal de mesa

O corpo precisa de um pouco de sal, isso é certo. Mas não de tanto quanto a maioria das pessoas ingere. Uma dieta rica em sódio pode levar à fibrose, que é o primeiro estágio da cicatrização do fígado.

Evitar alimentos processados, como bacon ou carnes frias (fiambre, mortadela, paio, chouriço), escolha alimentos frescos em vez de enlatados e não coloque sal extra nas refeições são algumas estratégias para diminuir a ingestão de sal.

5. Carne Vermelha

carne vermelha

As gorduras saturadas e gorduras trans existentes nas carnes vermelhas podem tornar a função hepática mais difícil. Por serem ricas em proteínas, também podem deixar o fígado sobrecarregado, uma vez que a proteína presente nestas carnes não são facilmente metabolizadas.

6. Frutos em excesso

fruta em tigela

Pode ser difícil acreditar, mas consumir grandes quantidades de frutose e frutas secas, como passas pode também resultar em inflamação e fígado gordo.

Isso ocorre porque o açúcar presente nos frutos, conhecido como frutose, pode causar quantidades anormais de gordura no sangue quando consumido em grandes quantidades.

Conclusão…


O fígado faz muito pela saúde no geral, por isso deve-se retribuir o favor e dar alimentos saudáveis e que potenciem a sua atividade, e não alimentos que prejudiquem.

Tenha uma alimentação saudável livre dos alimentos escritos acima, pratique exercício físico, e monitorize os níveis de açúcar no sangue, colesterol e triglicerídeos.

Os piores alimentos para o fígado podem levar a doenças graves e irreversíveis, como é o caso da cirrose hepática.

Veja também:

Cofidis