Tem receio em tirar a roupa na praia? Esqueça isso. O seu corpo é lindo!

Invista em si, cuide de si e saiba como ter uma imagem corporal mais positiva. Pense que o seu corpo é lindo, em qualquer forma e não se iniba em ser feliz.

 
Powered by: BodyScience
Tem receio em tirar a roupa na praia? Esqueça isso. O seu corpo é lindo!
A imagem corporal está-se a tornar numa obsessão em todo o mundo

Tem receio de tirar a roupa na praia? Esqueça isso! A sociedade contemporânea incute, por vezes de forma excessiva, o ideal de beleza que a toda a hora está representado nas revistas, filmes e publicidades, dando origem a uma enorme pressão e a receios infundados. Esta enorme pressão pode levar a uma procura incessante por esse ideal de beleza, a uma insatisfação face à imagem corporal, à não aceitação do próprio corpo, insegurança e baixa autoestima. Esqueça isso. O seu corpo é lindo!

6 formas de criar uma imagem corporal positiva


como criar imagem corporal positiva

A forma como a sociedade define os ideais de beleza física influenciam a forma como cada um de nós se sente em relação à sua aparência. É a pressão social que, muitas vezes, leva aos distúrbios de imagem e a comportamentos menos saudáveis, na medida em que nos faz sentir que existe uma grande distância entre a nossa aparência e a aparência ideal.

No entanto, a forma como percecionamos a nossa imagem corporal não é alheia à forma como nos sentimos emocionalmente, aos nossos sentimentos de autoeficácia e à nossa saúde física.

Seja pela pressão social, seja por fatores internos, temos que contrariar a formação de uma autoimagem negativa. Assim sendo, importa investir e cuidar de nós mesmos e construir uma imagem corporal positiva. Estas são algumas das medidas que podem ajudar:

1. Fugir dos ideais de beleza

Quando achamos que temos que ter o peso, a pele ou a estrutura corporal perfeitos, dificilmente alguma vez nos sentiremos satisfeitos com a nossa imagem corporal. É importante aprender a sentir-se confortável com o próprio corpo e com todas as suas particularidades e peculiaridades.

2. Não se deixar abater pelos quilos a mais

Se ganhou algum peso extra nas férias ou em alguma altura específica da sua vida, não se deixe abater. O importante é não deixar acomodar-se à situação e baixar os braços, muito menos querer começar tudo de uma vez.

Volte a introduzir hábitos saudáveis aos poucos, com um plano de treino e alimentar exequíveis e que motivem. Para o ajudar a voltar ao seu peso ideal, as clínicas BodyScience dispõem, não só de tratamentos inovadores para que consiga voltar ao seu peso normal de forma mais eficaz, mas também têm ao seu dispor uma equipa de nutricionistas que o podem ajudar a rever os seus hábitos alimentares, orientado para o caminho certo, novamente.

3. Ser proativo e não deixar as resoluções apenas no papel

Não basta fazer promessas para o futuro. Se o regime alimentar e as rotinas de exercício atuais não são as mais adequadas, adiar a sua mudança para mais tarde não vai trazer nada de bom. É preciso pôr mãos à obra hoje. Marque uma consulta de avaliação gratuita na clínica BodyScience mais perto de si e dê o primeiro passo.

4. Orgulhar-se daquilo que o corpo é capaz de fazer

Apreciar as pequenas conquistas (melhor desempenho físico; caber naquele tão desejado vestido) é importante, na medida em que ajudará a manter a motivação e os hábitos saudáveis.

5. Procurar e aproveitar fontes de conhecimento respeitáveis

São muitas as publicações e sites com informação fidedigna acerca da importância da auto-aceitação e da manutenção de um estilo de vida saudável. Importa recorrer a boas fontes de informação e evitar todas as fontes que tentam vender promessas irrealistas.

6. Procurar ajuda

Quando a imagem corporal é extremamente negativa e desfasada da realidade, é importante procurar ajuda especializada.

Ser atraente vai muito para além dos ideais de aparência física divulgados diariamente. A beleza e a aparência física não são estáticas e imutáveis. Mais ainda, a personalidade tem também uma grande influência na forma como os outros nos vêm e na forma como nos vemos a nós mesmos.

Diga adeus aos padrões de beleza impostos pela sociedade


adeus padroes imagem corporal

Há uma excessiva e incessante busca pelo ideal de beleza imposto pela sociedade, muitas vezes, representado pela extrema magreza nas mulheres, onde não seja visível nenhuma gordura ou celulite.

O culto excessivo do corpo e a sobrevalorização do aspeto físico podem ter como consequência a desvalorização das capacidades psicológicas e cognitivas. Quando o foco diário está centrado no atingir do corpo ideal e das medidas perfeitas, surgem as dietas desequilibradas, o recurso abusivo ao exercício físico sem vigilância, o uso de diuréticos e laxantes e as perturbações do comportamento alimentar.

Quando determinado corpo é classificado e estigmatizado pela sociedade, a imagem que temos de nós próprios e a imagem que temos uns dos outros acaba por ser negativamente alterada. É importante não deixar que a constante necessidade de ser aceite pela sociedade faça com que se deixe de ver o nosso corpo tal como realmente é, cedendo às regras estabelecidas do ideal de beleza imposto.

Como já ouvimos imensas vezes, a beleza está efetivamente nos olhos de quem a vê e, felizmente, nem todos nos regemos pelos mesmos padrões de beleza e atração.

Importa que cuidemos de nós, que procuremos sentir-nos bem e confiantes com o nosso corpo e acredite, logo que comece a trabalhar em busca de uma imagem corporal mais positiva, ficará surpreendido com a rapidez com que se sentirá mais saudável, confiante, atraente e realizado.

Veja também:

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].