Pastéis de nata: ideias repletas de sabor

É um dos doces mais tradicionais e mais consumidos em Portugal. Mas até os típicos pastéis de nata têm já versões alternativas com diferentes sabores e mais saudáveis que, também elas, têm vindo a conquistar adeptos. E nós temos algumas sugestões para que se possa deliciar com uns doces pastéis de nata. Consegue resistir?

Pastéis de nata: ideias repletas de sabor
Se aprecia um belo pastel de nata, vai ser difícil dizer não a estas pequenas maravilhas

Pastéis de nata. Quem lhes resiste? Serão poucos com certeza, ou não fosse este um dos doces mais tradicionais e mais consumidos em Portugal e, talvez, um dos mais apreciados, não só aqui, mas também além fronteiras. Certo é que até os típicos pastéis de nata têm já versões alternativas que, também elas, têm vindo a conquistar adeptos.

Para que se possa deliciar e apreciar estas pequenas maravilhas, selecionamos para si algumas receitas de pastéis de nata, para testar a sua capacidade de resistência. Será que consegue dizer que não?

4 receitas de pastéis de nata absolutamente irresistíveis


1. Pastéis de nata tradicionais

Pasteis de nata tradicionais

Começamos obviamente pela receita mais típica. Onde o estaladiço da massa folhada se cruza com a cremosidade do recheio, numa combinação absolutamente perfeita.

– Ingredientes –

Para a massa folhada (em alternativa, e para ser mais rápido, pode usar massa folhada comprada):

  • 1 pitada de sal
  • 300 ml de água morna
  • 400g de margarina para folhados
  • 500g de farinha

Para o recheio:

  • 100 ml de água
  • 2 c. de farinha
  • 2 ovos
  • 300g de açúcar
  • 500 ml de leite
  • 7 gemas
  • Casca de 1 limão

– Modo de preparação –

  1. Comece por preparar a massa folhada. Amasse a farinha com a água e o sal. Faça uma bola e dê dois golpes em forma de cruz até ao centro.
  2. De seguida, coloque a margarina sobre um pedaço de papel vegetal e bata-a com o rolo para que fique com a mesma consistência que a massa.
  3. Divida a massa anterior (da farinha com água e sal), pelos cortes que fez, puxando a massa para fora, de maneira a criar uma espécie de estrela de quatro pontas. No centro, coloque a margarina e envolva-a completamente com as pontas.
  4. Depois, vire a massa ao contrário e, com um rolo, estenda-a até obter um retângulo com aproximadamente 40×15 cm. Dobre a massa em três partes iguais. Vire-a e estique de novo até voltar a ter um retângulo alongado. Repita o processo de folhear a massa (dobrar e esticar) mais duas vezes e reserve no frigorífico durante 10 minutos.
  5. Ao fim do tempo de repouso, retire a massa do frio e dobre-a em dois, juntando as pontas no centro. Estique novamente a massa até ter cerca de 4 mm e salpique-a com água em toda a sua extensão. Enrole depois de forma uniforme, corte em rodelas com cerca de 1 cm de espessura e coloque cada pedaço nas formas dos pastéis de nata. Tape e deixe repousar durante 10 minutos.
  6. Depois, passados os 10 minutos, molhe o polegar em água, carregue no centro da rodela e puxe a massa até ao cimo da forma.
  7. Agora é tempo de preparar o recheio. Leve o leite a ferver com a casca de limão. Retire um pouco do leite e desfaça nele a farinha.
  8. À parte, bata as gemas e os ovos sem fazer espuma. Retire a casca de limão e adicione o leite fervido, mexendo bem para não cozinhar os ovos.
  9. De seguida, junte a farinha dissolvida no leite e reserve.
  10. Leve o açúcar e a água a ferver até obter uma calda em ponto de pérola (mergulhando uma colher na calda, forma-se uma bola na extremidade do fio que escorre da colher).
  11. Junte esta calda ao preparado do leite, mexa bem e distribua pelas formas. Tenha atenção para não encher demasiado para o recheio não sair durante a cozedura.
  12. Leve ao forno, pré-aquecido a 250º C, durante cerca de 25 minutos. Quando estiverem cozinhados, retire do forno e desenforme de imediato.
  13. Uma dica, a meio da cozedura, pode salpicar os pastéis com água para baixarem, devendo repetir no final.
  14. Sirva os pastéis de nata polvilhados com canela ou com canela e açúcar em pó.

2. Pastéis de nata de baunilha

Pasteis de nata de baunilha

O mesmo conceito, com um toque de baunilha. Parece-lhe bem? Pois, fazem-se assim.

