Persa: tudo o que precisa de saber sobre esta raça

Além da sua longa pelagem, o Persa é conhecido pelo focinho achatado, mantendo-se há anos no primeiro lugar das raças felinas mais populares do mundo – 75% dos gatos registados com pedigree são desta raça. É vaidoso, sobretudo quando se sente admirado, e muitas vezes chamado de “tigre do sofá” devido à sua tranquilidade.

Persa: tudo o que precisa de saber sobre esta raça
Apesar do aspeto altivo, o Persa tem uma natureza doce.

Com o seu porte majestoso, o Persa é, para muitos, sinónimo de gato de luxo, sendo o rei das exposições de beleza. E embora as raças felinas sejam muito menos populares que as caninas, poucas pessoas teriam dificuldade em reconhecê-lo, com tão típicas características físicas.

Mas o seu rosto plano nem sempre foi assim (surgiu devido a uma mutação genética na década de 50) e, apesar de este ser um traço importante no padrão comum da raça (flat face), hoje ainda encontramos animais com o focinho mais alongado (doll face).

Algumas entidades de certificação e registo consideram as diversas cores como raças diferentes (é o caso do Himalaia, que é a variedade colourpoint do Persa) e mais recentemente foi desenvolvida uma versão de pelo curto, o Gato Exótico.

Características gerais do Persa


Grupo: Gatos de pelo semi-longo

País de Origem: Pérsia (atual Irão) e Reino Unido

Porte: médio/grande

Peso ideal: de 3,5kg a 7kg

Cor: Há inúmeras cores e padrões, incluindo sólidas (preto, branco, azul, chocolate, lilás, vermelho, creme), bicolores, tartaruga, tabby e colourpoint (conhecido como Himalaia).

Esperança Média de Vida: de 12 a 17 anos

Preço médio: de 840€ a 1200€

 

Características específicas do Persa


O Persa é sobretudo um gato de colo, que gosta muito de dormir e descansar, sendo por isso a raça ideal para ter num apartamento, pois raramente se tenta aventurar no exterior e dificilmente escala móveis ou muros. Contudo, há que controlar o seu nível de atividade, obrigando-o a fazer algum exercício de vez em quando para evitar o excesso de peso, de preferência em alturas com pouco calor.

Apesar de ser meigo com os membros da sua família, também é um gato independente que fica bem sozinho em casa, desde que não seja por demasiadas horas. Quando o dono chega do trabalho, é capaz de o seguir pela casa, mas não exigirá muito a sua atenção, embora fique contente quando a recebe. Só demonstra a sua afeição a quem confia e por vezes até parece presunçoso, não sendo por isso muito comum que salte para o colo das visitas. O seu miado é baixo e raro.

Energia
Inteligência
Tolerância ao frio
Tolerância ao calor
Cuidados de higiene
Queda de pelo
Tendência para problemas de saúde
Facilidade de aprendizagem
Socialização com crianças
Socialização com estranhos
Socialização com cães
Socialização com gatos

Fases da vida do Persa


Bebé

0 – 12 meses

Adulto

12 meses – 12 anos

Idoso

12 – 17 anos

 

Físico do Persa


persa

O Persa tem uma das fisionomias mais inconfundíveis do mundo felino. Este gato possui um corpo compacto com estrutura óssea forte e musculatura bem desenvolvida, um peito largo e profundo, e pernas curtas e grossas. A sua característica mais marcante é a cabeça redonda e maciça com bochechas cheias, focinho achatado e uma depressão nasal frontal bastante acentuada. Os olhos são grandes, bem abertos e afastados, em contraste com as orelhas, que são pequenas, de ponta arredondada e peludas no interior.

Outro dos seus traços mais distintivos é a pelagem comprida e densa, podendo rondar os 10 cm no corpo e os 20 cm no pescoço, de textura fina e sedosa. A cauda é curta, mas muito volumosa.

Temperamento do Persa


Equilibrado, sociável e pachorrento, o Persa é considerada uma das raças felinas mais calmas, nunca mostrando sinais de agressividade. Possui uma grande afeição para com o seu dono e mostra-se muito satisfeito quando rodeado de crianças ou por estar ao colo. No entanto, também aprecia os seus momentos de sossego e prefere casas com ambiente seguro e tranquilo.

