Publicidade:

Lykoi: tudo o que precisa de saber sobre esta raça

O Lykoi é uma nova raça que está a chamar a atenção de todos os que acompanham o universo felino. Chamado por muitos de "o gato lobisomem", graças à aparência da sua pelagem e da ausência de pelos no rosto, não tem nada de sobrenatural ou feroz; pelo contrário, trata-se de um gato amigável, com grande instinto de caçador.

 
Lykoi: tudo o que precisa de saber sobre esta raça
Parece um lobo em miniatura, mas não mia para a lua cheia.

Desenvolvido no Tennessee há apenas 7 anos, o Lykoi foi assim chamado devido ao seu aspeto, já que a palavra significa “lobo” em grego. O padrão da pelagem é conhecido por ruano noutros animais, mas esta é a única raça felina a apresentar esta característica. O pelo pode cair completamente pelo menos uma vez na vida, mas volta a crescer.

Apesar de não ter sido uma raça geneticamente modificada pelo homem, muitos ativistas dos direitos dos animais criticaram os responsáveis pela sua criação. Por outro lado, o Lykoi também tem gerado tanto interesse, que os criadores dizem chegar a receber cerca de dez ligações diárias de pessoas que querem ter um exemplar em casa.

Características gerais do Lykoi


Grupo: Gatos de pelo curto

País de Origem: Estados Unidos da América

Porte: médio

Peso ideal: de 3kg a 6,5kg

Cor: preto, azul ou cinzento-escuro com pelos brancos, tornando o manto prateado

Esperança Média de Vida: de 15 a 18 anos

Preço médio: de 1200€ a 2000€

 

Características específicas do Lykoi


Um dos criadores da raça, Johnny Gobble, compara o Lykoi a um cão de caça, dizendo à ABC News que os primeiros gatinhos corriam atrás de tudo o que se mexesse. Quando estão juntos com outros exemplares, atuam como uma matilha, abanando a cauda quando brincam e querem capturar alguma presa.

Além disso, Gobble afirmou ainda que estão bastante cientes de tudo o que acontece ao seu redor. São, por isso, muito motivados por cheiros, ficando especialmente atentos quando sentem um odor diferente.

Gostam de estar sempre perto dos humanos e, por vezes, podem tornar-se “pegajosos”, mas se os donos estiverem demasiado ocupados para se aconchegarem, os Lykoi rapidamente arranjam qualquer coisa para fazer.

Energia
Inteligência
Tolerância ao frio
Tolerância ao calor
Cuidados de higiene
Queda de pelo
Tendência para problemas de saúde
Facilidade de aprendizagem
Socialização com crianças
Socialização com estranhos
Socialização com cães
Socialização com gatos

Fases da vida do Lykoi


Bebé

0 – 8 meses

Adulto

8 meses – 15 anos

Idoso

15 – 18 anos

 

Físico do Lykoi


lykoi

É um gato magro, de ossatura fina e dorso arqueado. A característica mais marcante do Lykoi é a sua pelagem grisalha, um pouco rala e de cor ruana, ou seja, de base preta ou cinzenta misturada com fios ou mechas brancas. Quanto mais percentagem de branco tiver, mais prateado vai parecer.

A forma da cabeça é triangular, as orelhas são grandes, os olhos amarelos, cor que se intensifica à medida que o animal cresce, e o nariz é preto. Na zona do focinho, em torno dos olhos, orelhas, barriga e pernas, a raça destaca-se pela ausência de pelos, dando-lhe a tal aparência de lobisomem.

Temperamento do Lykoi


Por ser uma raça muito recente, a informação é escassa relativamente ao seu comportamento, mas os poucos criadores existentes dizem que se trata de um gato dócil e muito fiel, com uma personalidade comparada à dos cães. Apesar disso, pode parecer um pouco desconfiado de início em relação às pessoas que não conhece.

Brincalhão, inteligente, ativo e irrequieto, o Lykoi gosta de atividades que o desafiem e convive bem com outros gatos e animais domésticos, desde que seja sociabilizado com eles desde tenra idade.

Problemas de Saúde do Lykoi


Os Lykoi foram submetidos a análises clínicas e vários testes para verificar se teriam anomalias genéticas ou doenças naturais e constataram que a raça era bastante saudável. Assim, os problemas que os poderão afetar são iguais aos de qualquer outro felino doméstico.

Pele

  • Hipotricose (Calvície).
  • Cravos.

 

Cuidados a ter com o Lykoi


Temperatura

  • Estes gatos são mais sensíveis a temperaturas extremas, por isso deve protegê-los do frio e do calor.

Pele

  • Devido à falta de subpelo, o Lykoi pode desenvolver mais gordura na pele que outras raças. Dê-lhe banho pelo menos uma vez por mês com um champô próprio.

Olhos

  • Verifique uma vez por semana e limpe sempre que necessário, para evitar a proliferação de bactérias.

 

Origem do Lykoi


É uma das raças mais recentes do mundo felino. Foi descoberta em 2011 pelos criadores norte-americanos Johnny Gobble, Brittney Gobble e Patti Thomas, que encontraram gatos com as características do Lykoi em duas ninhadas diferentes. Depois de fazerem vários testes para perceberem se existia alguma anomalia genética ou doença que pudesse causar aquela aparência, percebeu-se que esta era fruto de uma mutação natural e, por isso, o programa de criação teve início.

Testes de ADN comprovaram também que o Lykoi não tem a mesma mutação genética do Sphynx ou do Devon Rex, raças com as características mais aproximadas às daquele gato; é apenas uma evolução do Americano de Pelo Curto, até porque a mãe dos primeiros exemplares era uma simples gata doméstica preta. A partir daí, o cruzamento fez-se somente com esta espécie e nenhum gato com Pedigree foi utilizado. Em 2014, a TICA (Associação Internacional de Gatos) reconheceu-o como “Nova Raça Preliminar”.

Curiosidades sobre o Lykoi


Os Lykoi são muito sensíveis à luz e ao calor. Depois de apenas algumas horas perto de uma janela a apanhar luz solar, começam a ficar com manchas de pigmentação. Dentro de alguns dias ou semanas, ficam completamente “bronzeados”: a sua pele ficará preta. Desprovidos de luz durante algumas semanas, a pigmentação desaparece e a sua pele volta a ficar rosada. O efeito é semelhante se se tratar do calor emanado por uma televisão ou consola de jogos.


Conheça mais raças de gatos:

Todas as raças de gatos

Todas as
raças de gatos

Raças de gatos sem pelo

Raças de gatos
sem pelo

Raças de gatos de pelo curto

Raças de gatos
de pelo curto

Raças de gatos de pelo longo

Raças de gatos
de pelo longo

Mafalda Braga Mafalda Braga

Depois da licenciatura em Comunicação Social e Cultural e do mestrado em Media e Jornalismo, tirados na Universidade Católica Portuguesa, fez um estágio na extinta Rádio Clube Português e outro na Revista Máxima, onde ficou a trabalhar durante cinco anos e meio. Passou ainda pela Revista Must, suplemento do Jornal de Negócios, e atualmente é jornalista freelancer. Além desta área, tem uma grande paixão por cinema, viagens, animais e comida, de preferência com muito sol a acompanhar.

O Vida Ativa disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento nutricional, de saúde ou de treino. O Vida Ativa não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada e individualizada. Caso pretenda sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].