– Ingredientes –

Para a calda:

  • 250g de açúcar branco
  • 125g de água

Para os pastéis:

  • 400g de massa folhada
  • 6 gemas
  • 500ml de leite
  • 36g de farinha
  • 36g de amido de milho
  • 1 vagem de baunilha
  • 170ml de calda (preparado anterior)
  • Manteiga ou spray anti-aderente (para untar as formas)

– Modo de preparação –

  1. Primeiro unte as formas com manteiga ou spray anti-aderente.
  2. Estenda a massa folhada num retângulo. E enrole no sentido do comprimento. Depois corte rodelas com 1,5cm.
  3. Coloque a rodela na base da forma e com o dedo polegar molhado em água, estique a massa do centro para os rebordos tendo o cuidado de esticar bem a massa que se acumula no fundo. Repita a operação até esgotar a massa.
  4. De seguida, prepare a calda. Basta levar todos os ingredientes ao lume e deixar ferver durante cerca de 4 minutos, até obter o ponto pérola. Retire do lume e deixe arrefecer.
  5. Agora o creme. Dissolva as farinhas num pouco de leite. Depois, junte as gemas e envolva bem.
  6. Leve o restante leite ao lume com a vagem de baunilha aberta e raspada até ferver.
  7. Depois, retire a vagem, junte o leite às gemas e envolva bem.
  8. Por fim, acrescente a calda que preparou no início e misture até ficar homogéneo.
  9. Distribua o recheio pelas forminhas e leve ao forno, a 250º C, e deixe cozinhar até a massa folhar e o recheio tostar por cima.

3. Pastéis de nata de cereja

Pasteis de nata de cereja

E aqui está uma proposta que graças às maravilhosas cerejas do Fundão tem vindo a ganhar destaque.

– Ingredientes –

  • ½ kg de massa folhada
  • ½ l de polpa de cereja
  • 300g de cerejas descaroçadas cortadas aos pedaços
  • 6 gemas de ovo
  • 1 ovo inteiro
  • 40g de farinha
  • 150g de açúcar
  • 5g de canela
  • Raspa de 1 limão

– Modo de preparação –

  1. Comece por preparar a massa. Com o rolo de cozinha, estenda a massa num rectângulo. Enrole-a num rolo, pressionando bem. Corte a massa em rodelas com espessura de 1,5 cm.
  2. Coloque cada rodela nas formas dos pastéis, previamente untadas com manteiga. Depois, com os polegares, pressione no centro da massa e espalhe-a até aos bordos da forma para que estes fiquem mais grossos, ficando a massa mais fininha no fundo. Coloque as formas num tabuleiro de ir ao forno.
  3. De seguida, coloque em cada forma, uma colher de cerejas cortadas aos pedaços.
  4. Depois, no liquidificador, coloque o ovo, as gemas, o açúcar, a farinha, a canela, a raspa de limão e a polpa de cereja e bata por 5 minutos.
  5. Deite o preparado anterior nas formas e leve ao forno, pré-aquecido nos 250º C, durante 15 minutos.
  6. Quando estiverem cozidos, desenforme. Pode servir quentes ou frios, polvilhados com açúcar em pó ou canela em pó.

4. Pastéis de nata de chocolate

E para os “chocoholics” de serviço temos uma proposta ideal para saciar a gula.

– Ingredientes –

  • 500g de massa folhada
  • 200g de açúcar
  • 150g de chocolate em barra
  • 6 gemas
  • 2 dl de leite
  • 1 c. de sopa bem cheia de amido de milho
  • Raspa da casca de 1 limão
  • Manteiga q.b. (para untar)
  • Farinha e açúcar em pó q.b. (para polvilhar)

– Modo de preparação –

  1. Primeiro estenda a massa folhada, polvilhada com um pouco de farinha, enrole-a e corte-a em rodelas. Coloque uma rodela em cada forma untada com um pouco de manteiga e estenda com os dedos de modo a forrar bem.
  2. De seguida, leve ao lume um tacho com o leite, metade do açúcar e o chocolate partido em pedaços, mexendo sempre até derreter. Quando derreter, retire do lume e reserve para arrefecer.
  3. À parte, numa taça, misture bem as gemas com o restante açúcar e o amido de milho.
  4. Leve o tacho novamente ao lume (o que ficou a arrefecer no início) e adicione a mistura das gemas, mexendo sempre até engrossar um pouco. Junte a raspa de limão e misture novamente.
  5. Por fim, distribua o creme pelas formas e leve ao forno, pré-aquecido a 200º C, durante cerca de 15 minutos ou até a massa folhada ficar bem cozida.
  6. Quando estiverem prontos, retire do forno e deixe arrefecer. Depois é só desenformar, polvilhar com açúcar em pó e deliciar-se.

> As receitas apresentadas neste artigo foram adaptadas das páginas Doces Regionais, Coco e Baunilha, A Divina Culinária e Teleculinária, respetivamente.

Bom apetite!

Veja também:

Cofidis