O mentol melhora a performance desportiva? Descubra a resposta!

Sabia que o mentol melhora a performance desportiva? Da próxima vez que for treinar, aproveite os benefícios deste alimento nas suas mais diversas formas.

O mentol melhora a performance desportiva? Descubra a resposta!
Estudos recentes apontam propriedades ergogénicas a esta planta.

Estudos recentes motram que o mentol melhora a performance desportiva, com resultados positivos do aroma de mentol no que diz respeito à redução da perceção de esforço e carga, assim como redução dos níveis de ansiedade.

Quando o assunto é a maximização do rendimento desportivo, a alimentação é um fator crucial, sendo já amplamente reconhecido que existem alimentos que melhoram a performance e retardam o aparecimento de sinais de fadiga. E o mentol parece ser um deles.

O mentol é apontado como um potencial alimento ergogénico, visto que influencia positivamente a performance desportiva e o rendimento físico.

Como é que o mentol melhora a performance desportiva?


mentol melhora a performance desportiva

O mentol é um composto orgânico encontrado principalmente no óleo essencial de hortelã-pimenta, que desde há muito tempo é reconhecido como um alimento com alguns efeitos interessantes, nomeadamente propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias, anti-espasmódicas, descongestionantes, analgésicas, refrescantes e vasoconstritoras.

Mais recentemente verificou-se que também pode ter um papel relevante na melhoria da performance desportiva, pois reduz a perceção de esforço durante a prática de exercício físico e parece também aumentar a capacidade cognitiva, potenciando estados de maior atenção, reconhecimento, memória e resposta motora à visão.

No que diz respeito ao papel do mentol na melhoria da performance desportiva, os efeitos foram verificados, numa primeira fase, através de um estudo em jovens atletas saudáveis, que durante dez dias ingeriram água com óleo essencial de mentol.

Neste estudo verificaram-se efeitos interessantes nestes atletas, nomeadamente capacidade vital reforçada, melhor performance a nível de exercício, avaliada pelo tempo até à exaustão, e maior eficácia dos processos respiratórios, onde foi melhorada a absorção de oxigénio e a eliminação de dióxido de carbono.

Relativamente aos mecanismos através dos quais o mentol melhora a performance desportiva, apesar de ainda não estarem totalmente esclarecidos, parecem estar relacionados com o relaxamento dos músculos lisos dos brônquios, o aumento da ventilação e da concentração de oxigénio no cérebro, e ainda a diminuição dos níveis sanguíneos de lactato, o que por sua vez, retarda a fadiga muscular.

Além destes, o mentol parece ainda aumentar a força do músculo inspiratório, melhorar o metabolismo energético do tecido muscular, promovendo a oxidação dos hidratos de carbono, estimular o sistema nervoso central e reduzir o ritmo cardíaco e a pressão arterial sistólica.

No entanto, os benefícios do mentol para a performance parecem ser mais relevantes quando os atletas realizam exercícios de resistência em condições de calor.

Estratégias de aplicação do mentol para melhoria da performance desportiva


mentol melhora a performance desportiva rebucados de mentol

Outro aspeto importante para perceber como o mentol melhora a performance desportiva é a estratégia de aplicação / consumo.

Como efeito, foram testados diversos métodos de aplicação do mentol, nomeadamente, bochechar, ingerir uma bebida com mentol ou aplicação externa na pele através de um gel ou spray.

Neste contexto, o mentol parece ter um efeito mais benéfico no desempenho quando ingerido, em contraste com aplicações externas, que não demonstram benefícios significativos no desempenho.

No entanto, importa salientar que ainda que é necessário realizar mais investigações para comprovar a eficácia do mentol e desvendar exatamente os mecanismos que estão por detrás da mesma na melhoria da performance desportiva e parâmetros respiratórios.

Outros benefícios do mentol além da melhoria da performance desportiva


mentol melhora a performance desportiva dor de garganta

Por apresentar diversas propriedades medicinais e, ainda, pelo seu odor e sabor agradáveis, o mentol é amplamente utilizado na indústria de alimentos, limpeza, medicamentos, cosméticos, perfumaria e aromas.

Assim, é possível encontrar o mentol em pastilhas, produtos de limpeza, cremes, pomadas, géis, xaropes, entre outros.

Além de potenciar a performance desportiva, o mentol proporciona:

  • Alívio respiratório, pois reduz a congestão nasal e combate a inflamação nos brônquios;
  • Melhoria da digestão e alívio de azia;
  • Eliminação do mal hálito: o mentol é uma das substâncias mais eficazes para tratar o mal hálito devido ao sabor e ação refrescantes.;
  • Alívio da tosse e dor de garganta: suas propriedades expetorantes ajudam na eliminação do muco e rouquidão;
  • Diminuição de irritações na pele pós-depilação e de queimaduras solares;
  • Prevenção de infeções fúngicas, principalmente nas unhas;
  • Diminuição das dores de cabeça causadas por tensão.

Veja também:

Nutricionista Rita Lima Nutricionista Rita Lima

Rita Lima é nutricionista, licenciada em Ciências da Nutrição pela Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto em 2016 e frequentou o Curso de Nutrição no Desporto na mesma faculdade. É membro efetivo da Ordem dos Nutricionistas.

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].