Este gato aceita muito bem outros animais na família, mas raramente entra em brincadeiras intensas, apresentando um comportamento mais sedentário. Com estranhos, tende a ser reservado e distante. Ao contrário da maior parte das raças de gatos, o Persa não tem grandes instintos selvagens e é pouco afeito à caça.

Problemas de Saúde do Persa


Olhos

  • Corrimento lacrimal.
  • Glaucoma.
  • Atrofia progressiva da retina.
  • Entrópio.
  • Olho de Cereja (provoca inchaço na glândula da terceira pálpebra).

Sistema Respiratório

  • Síndrome braquicefálica.

Rins

  • Síndrome renal policística.

Estômago e Intestinos

  • Tricobezoares (bolas de pelo).

Coração

  • Cardiomiopatia hipertrófica.

Pele

  • Dermatite.
  • Seborreia oleosa.

Boca

  • Má oclusão dentária.

 

Cuidados a ter com o Persa


Pelo

  • O cuidado com a pelagem do Persa é exigente, sendo necessária uma escovagem diária com um pente de metal para remover pelos soltos, retirar nós e manter o bom aspeto. Os banhos também devem ser regulares (uma vez por mês), sobretudo se o gato tiver acesso ao ar livre. A cada seis meses ou um ano deve considerar levá-lo a um tosquiador profissional.

Olhos

  • Os olhos lacrimejam com muita facilidade, pelo que devem ser limpos diariamente com soro fisiológico para evitar bactérias e fungos.

Alimentação

  • É necessário manter uma dieta controlada e equilibrada, pois os Persas são gatos acomodados que fazem pouco exercício e podem ter tendência à obesidade.

 

Origem do Persa


Acredita-se que a história da raça tenha começado no século XVII, quando um viajante italiano chamado Pietro della Valle trouxe os seus antepassados da Pérsia (atual Irão) para Itália. O Persa propriamente dito surgiu apenas dois séculos depois em Inglaterra, resultado do cruzamento desses gatos de pelo comprido com a raça Angorá. Em 1871, foi neste país que foram expostos pela primeira vez e tornaram-se os preferidos da Rainha Vitória, que muito contribuiu para a sua popularidade.

Ao longo do tempo, a raça foi sofrendo bastantes alterações em relação ao aspeto desejado no século XIX, e o rosto achatado que hoje associamos imediatamente ao Persa ainda não existia nessa altura. Perto de 1900, chegou aos Estados Unidos da América e a sua fama continuou a crescer em todo o mundo, tendo sido uma das primeiras raças a integrar os registos da CFA (Cat Fanciers’ Association).

Curiosidades sobre o Persa


O Persa é uma das raças felinas mais representadas na cultura popular norte-americana. Além de ter dado a cara, através de um exemplar branco, à gama de comida para gatos Fancy Feast, da Purina, surge como o animal de estimação do vilão de James Bond, Ernst Stavro Blofeld (e da personagem que o parodia em Austin Powers, Dr. Evil). Ao contrário do que se verifica no comportamento padrão desta raça, também faz de vilão nos filmes de animação O Pequeno Stuart Little e Como Cães e Gatos. Crookshanks, o gato de Hermione em Harry Potter, é mais um Persa.

Além de ter sido a raça escolhida para fazer companhia a figuras como Marylin Monroe, Florence Nightingale e Raymond Chandler, o Persa também foi imortalizado na arte, tendo sido retratado nas obras My Wife’s Lovers, de Carl Kahler, White Persian Cat, de Warren Kimbleand, e Two White Persian Cats Looking into a Goldfish Bowl, de Arthur Heyer.


Conheça mais raças de gatos:

Todas as raças de gatos

Todas as
raças de gatos

Raças de gatos sem pelo

Raças de gatos
sem pelo

Raças de gatos de pelo curto

Raças de gatos
de pelo curto

Raças de gatos de pelo longo

Raças de gatos
de pelo longo