6 Mitos sobre o stress que é preciso combater

Existem imensos mitos sobre o stress. Desde crenças de que este é inevitável até à crença de que determinadas substâncias ajudam a reduzi-lo. Conhecer e combater estes mitos sobre o stress é de grande importância, para que a ansiedade seja cada vez mais compreendida, bem diagnosticada e bem tratada. Fique a saber tudo!

6 Mitos sobre o stress que é preciso combater
O stress é a forma do corpo responder a determinada situação.

Muito se fala sobre quais os principais mitos sobre o stress. O stress pode aparecer no trabalho, na família, na escola e até nas férias. Sentir stress não é agradável para ninguém, mas a ansiedade, o medo e as preocupações fazem parte da nossa vida diária.

É importante conhecermos o que muda no nosso corpo quando estamos ansiosos, bem como ter conhecimento de quais as estratégias mais indicadas para enfrentar os sintomas de ansiedade. Contudo, frequentemente são difundidas imensas ideias erradas acerca do stress, dando origem a mitos que persistem no tempo.

Vamos descobrir.

Compreender o stress


Mitos sobre o stress e mulher em stress

O stress é uma experiência humana normal e funciona como uma espécie de sistema de alarme destinado a proteger-nos. É um estado de medo ou apreensão, resultado da antecipação de uma situação potencialmente desagradável ou perigosa.

Dentro de certos limites o stress é útil e benéfico, mas pode tornar-se patológico quando atinge níveis extremos, ou seja, quando não existe razão específica para estarmos ansiosos ou quando prejudica o funcionamento saudável em diferentes áreas da nossa vida diária.

Os efeitos do stress não se sentem apenas ao nível da nossa saúde mental e emocional, podem também afetar a nossa saúde física. Quando estamos perante uma situação de grande stress é natural que sintamos: aumento do batimento cardíaco; respiração mais rápida e intensa; indigestão; refluxo gástrico; náuseas; contração constante de determinados músculos; entre outros sintomas físicos.

6 Mitos sobre o stress que é preciso combater


stress no trabalho

Existem vários mitos sobre o stress, mas vamos apenas focar-nos nos 6 principais. Desmistificar estas ideias erradas acerca do stress é de grande importância, na medida em que nos permite compreender os nossos reais problemas e tomar algumas medidas para os combater.

Vamos então conhecer os 6 principais mitos sobre o stress:

Mito 1: O stress é igual para toda a gente

A forma como cada um de nós sente o stress é diferente. O que é stressante para uma pessoa pode ou não ser stressante para outra, na medida em que cada um de nós responde ao stress de forma totalmente diferente.

Mito 2: O stress só traz malefícios

O stress é uma condição e dá emoção à nossa vida. Todos sentimos stress e o segredo para sermos felizes é saber geri-lo. O stress bem gerido contribui para a nossa produtividade e para o nosso bem-estar.

Mito 3: Não é possível combater o stress

Podemos e devemos planear a nossa vida para que o stress não nos sobrecarregue. Um planeamento eficaz envolve a definição de prioridades e a resolução de problemas simples, passando gradualmente para a resolução de dificuldades mais complexas.

Quando o stress é mal gerido, é difícil priorizar: todos os problemas parecem iguais e o stress parece estar em toda parte.

Mito 4: As técnicas mais conhecidas para combater o stress são sempre as melhores

Não existem técnicas de redução de stress universalmente eficazes. Somos todos diferentes, as nossas vidas, circunstâncias e reações ao stress são diferentes. A intervenção na ansiedade deve ser adaptada e individualizada tendo em conta as características individuais de cada pessoa.

Mito 5: Se não sinto sintomas é porque não sinto stress

A ausência de sintomas não significa ausência de stress. Pelo contrário, camuflar os sintomas recorrendo, por exemplo, a medicação pode privá-lo dos sinais que precisa identificar para reduzir a pressão sobre os seus sistemas fisiológicos e psicológicos.

Mito 6: Apenas os sintomas mais graves de stress requerem atenção

São os pequenos sintomas de stress os primeiros avisos de que a sua vida está a ficar fora de controlo e que deve adotar determinadas atitudes para controlar essa ansiedade, não devendo, portanto, ser ignorados.

Veja também:

Psicóloga Ana Graça Psicóloga Ana Graça

Mestre em Psicologia, pela Universidade do Minho, com a dissertação “A experiência de cuidar, estratégias de coping e autorrelato de saúde”. Especialização (Pós-Graduada) em Neuropsicologia Clínica, Intervenção Neuropsicológica e Neuropsicologia Geriátrica. Membro efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses, com especialidade em Psicologia Clínica e da Saúde e Neuropsicologia. Para além da Psicologia é apaixonada por viagens, leitura, boa música, caminhadas ao ar livre e tudo o que proporcione felicidade!

Cofidis